Frutas

Sapoti, conheça essa fruta e os seus benefícios

O que é a sapoti?

Docinho e suculento, o ainda é um desconhecido para boa parte da população brasileira, já que sua produção e consumo se concentram em algumas partes das regiões Norte e Nordeste do país.

Entretanto, aos poucos vão se difundindo informações sobre o quanto o sapoti é saboroso e, sobretudo, saudável, fazendo com que sua procura aumente. Neste artigo, explicaremos o que é o sapoti, sua origem, suas propriedades nutritivas e benefícios para a saúde, além de apresentar algumas deliciosas receitas.

Sapoti: outros nomes

O sapoti também é conhecido como sapodilla (EUA e Reino Unido), chiku ou sapota (na Índia) e zapote, no México.

O que é sapoti?

O que é a sapoti?

É natural da América central, sendo no Brasil cultivada principalmente nas regiões Norte e Nordeste. O sapoti fruta é uma baga cujo peso varia de 45 a 200 gramas, em média e com diâmetro entre 4 a 10 centímetros. Seu formato pode ser ovalado, cônico ou arredondado. Sua casca é fina e rugosa, apresentando coloração castanho escura ou marrom amarelado.

A polpa do sapoti é suculenta, macia, sem fibras, de sabor muito doce e agradável quando a fruta está madura. O sapoti costuma apresentar de 3 a 12 sementes em cada fruto, que podem ser facilmente separadas de sua polpa.

Sapoti é uma árvore?

O sapoti, também conhecido como sapota, é o fruto do sapotizeiro, cujo nome científico é Manilkara zapota L, da família Sapotaceae.

O pé de sapoti cresce lentamente e tem vida longa. Sua altura pode chegar a 20 metros e seu tronco costuma apresentar de 1,25 a 3,5 metros de diâmetro. O sapotizeiro desenvolve ramos fortes e numerosos. Normalmente tem a copa muito frondosa e densa, de formato arredondado ou piramidal.

A sua origem

O sapoti fruta é originário da América Central e já era amplamente utilizado por povos originários do México e América Central antes da chegada dos espanhóis. O látex extraído do tronco do sapotizeiro foi usado por muitos anos como a principal matéria prima para a produção de chicletes, sendo posteriormente substituído por gomas sintéticas.

O nome sapoti deriva da palavra em náuatle (língua pré-hispânica ainda falada em partes do México e América Central) “tzapotl”, tendo sido acrescido o “i” final no Brasil.

Não se sabe ao certo quando a cultura do sapoti foi introduzida em solo brasileiro, mas existem relatos sobre seu plantio por aqui desde 1800, pelo menos.

Propriedades 

O que é a sapoti?

Além de ser muito saboroso, o sapoti possui uma rica composição nutricional, oferecendo elementos indispensáveis para o bom funcionamento do organismo, como vitaminas, minerais e fibras.

Cada 100 g de sapoti in natura contém:

Água55 a 73 g
Carboidratos14.1 a 29.7 g
Fibras1.2 a 3.2 g
Proteínas1.9 g
Lipídeos0.17 g
Calorias114 g
Cálcio28 a 121 mg
Fósforo23 a 33 mg
Ferro0.5 a 2.6 mg
Vitamina C9 a 40 mg
Niacina (vitamina B3)1.6 a 2.6 mg
Caroteno (vitamina A)0.1 a 0.6 mg

Fonte: Instituto Nacional de Frutos Tropicais (INTC)

Benefícios 

Com uma composição nutricional tão rica, não é de se admirar que sejam vários os benefícios do sapoti para a saúde, devendo essa fruta fazer parte do cardápio de todos aqueles que desejam prevenir doenças e ter mais energia física e mental através da alimentação.

Confira alguns benefícios para a saúde:

O que é a sapoti?

  • Contribui para o bom funcionamento intestinal e previne a constipação. 

Esse efeito se explica pelo alto percentual de fibras presentes no sapoti, que proporcionam um trânsito intestinal regular e previnem a prisão de ventre.

  • Fortalece a saúde ocular. 

A vitamina A, nutriente encontrado em boa quantidade no sapoti, é uma grande aliada na manutenção da saúde dos olhos. A vitamina A ajuda a prevenir a cegueira noturna, a degeneração macular e a catarata.

  • Reforça a imunidade do organismo. 

Por conter significativas quantidades de vitamina C e polifenóis em sua composição, o sapoti contribui para o bom funcionamento do sistema imunológico, responsável pela proteção do organismo contra agentes causadores de doenças.

  • Ajuda a prevenir o câncer de cólon. 

Ao promover uma limpeza eficaz na região, o sapoti ajuda a evitar o desenvolvimento do câncer de cólon.

  • Auxilia no processo de emagrecimento. 

Embora seja relativamente calórico, o sapoti possui uma boa quantidade de fibras, o que permite manter uma sensação prolongada de saciedade, ajudando a controlar a fome entre as refeições. Substituir pães, biscoitos e doces industrializados pelo sapoti na hora do lanche é uma excelente opção para quem deseja emagrecer com saúde.

  • É um energético natural. 

Composto por açúcares naturais simples, como a sacarose e a frutose, o sapoti é uma fonte instantânea de energia. Por isso seu consumo é altamente indicado antes ou depois da prática de atividades físicas.

  • Possui efeito diurético. 

A composição nutricional do sapoti lhe confere propriedades que melhoram a eliminação de líquidos e toxinas pelo organismo. Um dos efeitos visíveis da retenção de líquidos é o inchaço abdominal, que pode ser prevenido com o consumo do sapoti.

  • Tem efeito antioxidante. 

As altas doses das vitaminas A e C presentes no sapoti lhe conferem um efeito antioxidante e antirradicais livres, evitando o envelhecimento precoce.

  • Auxilia no tratamento da anemia. 

Por ser rico em minerais, incluindo Ferro e Fósforo, o consumo do sapoti é aconselhável para ajudar a tratar quadros de anemia.

  • Melhora a digestão. 

As fibras solúveis, presentes em abundância no sapoti, otimizam o processo de digestão e protegem contra infecções no aparelho digestivo.

Chá 

A casca e sementes do sapoti são utilizadas na preparação de remédios caseiros. O chá da casca do sapotizeiro é usado para combater a diarreia, febre e verminoses.

O chá de sementes de sapoti trituradas é indicado para tratar problemas renais, já que atua como diurético.

Como comer

Comer o sapoti não apresenta nenhuma complicação. Basta cortar a fruta ao meio, retirar a casca e as sementes. Depois, é só saborear a polpa suculenta e docinha do sapoti.

Como plantar

O que é a sapoti?

Para plantar o sapoti a partir de sementes, primeiramente é preciso deixá-las de molho em água durante 24 horas (não exceder esse tempo). Colocar 3 ou 4 sementes em um recipiente com profundidade de 3 a 4 cm. Quando as mudas atingirem 10 cm de altura, deixar apenas a mais desenvolvida e de melhor aspecto, transplantando-a para o local definitivo.

O sapotizeiro se desenvolve bem em locais ensolarados, mas precisa de solo úmido. É recomendado fazer uma boa adubação do solo com matéria orgânica antes do plantio.

O sapoti cultivo não é trabalhoso. Deve-se manter o local ao redor da planta limpo, sem mato e outras plantas. São recomendadas podas nas copas durante o desenvolvimento do sapotizeiro, para garantir seu bom desenvolvimento.

É possível colher os primeiros frutos do sapotizeiro por volta de 4 anos após o plantio.

O sapotizeiro pode inclusive ser cultivado em vasos, porém atingirá um tamanho muito menor do que aqueles plantados diretamente no solo.

Demais usos

  • A madeira obtida a partir do sapotizeiro é bastante resistente e por isso empregada na fabricação de móveis.
  • As sementes do sapoti fruta servem como matéria prima na produção de uma manteiga vegetal, usada para tratamentos capilares, de propriedades hidratante e reparadora.

Receitas

Consumir o sapoti in natura não é a única forma de aproveitar seus benefícios nutricionais. Além de poder ser consumido na forma de suco, o sapoti também pode entrar em várias receitas de doces, sorvetes, xaropes etc.

E para quem não encontra o sapoti fresco à venda em sua região, existe a opção de consumir a polpa congelada da fruta, que preserva boa parte de suas vitaminas e minerais.

Sapoti de compota

Para fazer um delicioso doce de sapoti de compota, os ingredientes necessários são:

  • ½ quilo de sapoti in natura,
  • 1 xícara (chá) de açúcar refinado,
  • 1 colher (sopa) de limão,
  • 1 xícara (chá) de água.

O preparo é bem simples.

  • Primeiro, lave, descasque e retire as sementes dos sapotis.
  • Coloque a água em uma panela, dissolva todo o açúcar e leve ao fogo médio por aproximadamente 5 minutos.
  • Acrescente os sapotis, o suco de limão e cozinhe até adquirir a consistência de uma calda espessa.
  • Desligue o fogo, despeje em um recipiente (ou vários) de vidro e deixe esfriar.

Flan de sapoti

Estes são os ingredientes para flã de sapoti:

  • 1 quilo de sapotis maduros frescos,
  • 1 lata de creme de leite,
  • 4 claras de ovos, e 1 xícara (chá) de açúcar.

Modo de preparo:

  • Lavar, descascar e retirar os caroços dos sapotis,
  • batendo em seguida no liquidificador com o creme de leite e o açúcar, até ficar um creme homogêneo.
  • Bater as claras em neve e juntar ao creme, misturando delicadamente.
  • Levar à geladeira por, no mínimo, 4 horas e servir.

Como vimos, o sapoti é uma fruta que oferece diversos benefícios à saúde, sendo uma excelente fonte de vitaminas e minerais essenciais para a manutenção do equilíbrio orgânico. É muito positivo que, aos poucos, essa fruta esteja se tornando mais conhecida e procurada, aumentando o interesse por seu cultivo e comercialização.

Afinal, quanto maior a oferta desses verdadeiros remédios da natureza que são as frutas, melhor para todos!

fonte: fruta

Veja também no Portal AVôVó:

Jabuticaba, a fruta típica do Brasil

AnteriorPróximo
O Avôvó é um portal colaborativo criado especialmente e inteiramente dedicado a um público cada vez mais conectado: a terceira idade. Aqui, não só o idoso se sente em casa. Nosso objetivo é também levar conteúdo relevante para familiares, amigos e profissionais que cuidam dessas gerações que chegam à melhor idade redefinindo conceitos e com cada vez mais interatividade e independência, mostrando que idade é só um número.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *