MODA & BELEZA

A partir de qual idade é indicado fazer um lifting facial?

Lifting facial: descubra as principais indicações para quem deseja rejuvenescer.

O lifting facial é um dos principais procedimentos estéticos que um cirurgião plástico realiza em sua prática profissional.

Sendo cada vez mais popular entre os homens e mulheres, não é de se espantar o interesse cada vez maior entre as pessoas.

Quando bem realizado, o facelift pode rejuvenescer em vários anos, eliminando rugas, flacidez e algumas marcas de expressão que são comuns quando vamos atingindo idade mais avançada.

Os resultados são impressionantes e garantem mais autoestima e confiança para aqueles que se submetem a esta cirurgia plástica, que pode ou não estar aliada de outras técnicas para favorecer e/ou melhorar os resultados ainda mais.

Falaremos mais sobre o lifting facial e explicaremos qual a idade mais adequada para pensar neste procedimento extremamente popular.

O que é o lifting facial?

Resultado de imagem para lifting facial na terceira idade

A cirurgia plástica facial — como também é conhecido — nada mais é que um procedimento cirúrgico que elimina o excesso de pele e aumenta o tônus muscular do(a) paciente.

Após a cirurgia, é notório os resultados de rejuvenescimento, onde as rugas e marcas de expressão são sensivelmente reduzidas ou completamente eliminadas.

Falando de maneira mais prática, é como se o rosto tivesse dado uma “levantada”, fazendo com que a flacidez característica seja reduzida ou suma por completo, em alguns casos.

O lifting facial é realizado com algumas incisões na região média da cabeça e pode ser realizado com anestesia geral ou local.

Na maioria das vezes o médico opta pela anestesia geral e deve ser mencionado que há necessidade da realização de uma bateria de exames no estágio do pré-operatório.

E, assim como toda cirurgia, existem recomendações e demais fatores que influenciam tanto no seu aval médico para poder prosseguir com o procedimento estético, como para evitá-lo em alguns casos específicos.

Para quem tem dúvidas, as pessoas hipertensas, diabéticas, com doenças autoimunes e com outras condições clínicas crônicas não são indicadas a ingressarem na cirurgia.

Entretanto, converse com seu cirurgião e tire todas suas dúvidas antes de prosseguir.

Por fim, saiba que existem recomendações para o pós-operatório, que é a fase de cicatrização.

Aqui é onde seus cuidados devem ser maiores para evitar riscos e efeitos adversos com todo o procedimento estético.

Em qual idade o lifting facial é indicado?

Imagem relacionada

Em princípio não existe uma restrição clínica quanto à idade do paciente.

Estando em plenas condições de saúde e sendo maior de idade, a cirurgia é considerada de baixo risco e não apresenta muitas contraindicações — a não ser para os casos que mencionamos acima.

Entretanto, como estamos falando de rejuvenescimento, a realização do facelift em um período prévio é redundante e contra produtivo, uma vez que os mais jovens não costumam apresentar problemas como flacidez, excesso de pele, rugas e marcas de expressão.

Em média, recomenda-se que uma pessoa decida fazer essa cirurgia estética a partir dos 40 ou 45 anos de idade, que é onde os principais sinais do envelhecimento começam a aparecer, em conjunto dos sinais que acabamos de mencionar.

Durante essa etapa da vida é que nosso corpo começa a apontar o nosso “ritmo” de envelhecimento com mais clareza, deixando claro que os maus hábitos podem ser extremamente nocivos para sua saúde e para sua beleza.

Fatores que podem indicar a necessidade do procedimento no futuro

Imagem relacionada

Se você se preocupa com sua beleza, saiba que seus hábitos de hoje influenciarão com grande profundidade sua estética no futuro.

Fumar, ingerir bebidas alcoólicas e se alimentar de maneira errada são alguns dos principais fatores que aceleram o envelhecimento.

Se expor ao sol sem protetor solar com frequência — especialmente em áreas litorâneas — é outro ponto que deve ser mencionado.

Em excesso e sem proteção, os raios UV aumentam as chances de câncer de pele além de provocarem o envelhecimento precoce — fato conhecido como foto envelhecimento para os especialistas do mundo estético.

As manchas na pele — ou melasmas, como são conhecidas no termo clínico — também são outros fatores que ajudam a diminuir sua beleza e a causar problemas com sua autoestima e aparência a longo prazo.

Todos esses aspectos devem ser levados em consideração.

A redução ou eliminação desses riscos (ou fatores) é o que dá o aspecto de jovialidade e beleza para quem realmente procura se cuidar ou depende da sua estética para o trabalho e cotidiano.

Se alimentar de maneira saudável, usar protetor solar, praticar atividades físicas e inúmeros outros hábitos que já são conhecidos são a verdadeira fonte da juventude.

Se você nunca se preocupou com estes aspectos, saiba que nunca é tarde — até mesmo aqueles que apresentam idade mais avançada podem se beneficiar e retardar o envelhecimento ao ingressar em uma vida mais saudável.

Isso é importante especialmente para quem faz a cirurgia e pretende manter os resultados por mais tempo.

Quanto tempo dura o lifting facial?

Resultado de imagem para lifting facial na terceira idade

Pode ser um choque para muitas pessoas, mas é fundamentalmente importante mencionar que, assim como qualquer outra cirurgia plástica, o lifting facial apresenta uma espécie de “validade”.

O número que costuma ser sempre apresentado como uma estimativa modesta e segura são os de 10 anos.

Contudo, fatores como a genética e os cuidados pessoais — como os hábitos que mencionamos — são imprescindíveis para a manutenção dos resultados.

Algumas pessoas nunca mais realizam a cirurgia plástica facial, enquanto outras optam novamente por procedimentos menores ou de mesmo nível de complexidade.

Mais uma vez, ressaltamos a importância da consulta médica e da busca por um cirurgião plástico competente e com ampla experiência no mercado.

É sua responsabilidade e dever do profissional explicar sobre todos esses aspectos que envolvem o lifting facial, tirar todas as dúvidas e compreender todos os fatores que envolvem o procedimento é a melhor maneira de ter total confiança e certeza nesta — ou em qualquer outra — cirurgia plástica.

Inclusive, esses médicos também são os especialistas quando o assunto é a idade para fazer lifting facial.

O conteúdo foi cedido pela AESCARE, empresa parceira do Portal AVôVó, rede social de cirurgia plástica.

Quer saber o que significa hiperpigmentação ou manchas de idade na pele? Clique aqui para saber mais

AnteriorPróximo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *