Jardinagem

Prímula, uma planta delicada, bonita e frágil

Prímula, uma planta delicada, bonita e frágil.

Com relatos de aparecimento na América do Norte, as prímulas logo foram levadas para a Europa pelos colonizadores ingleses, de onde se disseminaram por todo o mundo.

Suas pétalas de cores vibrantes as tornam ideais para a decoração de ambientes internos, como casas e jardins.

Aprenda a cultivar a prímula e deixe o seu jardim muito mais charmoso!


imagem de: pixabay.com

Conheça a origem da Prímula

imagem de: pixabay.com

Em relação ao significado da flor, o nome prímula vem do latim primus, que significa “primeiro”.

Tal referência é ligada à floração da planta, que ocorre no final do inverno, muito antes da maioria das outras espécies.

Na Inglaterra ela foi muito ligada à realeza, especialmente durante o período de governo da Rainha Vitória, o que atribuiu à prímula um significado sublime de beleza, delicadeza, pureza e bondade.

As prímulas apresentam um leve perfume e contam com espécies que se apresentam em variadas cores, como branca, amarela, laranja, vermelha, roxa, violeta, entre outras, sendo o núcleo da planta geralmente amarelo.

Prímula uma planta delicada bonita e frágil

Decoração com prímulas
decoracao-primulas
Prímula e Corações

Quando utilizada para decorações, deve-se atentar para não misturar as cores de prímulas aleatoriamente, para não perder a harmonia do arranjo.

Como são plantas de porte baixo, medindo entre 20 e 30 centímetros de altura, elas também se adaptam muito bem aos vasos que, se colocados próximos a janelas, contribuem para a exuberância da planta, possibilitando a recepção de bastante luz.

Cuidados com a prímula

imagem de: pixabay.com

Prímula, uma planta delicada, bonita e frágil

A prímula é uma flor muito frágil que necessita de diversos cuidados ao ser cultivada, principalmente durante o seu manuseio.

O cuidado na manipulação da planta é fundamental para uma maior durabilidade e preservação de sua beleza.

Uma das dicas mais importantes é não permitir o contato direto da prímula com os raios solares.

As condições ideais para o cultivo são sob meia sombra, em um solo bastante fértil, drenável, constantemente úmido e, de preferência, enriquecido com matéria orgânica.

O clima preferido da planta é o temperado e subtropical, o que explica a necessidade da prímula de crescer em ambiente arejado e longe de ventos fortes.

No entanto, o cultivo também é possível em locais mais quentes, o que torna seu desabrochar anual.

Curiosidades
curiosidades-primulas
Prímulas para Você!

Além de lindas flores de decoração, as prímulas também têm outras utilizações muito curiosas.

Suas pétalas são comestíveis e apresentam um sabor adocicado e suave, incrementando refinados pratos culinários.

Elas podem ser utilizadas também para fins medicinais, visto que têm poder para tratar stress e hiperatividade e para reduzir os efeitos da tensão pré-menstrual.

Existem ainda indícios do poder da prímula para inibir o envelhecimento, regular as taxas de colesterol, combater diversos tipos de infecções e auxiliar no combate a males cardíacos.

fonte: giuliana flores

Veja também no Portal AVôVó:

como plantar tomates em vasos

Como plantar tomates em vasos

AnteriorPróximo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *