Estética & Beleza

Seios flácidos e caídos, como retardar esse processo!

seios caídos e flácidos na terceira idade

O problema não atinge apenas mulheres idosas. Cada vez mais as adultas jovens estão sofrendo desse mal e a genética muitas vezes não é a culpada. Entenda o caso!

Vovó, o que significa ter a gravidade como adversária? Todos, no que se refere a firmeza corporal, sofrem com a influência natural das coisas, mas os seios são impactados um pouco mais. As mulheres na terceira idade lidam com mais maturidade, mas aquelas que estão quase lá – entre 45 e 60 – precisam ouvir palavras de incentivo e principalmente dicas. O fato é: o grande desafio de quem quer manter o órgão mamário saudável e bonito é a flacidez, pois, como sabemos, tende a acontecer em todas as partes do corpo e com todas as pessoas, no transcorrer da vida e ao passar dos anos.

A potse mamária, popularmente conhecida como “peitos caídos”, não acomete apenas mulheres com mais idade e, por isso, não pode ser considerada um problema exclusivamente relacionado ao envelhecimento e as questões naturais do corpo. A tragédia das mamas está acontecendo com mulheres jovens e, inacreditavelmente, até adolescentes no inicio da vida sexual, apresentando flacidez excessiva.

Por que isso acontece? Entre os mais acusados: a genética e a idade acumulada, mas o motivo pode não ser nenhum desses. Vamos entender o que pode estar acontecendo? A flacidez e a potse mamaria vai acontecer com todos as mulheres em algum momento, variando os níveis de acometimento em cada caso. Isso significa que torna possível apenas atenuar e retardar seu surgimento com algumas técnicas de prevenção. (Veja a analise completa do site Tudo Ela)

O que causa a queda das mamas?

  • Culpe a dupla-hélice

A hereditariedade é um dos principais fatores a serem levados em conta ao discutir o que leva os seios a caírem mais ou menos durante a vida de uma mulher. Se a sua genética for favorável e determinar que as suas glândulas mamárias se mantenham mais firmes, apesar da passagem do tempo, é o que acontecerá. Porém, se houver casos na sua família de ptose mamária ainda na juventude, é provável que você precise dar mais atenção à prevenção para manter a saúde e a beleza dos seus seios por mais tempo.

  • Isaac Newton já sabia

O fator gravidade também não pode, de forma alguma, ser desconsiderado, uma vez que a ação da força gravitacional sobre os corpos humanos é o que causa diversas mudanças estéticas e estruturais no organismo, entre elas o aumento da flacidez e a queda das mamas. Não é possível eliminar esse causador da queda dos seios. Entretanto, algumas medidas e hábitos preventivos podem auxiliar o seu organismo a enganar essa força invisível e manter seus seios bonitos por mais tempo.

As mães correm mais riscos?

Existem ainda alguns fatores que a sabedoria popular considera como grandes responsáveis pela ptose mamária, mas que, entre estudiosos, ainda são controversos.

A amamentação é um deles, já que muitas mulheres experimentam e vivenciam a mudança nas glândulas e na aparência dos seios após a produção de leite. Um estudo recente realizado nos Estados Unidos, pela Universidade de Kentucky, entretanto, não confirma essa relação de causalidade. Segundo a pesquisa, amamentar não necessariamente faz com que os seios apresentem mais flacidez do que a genética já os programou para apresentar ao longo da vida. Ainda assim, é possível que com o aumento das glândulas mamárias e o estiramento da pele, além da perda de peso que sucede o parto, a flacidez atinja os seios femininos antes da hora.

Diga não às drogas

seios flácidos e caídos na terceira idade

 Mais um grande causador dos seios caídos que possui unanimidade entre os estudiosos é o consumo de tabaco. Dentre as mais de 4 mil substâncias tóxicas presentes no cigarro comum, algumas são consideradas responsáveis por extinguir a proteína elastina, essencial na formação e manutenção da firmeza e saúde das fibras existentes na pele dos seios e do restante do corpo. A diminuição na oxigenação dos tecidos causada pelo cigarro e também pelo álcool é outro dos motivos que pode levar à queda precoce dos seios, por prejudicar o funcionamento do metabolismo da pele e das glândulas mamárias.

Medidas preventivas contra a queda dos seios

Ainda que não seja possível alterar o código genético e fazer com que seu DNA lhe proteja da flacidez nos seios por mais alguns anos, existem outras medidas preventivas que podem ser colocadas em prática para retardar a queda dos seios.

A primeira delas, pensando nas principais causas, é abandonar hábitos nocivos, como o consumo de tabaco e álcool. Enquanto as bebidas destiladas e fermentadas podem sofrer apenas uma redução para melhorar a saúde dos seios, o tabaco deve ser cortado integralmente do dia a dia para que a elastina da pele deixe de ser afetada. Parar de fumar pode ser um processo demorado e estressante. Por isso, recomenda-se um acompanhamento médico e psicológico para que o vício possa realmente ser erradicado.

  • Use o sutiã de acordo com suas necessidades

Diversas pesquisas já foram organizadas em todo mundo para estudar os efeitos do sutiã nos seios. Alguns acreditam que devesse abolir o uso em todas as situações. Outros já pregam que o uso pode ser benéfico contra os efeitos da gravidade nas mamas. Independentemente das pesquisas, mulheres mais velhas e com seios maiores podem precisar do adereço para corrigirem a postura e terem menos dores e problemas de sustentação.

Use sutiã como você se sentir melhor e, em caso de dúvidas, sempre consulte o seu ginecologista.

seios caídos e flácidos na terceira idade

Mudança de hábitos

  • Cuidar melhor de todo o seu corpo de forma geral afeta positivamente a saúde dos seios e a forma como eles reagirão à flacidez. Consuma alimentos que estimulem a produção de colágeno e elastina, para uma pele com bastante elasticidade que previna a flacidez.
  • Vitaminas A e C, bem como zinco, cobre e cálcio são nutrientes que não podem faltar na mesa de mulheres que desejam combater a ptose mamária. Reduzir os carboidratos simples e os açúcares também é uma dica para melhorar a saúde corporal e das mamas.
  • Se você gosta de se bronzear, diminua o período de exposição ao sol. Ainda que todos nós precisemos da luz solar para a ativação da vitamina D no organismo, os raios UVA e UVB, bem como a luz visível do sol, podem acelerar o processo de degeneração celular.

Ficar atenta a ganhos e perdas de peso muito acentuados em curtos períodos também é uma maneira de combater a flacidez nos seios, já que, quando se emagrece ou engorda, os tecidos de gordura das mamas também são afetados.

Veja também no Portal AVôVó:

O que o Pilates pode fazer pelo idoso

 

AnteriorPróximo
Claudio Mello
O Avôvó é um portal colaborativo criado especialmente e inteiramente dedicado a um público cada vez mais conectado: a terceira idade. Aqui, não só o idoso se sente em casa. Nosso objetivo é também levar conteúdo relevante para familiares, amigos e profissionais que cuidam dessas gerações que chegam à melhor idade redefinindo conceitos e com cada vez mais interatividade e independência, mostrando que idade é só um número.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *