Jardinagem

Saúde da sua orquídea! Como cuidar delas

como cuidar da minha orquídea

As orquídeas são plantas muito sensíveis. Não pense que deixa lá em ambientes desconfortáveis não trará consequências. Por isso, o Avôvó vai tentar direciona-lo nessa missão.

Pessoal, tudo bem? Hoje falaremos de uma flor que simboliza muita coisa para a maioria das pessoas. O amor entre companheiros, filhos e netos são materializados em orquídeas.

Mesmo os homens, que normalmente não ligam muito para as flores, gostam de receber uma bela orquídea. São milhares de espécies e variações, mas existe a possibilidade de haverem muitas outras ainda não registradas.

História!

https://www.avovo.com.br/plantas-que-ajudam-a-purificar-o-ar/

A humanidade se fascina por essas plantas há mais de 2 mil anos e o filosofo Confúcio – 27 de agosto de 551 a.C. – 479 a.C – já fazia citações a elas.  “A China tem longa história na apreciação destas flores. Orquídeas são citadas pela literatura antiga e retratadas pela arte chinesa desde o décimo século antes de Cristo, pinturas do começo de dinastia Song, entre 960 e 1127 chegaram até os nossos dias.

Todavia, investigações recentes revelam que o cultivo de Cymbidium começou apenas no final da dinastia Tang entre 860 e 890 e não nos tempos de Confúcio como se pensava antes.

Possivelmente a primeira publicação exclusivamente sobre orquídeas é uma monografia de sobre a cultura extensiva de destas plantas, no final da dinastia Song, entre 1128 e 1283. Pelo trabalho percebe-se que seu cultivo estava já bem estabelecido na China por esta época”.

Minha orquídea não floresce. Calma!

https://www.avovo.com.br/plantas-que-ajudam-a-purificar-o-ar/

Duas coisas são essenciais para ver uma orquídea florescer: dedicação e paciência. Até porque, há espécies, como as cattleyas, por exemplo, que dão flor somente uma vez por ano e podem sofrer interrupção de ciclo se houver falta de cuidado durante o plantio.

Características como a quantia de luz solar que chega até a planta, adubo e rega deve ter um controle eficiente e rígido, sempre tendo em mente o que será melhor para cada espécie. Quem não conhece orquídeas não sabe, mas elas não ficam o tempo todo floridas. Aliás, possuem um grande período com apenas folhas e nada de flores.

Os motivos do não florescimento!

https://www.avovo.com.br/plantas-que-ajudam-a-purificar-o-ar/

Isso vai ocorrer de acordo com a espécie. Se a planta pertencer ao grupo das monopodiais (vanillas, vandas e phalaenopsis), que somente dão flor somente uma vez por ano, o problema pode estar relacionado à iluminação. As espécies citadas precisam de grande incidência de luz para poder dar flor.

Entretanto outros aspectos precisam também ser levados em conta. Tome cuidado para que as plantas fiquem bem protegidas de corrente de vento e passem pela melhor forma de rega.

As orquídeas somente dão flor se estiverem saudáveis. Plantas com alto índice de estresse, murchas, ou com problemas de nutrição raramente passarão a florescer da forma adequada. Para obter uma floração boa, as orquídeas precisam gastar uma quantidade maior de energia, que se acumula durante todo o ano nas raízes, folhas e pseudobulbos.

Se essas partes não estiverem com a saúde em dia, a planta procurará evitar a floração para se poupar do desgaste. Existem casos de plantas que estão muito estressadas e acabam florescendo muito, mas isso leva a morte do vegetal.

Adaptações para estar mais saudável!

Iluminação:

como cuidar da minha orquídea

As orquídeas necessitam de bastante luz indireta. Nesse quesito os países tropicais levam vantagem, já que o sol é farto nestes lugares. Caso sua orquídea esteja sendo mantida num ambiente interno, é preciso mantê-la o mais perto possível de uma janela, optando sempre pelo sol da manhã.  Se quiser deixar sua orquídea no jardim, basta coloca-la embaixo de uma árvore;

Adubação:

como cuidar da minha orquídea

Os adubos podem ser orgânicos, minerais, químicos e mistos. Os adubos minerais, como o tipo NPK, são aplicados em 15 em 15 dias. Os orgânicos, tal qual a farinha de osso, a torta de mamona, e o Bokashi são também bastante recomendados e mais seguros.

Adubos misturados ou mistos são facilmente encontrados em lojas próprias e devem ser aplicados de acordo com as instruções da embalagem.  As orquídeas assimilam mais o adubo quando o mesmo é posto diretamente nas raízes, apesar de variar bastante conforme o tipo de produto.

Local:

como cuidar da minha orquídea

Várias orquídeas necessitam de uma alternância na temperatura para melhorar o florescimento. Por isso, caso ela não esteja em um lugar aberto, opte por coloca-las perto de janelas entreabertas ou sacadas;

Regar:

Não perca nenhum conteúdo do Portal Avôvó! Informe seus dados e receba atualizações por e-mail.



 

As regas exageradas são uma das grandes causas de problemas na planta. Ainda que a planta tenha origem em regiões tropicais, em sua grande parte, as orquídeas costumam não gostar de água demais. Excesso de água costuma sufocar as raízes e acarretar apodrecimento das mesmas. Como saber o momento de regar?

Não existe moda mais prático que colocar o dedo diretamente no substrato, a mais ou menos dois centímetros de profundidade e perceber: se tiver umidade, não faça a rega, e apenas o faça quando estiver seco o substrato.

Doenças e Pragas:

como cuidar da minha orquídea

Um dos maiores inimigos das orquídeas são as pragas chamadas de cochonilhas. Esses organismos sorvem a seiva da planta e chegam até mesmo a matá-la se não forem dizimados.

O uso de defensivos pode ser necessário, mas. Caso você não tenha experiencia, será melhor consultar um especialista antes de usá-los.

Veja também no Portal AVôVó:

Decorando sua casa com orquídeas

AnteriorPróximo
O Avôvó é um portal colaborativo criado especialmente e inteiramente dedicado a um público cada vez mais conectado: a terceira idade. Aqui, não só o idoso se sente em casa. Nosso objetivo é também levar conteúdo relevante para familiares, amigos e profissionais que cuidam dessas gerações que chegam à melhor idade redefinindo conceitos e com cada vez mais interatividade e independência, mostrando que idade é só um número.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *