Receitas Salgadas

Omelete perfeito preparado pela vovó, deliciosíssimo

O omelete perfeito preparado pela Vovó

Omelete perfeito preparado pela vovó, deliciosíssimo.

Omelete se refere a uma fritada de ovos batidos, dobrada em forma de envelope ou ao meio, podendo ser recheada com queijo, presunto, legumes, frango, atum,…


É sinônimo de omeleta, fritada e tortilha.

como fazer o verdadeiro omelete da Vovó

A palavra omelete tem sua origem na palavra em francês omelette.

As palavras de origem francesa terminadas em –ette assumiram no português as terminações –ete ou –eta, como omelete e omeleta; maquete e maqueta; raquete e raqueta.

O AVôVó está sugerindo três receitas, ou seja, a primeira trata exatamente como se faz uma omelete de verdade e bem feita, inclusive com vídeo.

A segunda é uma receita de Omelete com tomates à Provençal e a última Omelete de claras e sementes de sésamo com espinafre e salsa.

Vamos à elas:

Como fazer Omelete

como fazer o verdadeiro omelete da Vovó

Apesar de parecer fácil, a receita do clássico francês guarda segredos para conquistar a textura cremosa perfeita.

Confira as dicas do chef Paulo Shin para acertar sempre (depois de muita prática).

Uma receita de apenas três ingredientes, que tem o ovo como grande estrela, pode parecer super simples.

Mas quem já tentou fazer o prato francês em casa (e não é aquela tortilla chapada que se encontra por aí) sabe que fazer um omelete perfeito é uma arte.

Atingir a textura cremosa por dentro e lisinha por fora, sem queimadinhos como manda a tradição, é um grande desafio.

Mas é possível, basta praticar.

Foi assim que o chef Paulo Shin do restaurante Komah, dominou a arte de fazer omeletes sem defeitos todas as noites.

E olha que ele não aprendeu em grandes cozinhas pelo mundo pelas quais passou, mas após ver um vídeo na internet, com muito treino.

Paulo revelou os seus segredos para atingir a perfeição: 90% é ter o ovo e a panela certos, o resto é treino!

O ovo deve ser de galinha caipira e, de preferência, fresco: “Os ovos de supermercado são muitas vezes mais ‘aguados’ e não seguram a textura do omelete devido ao teor de proteína do ovo”.

Já a frigideira deve ser totalmente antiaderente.

É impossível fazer um omelete perfeito em uma panela em que o ovo gruda no fundo.

“Não adianta nem tentar”, o chef avisa.

Com estes segredos em mãos, basta colocar em prática os movimentos que Shin ensina no vídeo.

Não se frustre se não acertar de primeira: se não ficar perfeito, seu omelete será um ovo mexido (quem nunca?).

Como utensílios, Paulo utiliza os hashis culinários, mas qualquer colher de pau ou espátula (o famoso “pão-duro”) funcionam da mesma forma.

Tenha apenas cuidado para não utilizar um instrumento que “machuque” o fundo da sua frigideira.

Ingredientes

  • 3 ovos de galinha caipira;
  • 50 ml de leite integral;
  • 1 colher (sopa) de manteiga ;
  • Sal a gosto.

Preparo

–  Quebre os ovos em uma tigela, adicione o leite e o sal e mexa, com um garfo ou hashi, para homogenizar a mistura.

–  A intenção não é agregar, apenas misturar bem todos os ingredientes.

–  Pre-aqueça uma frigideira antiaderente em fogo médio-baixo.

–  Adicione a manteiga, aguarde derreter um pouco, mexendo para não queimar.

–  Adicione a mistura de ovos, misture á manteiga derretida.

–  Não pare de mexer, sempre raspando o fundo e as laterais da frigideira.

– Ao mesmo tempo que mexe a colher com uma mão em movimentos circulares, mexa em pequenos círculos a frigideira, para que o ovo não fique parado e não coagule antes de atingir o ponto correto.

–  Assim que o ovo começar a ganhar textura e você conseguir ver o fundo ao raspar a frigideira, já esta na hora de começar a fechar o omelete. (Dependendo da altura da chama, isso pode demorar de 2 a 5 minutos, é muito rápido mesmo.

–  Mas não adianta tentar fazer com a chama super baixa, a textura cremosa não será alcançada.

–  É um jogo de calor e velocidade.)

–  Antes, de uma batidinha no fundo da frigideira na beirada do fogão, longe da chama, para ‘arrumar’ e alisar a parte de baixo do seu omelete.

–  Volte para o fogo e comece a bater com a munheca a alça da frigideira inclinada, para o omelete escorregar para um dos cantos.

– Com ajuda do hashi/pão duro, feche a outra beirada do omelete que começa a sair da frigideira, batendo de uma lado e fechando com a outra mão o outro lado.

–  Quando o omelete se fechar como uma envelope, desligue o fogo e, como desenformar um bolo ou pudim, feche com um prato a frigideira e vire no prato.

– Seu omelete francês está pronto.

Ingredientes

  • 2 colheres (sopa) de óleo;
  • 1 colher (sopa) de salsa picada;
  • 4 tomates maduros sem as sementes picados grossos;
  • 2 rodelas de cebola picadas;
  • 1 dente de alho picado;
  • 6 ovos;
  • 4 colheres (sopa) de manteiga;
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto.

Modo de preparo

–  Aqueça o óleo e junte todos os ingredientes, exceto os ovos e a manteiga, e refogue até que os tomates estejam macios.

–  Reserve.

– Numa tigela, bata os ovos, tempere com sal e pimenta.

–  Aqueça a frigideira e acrescente duas colheres de manteiga e incline a frigideira de um lado para outro para untar.

–  Despeje metade da mistura de ovos e incline a frigideira de um lado para outro para distribuí-la.

–  Levante as bordas com um garfo e tire do fogo quando a omelete ficar cremosa.

– Ponha num prato, recheie com metade do refogado de tomate e dobre-a ao meio.

– Repita o procedimento com os ingredientes restantes.

Omelete de claras e sementes de sésamo com espinafres e salsa

Cada vez mais gosto de me alimentar de forma saudável, não que não faça as minhas asneiras, que faço ainda muitas, mas agora comer melhor já não é um sacrifício.

E como tal, apesar de ser uma receita muito simples, não podia deixar de partilhar esta omelete com vocês, que apesar de saudável, têm imenso sabor!

Em vez de aproveitarmos as claras para fazermos ainda mais doces 😉 porque não fazer refeições com elas?

Tenho sempre muitas claras no congelador, porque como faço alguns doces para fora, acabam sempre por sobrar.


Ingredientes:  (para 1 pessoa)

  • 4 claras;
  • 1 colher (de sobremesa) de sementes de sésamo;
  • 1 tigela pequena de espinafres;
  • 1 colher (de chá) de alho em pó;
  • 1 molho pequeno de salsa fresca;
  • Sal e pimenta branca q.b.;
  • Azeite q.b.

Modo de preparo:

–  Lavar e secar as folhas dos espinafres.

–  Numa frigideira colocar um fio de azeite e deixar aquecer um pouco.

–  Colocar os espinafres, mexendo, salteando uns minutos, condimentando com um pouco de sal, pimenta branca e alho em pó.

–  Junte a salsa fresca picada.

–  Bater ligeiramente numa tigela as claras.

–  Juntar as sementes de sésamo e condimentar com sal e pimenta branca a gosto.

–  Aquecer um pouco uma frigideira anti-aderente com o azeite.

–  Verter as claras para a frigideira, e colocar o fogão em lume baixo.

–  Deixar cozinhar, mexendo uns segundos de fora para dentro com a ajuda de uma colher de pau, para cozer de maneira uniforme as claras, e quando começar a secar, de um lado da omelete coloque os espinafres.

–  Eleve para médio alto o lume, e vire com a ajuda de uma espátula ou dois garfos a parte da omelete sem os espinafres de modo a ficar dobrada.

–  Deixe cozinhar, mais ou bem passado, de acordo com a preferência.

fontes: paladar Estadão e Marlene Teixeira

Veja também no Portal AVôVó:

O ovo e a sua importância na saúde dos idosos

 

AnteriorPróximo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *