Dicas de Alimentação

O que congelar e como descongelar alimentos

O que congelar e como descongelar alimentos.

Não podemos abandonar a prática de congelar alimentos prontos ou pré-prontos, mas devemos tomar alguns cuidados.

Veja quais são esses cuidados e detalhes importantes.

O congelador é um grande aliado para todos aqueles que precisam programador sua alimentação durante a semana.

Vejamos o relato de Paulo Afonso, autor do livro Amorinópolis na Metade do Século Passado, sobre como era conservar alimentos, em especial as carnes, sem o uso das geladeiras:



“A ausência de energia elétrica naquela época implicava, diretamente, na impossibilidade de se conservar alimentos frescos por muito tempo, o que obrigava as pessoas a adquirir apenas o suficiente para a refeição do dia.

A carne era comprada em porções de um quilo ou pouco mais, suficiente para o almoço e o jantar do dia ou, então era fritada e guardada em latas, imersa em banha de porco, que a conservava por vários meses ou, ainda, era salgada e colocada para secar ao sol”.

O trecho ilustra muito bem a importância da geladeira na vida moderna e o congelador faz parte dessa realidade.

Não é possível abandonar o uso desse item, mas é necessário fazer isso preservando os nutrientes e a condições naturais do alimento.

Veja técnicas e dicas de como congelar e descongelar!

Primeiros cuidados!

Resultado de imagem para alimentos congelados

–  Tempere os pratos suavemente, porque o congelamento tende a realçar o sabor.

–  Coloque a comida em embalagens próprias para congelar: potes ou sacos plásticos, pirex ou travessas com tampa de vidro temperado.

–  Ponha data na embalagem usando lápis de cera. Assim, a escrita não desbota.

– Organize os congelados mais antigos à frente, para que sejam usados primeiro.

–  Não encoste embalagens de alimentos frescos naquelas que já estão congeladas.

–  A diferença de temperatura pode alterar o sabor e a textura da comida.

–  Ocupe no máximo ¾ da capacidade do seu congelador ou freezer.

–  Quando o espaço está completamente lotado, o ar não circula.

–  Se o freezer deixar de funcionar por defeito ou falta de energia elétrica, não congele os alimentos de novo.

–  Os pratos prontos devem ser consumidos imediatamente, e os alimentos crus precisam de cozimento antes de serem preparados.

–  Só tire o alimento do freezer quando for usá-lo. Tente consumi-lo em até 24 horas.

–  No caso de frutos do mar, eles aguentam no máximo 12 horas depois de descongelados.

Não pode congelar!

Resultado de imagem para alimentos congelados no freezer

Os alimentos têm características diferentes.

Isso leva as dificuldades em congelar alguns itens e outras simplesmente não podem ir ao congelador.

A grande culpada é a sensibilidade na mudança de temperatura.

O que congelar e como descongelar alimentos

Veja quais são e o resultado mais comum:

Arroz com molho:

Ele ficará esponjoso.

Batata:

Sozinha, ela amolece, esfarela e escurece.

Porém, como purê ou suflê, fica perfeita quando congelada.

Maionese, pudim e creme:

Se levou leite e ovos no preparo, não congele.

Ovo cru inteiro:

A casca estoura. Mas a clara ao natural congela bem e dura muito tempo .

Clara em neve não congela, hein!

Para que a gema possa ir ao freezer, o segredo é batê-la bem, com um pouquinho de sal ou de açúcar.

Iogurte:

Os componentes se separam e ficam “terrosos”.

Fruta:

Só vai ao freezer se estiver cozida, em calda ou purê.

Verduras, rabanete e tomate cru:

Eles murcham, amolecem, e mudam de cor e de sabor.

Importante saber que…

Congelar facilita muito a vida de todas as pessoas que querem ou precisam comer comida caseira, mas os alimentos não podem perder o sabor.

Por isso, vamos entender quais são os cuidados:

À temperatura ambiente:

bom para tortas, bolos, doces e frutas em calda.

No refrigerador:

ideal para aves e carnes cruas, pois o processo é mais lento.

Descongele-as somente até que um palito possa ser inserido no interior.

O alimento deve estar frio, mas sem gelo, antes de ser cozido.

No forno ou fogão:

indicado para todos os pratos prontos, como assados, ensopados e vários tipos de molhos.

No microondas:

antes de levar qualquer alimento ao microondas, consulte o manual de instrução do seu aparelho, porque a programação do descongelamento pode variar de uma marca para outra.

Ao levar o prato ao forno, mantenha a embalagem do alimento bem tampada, evitando o ressecamento.

Outras maneiras de descongelar:

Resultado de imagem para alimentos congelados

Arroz:

Em banho-maria.

Assados:

No forno, envoltos em folhas de papel-alumínio.

Sopas e sopas:

Na panela de pressão, com 5 cols. (sopa) de água.

Quer receitas de sopas e cremes gourmet  para você se deliciar? Clique aqui

Tortas salgadas:

Em temperatura ambiente.

Se tiver pressa, envolva em papel-alumínio e leve ao forno.

Feijão:

A panela de pressão com um pouco de água fria, abrindo quando formar pressão.

Peixes:

No refrigerador, sob água corrente (embalados) ou no forno, se forem para assar.

Tempo de conservação dos alimentos:

Resultado de imagem para alimentos congelados

  • Frango: 12 meses
  • Carne bovina: 12 meses
  • Queijo: 8 meses
  • Peixe magro: 6 meses
  • Manteiga: 6 meses
  • Carne moída: 3 meses
  • Miúdos de frango: 2 meses
  • Peixe gordo: 3 meses
  • Leite: 4 meses
  • Pães: 4 meses
  • Salgadinhos: 3 meses
  • Pizza pronta: 1 mês

Veja também no Portal AVôVó:

Potássio, para que serve esse mineral em nosso corpo

AnteriorPróximo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *