Saúde Física

Sono com qualidade traz benefícios na terceira idade

Sono com qualidade nos dá mais qualidade de vida na terceira idade.

Veja a importância para os idosos de otimizar suas horas de descanso ao deitar na cama, trabalhando dicas básicas para alcançar um relaxamento mais profundo na hora de dormir.

A qualidade do sono está diretamente a maior longevidade para os idosos, além de inúmeros benefícios para a saúde e bem-estar.

Hábitos saudáveis – como exercícios físicos e boa alimentação – e noites de sono bem dormidas são fundamentais para a manutenção do corpo e mente, regulando funções vitais do organismo como um todo.

O passar dos anos proporciona algumas alterações no sono.

Não cabe a nós decidir se elas são benéficas ou não.

Tratasse de um retrato do mecanismo biológico dos seres humanos.

Por exemplo, o sono tornasse mais leve, o adormecer fica mais demorado, mais interrupções durante a noite e fica mais difícil dormir por oito horas consecutivas.

Mudanças no organismo

Essas mudanças acontecem devido a alteração de melatonina, hormônio responsável pela regularização do sono.

A produção do hormônio do sono é bastante intensa.

Chega ao seu pico, no inicio da vida entre 3 e 4 anos de idade.

A partir disso, com o envelhecimento a concentração caí gradativamente.

Uma pessoa com 60 anos tem em média a metade da melatonina de uma pessoa com 20. Idosos com mais idade, passando os 70 anos, podem apresentar níveis quase nulos do hormônio.

A maioria dos idosos fica apreensivo quando percebem que sua carga horaria de sono está diminuindo, mas o importante é a qualidade.

Não adianta dormir muito e mal.

O corpo não descansa e acordamos para um novo dia cansados, sem disposição e precisando dormir mais.

Não é incomum conhecer pessoas que chegam a dormir oito horas diariamente, mas ainda assim se sentem cansadas ao acordar, cheias de mau humor e com dores no corpo.

Além destes fatores, as alterações da estrutura óssea dos idosos também devem ser avaliadas, pois nesta fase, por conta dos encurtamentos musculares que ocorrem nas regiões da coluna cervical e lombar, diafragma e membros inferiores, as pessoas vão ficando mais baixas.

Essa mudança altera o centro de gravidade do indivíduo, gerando alterações na posição do sono.

Além disso, outro risco para os idosos são as possíveis quedas, pois a má postura e perda de equilíbrio durante a noite pode causar enfraquecimentos musculares.

Por isso, depois de destacarmos a importância do sono bem dormido, é essencial que o idoso procure melhorar a postura e adote hábitos saudáveis que ajude a potencializar o poder de descanso ao dormir.

Evitar acidentes e corrigir posições dependem de dedicação e dicas básicas.

As dicas o Avôvó fornece!

O que pode melhorar meu sono?

Como levantar da cama sem causar lesões

O idoso deve virar as pernas para o sentido pretende levantar.

Apoiar os braços na cama e erguer o tronco com tranquilidade.

Em casos de repouso na cama por longos períodos é recomendado que mude sempre de posição e seja orientado e incentivado para tal, evitando assim um atrofiamento e o surgimento de úlceras de decúbito;

Homem pensando

Coisas e modos que alteram o sono

Um sono renovador – ou seja, acordar se sentindo descansado – é a junção de muitos fatores.

Por exemplo: o travesseiro, o colchão e até mesmo a temperatura do ambiente.

Portanto, na hora de dormir, o idoso deve, preferencialmente, dormir de lado e utilizar um travesseiro que complete exatamente o espaço compreendido entre a cabeça e o colchão, alinhando assim toda a coluna com o tronco.

Além disso, a posição perfeita ajuda na circulação sanguínea e ajusta a comunicação corporal;

Ir para cama? Só com sono

O idoso tem o sono menos profundo e mais fragmentado.

O ritmo biológico faz com que a vontade de dormir seja mais disperso pelo dia e menos concentrado de noite.

É importante evitar assistir televisão ou ler um livro deitado, procurar não ingerir chás e cafés, pois funcionam como estimulante.

É muito importante manter a disciplina e tentar dormir sempre na mesma hora;

Não perca nenhum conteúdo do Portal Avôvó! Informe seus dados e receba atualizações por e-mail.



 

A terceira idade é marcada por mais tempo livre.

Os idosos têm menos tarefas, na maioria dos casos, e muitas vezes não tem atividades para preencher os espaços vazios.

Isso acarreta no excesso de horas dormidas, gerando a exaustão ao sono.

O corpo não reconhece bem os momentos de descanso e, apesar de passar muitas horas dormindo, o individuo se sente cansado.

Dormir é maravilhoso, um prazer da vida, mas não devemos viver somente dele.

Façam atividades e sintam o prazer de viver com a agenda cheia de compromissos.

Chegar em casa e descobrir que a nossa cama nos espera não tem preço, mas só quando estamos com sono.

Veja também no Portal AVôVó:

É melhor dormir de estômago cheio ou vazio?

 

 

AnteriorPróximo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *