Física

Yoga para os olhos. Exercícios ajudam o funcionamento da visão

yoga para os olhos dos idosos exercícios
Muitas das posturas e exercícios têm como objetivo melhorar a funcionalidade de órgãos específicos do corpo.

O Yoga proporciona uma série de exercícios que melhoram o funcionamento dos olhos e ajudam a superar diversos problemas relacionados a eles, tais como:

  • Miopia;
  • Hipermetropia;
  • Outras doenças relacionadas ao olho.

No mundo de hoje, por volta de 35% da população sofre de miopia e hipermetropia em diversos níveis. Essas doenças são normalmente superadas com o uso de óculos e lentes de contato que corrigem os erros de refração do olho. Entretanto a pessoa precisa entender que os óculos nunca curam visão ruim. Na verdade, utilizar óculos pode, algumas vezes, piorar os problemas dos olhos. Assim, uma pessoa deveria usar óculos apenas quando absolutamente necessários.

Além de doenças como catarata e glaucoma, muitas doenças dos olhos estão relacionadas ao mal funcionamento dos músculos oculares causados por tensões crônicas, mentais e emocionais. Técnicas de yoga ajudam a aliviar diversas doenças relacionadas ao mau funcionamento dos músculos dos olhos, tais como miopia e hipermetropia.

Praticar esses exercícios regularmente por alguns meses pode facilitar o funcionamento normal dos nossos olhos.

yoga para os olhos

Técnicas terapêuticas de yoga incluem exercícios como:

  • Apalpar;
  • Piscar;
  • Mudar o foco dos olhos de um lado para outro simultaneamente;
  • Mudar o foco dos olhos da frente para os lados simultaneamente;
  • Olhar rotacional;
  • Olhar para cima e para baixo simultaneamente;
  • Olhar fixo preliminar na ponta do nariz;
  • Olhar próximo e distante.

Nota: Antes de começar esses exercícios, é sempre recomendado a jogar água gelada nos olhos por algumas vezes. Lembre-se de manter a cabeça e as costas retas durante os exercícios.

Exercício 1:

yoga para os olhos

Apalpar

  • Sente-se calmamente com os olhos fechados e tome algumas respirações profundas para relaxar completamente;
  • Esfregue a palma das mãos vigorosamente, até ficarem quentes e coloque as palmas gentilmente sobre a pálpebra dos olhos;
  • Sinta o calor das palmas sendo transferido para os olhos e os músculos dos olhos relaxando. Seus olhos estão sendo banhados em tranquilidade;
  • Mantenha-se nesta posição até o calor das mãos tenha sido completamento absorvido pelos olhos;
  • Mantenha os olhos fechados, abaixe as mãos;
  • Mais uma vez esfregue as palmas e repita o processo por pelo menos três vezes.

Exercício 2:

Piscar

  • Sente-se confortavelmente com os olhos abertos;
  • Pisque por volta de 10 vezes bem rápido;
  • Feche os olhos e relaxe por 20 segundos. Lentamente leve sua atenção para sua respiração;
  • Repita este exercício por volta de 5 vezes.

Exercício 3:

Olhar para os lados

  • Sente-se com as pernas esticadas frente ao corpo;
  • Agora levante os braços na altura dos ombros, mantendo os punhos fechados e o dedão para cima;
  • Olhe para um ponto fixo a sua frente no nível dos olhos;
  • Mantenha a cabeça nesta posição fixa, foque nas seguintes instruções uma após a outra, ao mudar seu olhar para o:
  1. Dedão esquerdo;
  2. Espaço entre as sobrancelhas (olhar para cima);
  3. Dedão direito;
  4. Espaço entre as sobrancelhas;
  5. Dedão esquerdo

Repita este exercício por 10 a 20 vezes.
Após completar este exercício feche os olhos e descanse.

Observe o padrão de respiração enquanto realiza o exercício.

  • Inspire na posição neutra.
  • Expire enquanto olha para uma lado.
  • Inspire e volte ao centro.

Exercício 4:

yoga para os olhos

Olhar para frente e para os lados

  • Sente-se com as pernas esticadas frente ao corpo;
  • Então coloque a mão esquerda com o punho fechado em cima do joelho esquerdo garantindo que o dedão aponte para cima;
  • Olhe para um ponto fixo a sua frente no nível dos olhos;
  • Mantenha a cabeça nesta posição fixa;
  • Ao expirar, foque seus olhos no dedão esquerdo;
  • Ao inspirar, foque seus olhos no ponto fixo a sua frente no nível dos olhos;
  • Repita o mesmo processo com o dedão direito;
  • Então feche os olhos e descanse.

Exercício 5:

Olhar rotacional

  • Sente-se com as pernas esticadas frente ao corpo;
  • Coloque a mão esquerda no joelho esquerdo;
  • Coloque seu punho direito acima do joelho direito, com o dedão apontado para cima. Mantenha seu cotovelo reto;
  • Agora mantenha a cabeça imóvel, foque seus olhos no dedão;
  • rotacione o braço, desenhando um círculo no ar com o dedão. Mantenha o cotovelo reto;
  • Repita este exercício cinco vezes em cada direção – horária e anti-horária;
  • Repita o processo com o dedão esquerdo;
  • Feche os olhos, descanse e relaxe completamente.

Observe o padrão de respiração enquanto realiza o exercício.

  • Inspire enquanto estiver levando o dedão para cima;
  • Expire enquanto estiver levando o dedão para baixo.

Exercício 6:

yoga para os olhos

Olhar para cima e para baixo

  • Sente-se com as pernas esticadas frente ao corpo;
  • Com ambos os dedões apontados para cima, apoie ambos os punhos nos joelhos;
  • Lentamente levante o dedão direito mantendo o braço reto. Siga o movimento do dedão com seus olhos;
  • Quando o dedão estiver levantado ao máximo que conseguir acompanhar com os olhos (sem mexer a cabeça), gradualmente traga para baixo na posição inicial e continue a manter seus olhos focados no dedão a todo o estante enquanto mantém a cabeça imóvel;
  • Repita o mesmo processo com o dedão esquerdo;
  • Pratique este exercício 5 vezes com cada dedão;
  • A cabeça e as costas devem estar retas a todo o estante;
  • Feche os olhos e relaxe.

Observe o padrão de respiração enquanto realiza o exercício.

  • Inspire enquanto levantar os olhos;
  • Expire enquanto abaixar os olhos.

Exercício 7:

Foco preliminar na ponta do nariz

  • Sente-se com as pernas cruzadas;
  • Levante o braço direito reto diretamente a frente do nariz;
  • Aperte o punho com a mão direita, mantenha seu dedão apontado para cima;
  • Foque ambos os olhos na ponta do dedão;
  • Agora dobre o braço e gradualmente traga o dedão na ponta do seu nariz, enquanto mantém os olhos focados na ponta do dedão por todo o tempo;
  • Mantenha-se nesta posição por um tempo com o dedão na ponta do nariz com os olhos focados ali;
  • Continue a focar na ponta do dedão, gradualmente estique o braço;
  • Isto constitui uma série;
  • Faça pelo menos cinco séries.

Observe o padrão de respiração enquanto realiza o exercício.

  • Inspire enquanto o dedão é levado à ponta do nariz.
  • Mantenha o ar enquanto mantém o dedão na ponta do nariz.
  • Expire enquanto estica os braços.

Exercício 8:

yoga para os olhos

Olhar próximo e distante

  • Fique de pé ou sentado próximo a uma janela aberta com uma visão clara do horizonte. Mantenha os braços ao lado;
  • Foque na ponta do nariz por 5 – 10 segundos;
  • Mude o foco para o horizonte por 5 – 10 segundos;
  • Repita isso por 10 a 20 vezes;
  • Feche os olhos e relaxe.

Observe o padrão de respiração enquanto realiza o exercício.

  • Inspire durante o olhar próximo;
  • Expire durante o olhar distante.

Após completar todos os exercícios acima, deite-se em shavasan (deitado de barriga para cima, os braços na lateral do corpo e palmas das mãos voltadas para cima) por alguns minutos e relaxe completamente. Respire gentil e normalmente, e não resista a qualquer pensamento ou sensação durante o exercício.
A prática de Yoga ajuda a desenvolver o corpo e a mente trazendo muitos benefícios a saúde mas não é um substituto aos remédios. É importante aprender e praticar as posturas de yoga sob a supervisão de um professor treinado Sri Sri Yoga. Em casos de qualquer condição médica, pratique as posturas de yoga após consultar um médico e um professor de Sri Sri Yoga.

fonte: artedeviver

Veja também no Portal AVôVó:

O envelhecimento da visão

 

 

AnteriorPróximo
O Avôvó é um portal colaborativo criado especialmente e inteiramente dedicado a um público cada vez mais conectado: a terceira idade. Aqui, não só o idoso se sente em casa. Nosso objetivo é também levar conteúdo relevante para familiares, amigos e profissionais que cuidam dessas gerações que chegam à melhor idade redefinindo conceitos e com cada vez mais interatividade e independência, mostrando que idade é só um número.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *