Nacional

Ouro preto, um destino histórico para visitar

Ouro preto: um destino histórico

Ouro Preto, você precisa conhecer esta cidade!

O Avôvó sabe que quando viajamos toda informação é preciosa.

Gen - 120x600

Por isso, selecionamos um dos destinos mais visitados do Brasil para fazer uma primeira pequena analise sobre os pontos essenciais.

Não se esqueça que os pontos destacados são apenas um esboço, consulte um agente de viagens e utilize essas dicas para estar mais preparada.

Boa sorte e boa viagem!

Famosa por participar do Circuito do Ouro, conhecida e nomeada por ser a cidade do poderoso minério de cor escura, muito garimpado no século 18, Ouro Preto está entre os destinos mais procurados de Minas Gerais.

Ao entrar na Estrada Real, ainda em Ouro Branco, alguns quilômetros antes de chegar ao final da empreitada, sentíamos o friozinho característico das montanhas – também característico de quem jamais havia pisado em Ouro Preto.

Comentários partiam de todas as partes, exaltando o carnaval, a Arte, a importância histórica, a boa comida e a boa gente.

As ladeiras em calçamento de pedra não negavam.

Entrávamos na cidade.

Ao amanhecer, dos pontos mais altos de Ouro Preto se identifica a névoa característica da região montanhosa.

Não demora até que o sol apareça e as ruas fiquem cheias, alegres, com ar interiorano abastecido pelos cumprimentos que se recebe ao cruzar os cidadãos.

Ouro Preto

Ouro Preto gira em torno de universitários, comércio, restaurantes e bares – além, é claro, da história que envolve suas construções, ruas e travessas.

O passeio às edificações mais famosas é inevitável.

Os restaurantes são cheios de comidas típicas, extremamente saborosas.

A arte é presente em quase todas as ruas e praças, assim como as construções tombadas como Patrimônio Histórico.

O charme se estende noite afora, como não poderia deixar de ser em uma cidade rodeada de repúblicas de estudantes, turistas vindos de todas as partes do País, em todos os meses, e alegres moradores.

Um bom exemplo disto se dá em julho, quando acontece o Festival de Inverno de Ouro Preto, com muitos shows, apresentação de peças teatrais e poesia, fazendo com que a cidade não pare.

De acordo com a VoVó Valéria, uma de nossas colaboras do Portal e que nos acompanha, nos forneceu esta importante e valiosa informação:

Vocês sabem que Outro Preto e as cidades históricas ao redor em Minas Gerais são extremamente difíceis em termos de mobilidade, não é?

Tudo lá é muito lindo, conforme se diz na matéria, mas a visitação exige muitas e cansativas caminhadas e nada nestas cidades prevê a visita de pessoas com limitação de mobilidade.

Ladeiras e mais ladeiras com calçamento de pedra muito escorregadio e calçadas muito estreitas, também de pedra, não facilitam em nada a vida dos nossos avôvós.

Acho importante destacar essa característica para evitar problemas e decepções lá na frente.

Trata-se de um destino maravilhoso mas não é exatamente indicado para pessoas muito idosas.

consulta:ig

Veja também no Portal AVôVó:

Dicas de retiros espirituais no Brasil

 

 

AnteriorPróximo

2 Comments

  1. Vocês sabem que Outro Preto e as cidades históricas ao redor em Minas Gerais são extremamente difíceis em termos de mobilidade, não é? Tudo lá é muito lindo, conforme se diz na matéria, mas a visitação exige muitas e cansativas caminhadas e nada nestas cidades prevê a visita de pessoas com limitação de mobilidade. Ladeiras e mais ladeiras com calçamento de pedra muito escorregadio e calçadas muito estreitas, também de pedra, não facilitam em nada a vida dos nossos avôvós. Acho importante destacar essa característica para evitar problemas e decepções lá na frente. Trata-se de um destino maravilhoso mas não é exatamente indicado para pessoas muito idosas.

    1. Oi Valéria, achamos tão legal a sua observação que a colocamos dentro da matéria, para que ela ficasse bem completa. Grata por sua colaboração.É disto que precisamos. Abraços. Equipe AVôVó

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *