Frutas

Tipos de limão mais comuns: siciliano e taiti, galego e cravo

tipos de limão para terceira idade

Perguntas e respostas sobre tipos de limão e suas principais características.

Quais os mais utilizados no Brasil e quais são suas propriedades e nutrientes.

Limão é uma fruta cítrica, de formato pequeno e muito utilizada em sucos, doces, temperos e, no Brasil, em bebidas como a caipirinha.

Suas principais características são ácido, casca muito amarga e sementes, embora algumas versões tenham mais sementes que outras.

Imagem relacionada

Boa parte das pessoas não gostam muito pelo teor azedo e muito ácido, mas ele é essencial para temperar saladas, colocar algumas gotas no frango grelhado e tantos outros pratos onde fica ótimo o seu uso.

A limonada é uma ótima bebida e se bem feita é muito saborosa.

Há versões com mistura de limão e laranja que fica muito bom.

Quais os tipos de limão que existem?

Atualmente, são documentados mais de 15 tipos diferentes de limão, porém, no Brasil, os mais encontrados e conhecidos são quatro tipos: o limão taiti, limão cravo, limão galego e limão siciliano.

Taiti

Imagem relacionada

 

É o limão mais famoso que existe no Brasil.

Ele é muito popular em todas as regiões do país.

Tem a casca verde e fina, e sua composição tem poucas ou nenhuma semente.

Sua acidez é média, o que o faz ideal para sucos e bebidas.

São Paulo é Estado que mais produz o limão Taiti, sendo responsável por quase 70% da produção, seguido do Rio de Janeiro com cerca de 8%.

Cravo

Resultado de imagem para limão cravo

O limão cravo também é conhecido em alguns lugares como limão caipira ou limão rosa.

Ele possui uma casca um pouco mais rígida e alaranjada e seu sabor é um pouco mais ácido.

Normalmente, ele tem um nível de acidez maior, o que o faz ideal para temperos de carnes suínas, bovinas, aves e saladas.

A vitamina C existente neste tipo de limão é um antioxidante poderoso.

Além disso ajuda a aliviar os sintomas da constipação e indigestão, e ajudam a purificar o sangue.

Galego

Resultado de imagem para limão galego

É o limão com o menor nível de acidez que existe.

Normalmente, ele é encontrado com cores um pouco mais claras do que os limões taiti e um pouco mais escuro que os limões cravo.

Seu uso na cozinha normalmente é em sobremesas e molhos, pois acaba sendo bem combinado a outros ingredientes.

Você pode usar este tipo de limão em sorvetes, molhos, tempero, drinques, doces e sucos.

A fruta é rica em vitamina C, A, B (b1, b2 e b3), vitamina I e vitamina P.

É uma importante fonte de cálcio, cobre, magnésio, iodo, ferro, fósforo, silício, ácido cítrico, ácido málico e em sua composição é possível encontrar também ácido fórmico e ácido acético em menores quantidades.

Siciliano

Resultado de imagem para limão siciliano

O limão siciliano tem casca amarela e grossa, e seu formato mais alongado que os outros limões o deixa com um pouco menos de suco.

Ele é bem ácido, o que acaba fazendo render mais, sendo um bom complemento em molhos, embora em sobremesas ele também dê um sabor um pouco mais marcante.

Este tipo é o mais antigo do mundo e também conhecido como eureka ou lisboa.

O limão siciliano pode ser usado como ingrediente principal em pratos com muita personalidade como, por exemplo, risotos.

Quer uma dica de como plantar limão em uma xícara? Clique aqui

Por que usar o limão?

O limão é importante porque é grande fonte de vitamina C, além de acelerar o metabolismo e ajudar a regular o nível de acidez do estômago, sendo muito recomendado por nutricionistas.

Além do benefício para a saúde e todo o seu valor nutricional, a fruta é uma das mais poderosas utilizadas na gastronomia, podendo ser inserida tanto em receitas doces como salgadas.

fonte: alimentação legal

Veja também no Portal AVôVó:

Pudim de limão com calda de hortelã

 

AnteriorPróximo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *