Lazer & Entretenimento, Nacional

O museu mais famoso de São Paulo!

O maior museu de São Paulo

O MASP é um símbolo da cidade mais populosa do país. Um símbolo da grandeza e das aspirações da sociedade paulistana. Conhecê-lo é um privilégio!

Sua inauguração aconteceu no dia 2 de outubro de 1947. O Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand, o MASP, é o resultado do sonho de duas pessoas: Assis Chateaubriand – até então fundador e proprietário dos Diários e Emissoras Associados – e pelo professor Pietro Maria Bardi – jornalista e crítico de arte na Itália e recém-chegado ao Brasil.

Outro personagem, citado lá no começo do texto, merece um destaque especial: Edmundo Monteiro.

Edmundo ingressou no grupo Associados muito jovem como office-boy e foi um caso de amor à primeira vista. Adorou todo o universo que o cercava entre jornais, revistas e o rádio.

Sua paixão o levou a chegar ao cargo de presidente de uma das unidades mais rentáveis do grupo.

MASP o museu de São Paulo

Ele e Assis Chateaubriand – divido a sua posição – conseguiram meios para adquirir relevantes obras de arte, uma vez que era responsabilidade deles negociar o apoio de anunciantes para arrecadar fundos para esse fim. O prédio tomou a forma que conhecemos hoje em 11 anos, de 1946 a 1957, a coleção do MASP tomou a forma atual.

Graças ao seu grande poder diplomático, Eduardo Monteiro consegui negociar a construção do edifício que hoje abriga o MASP no Belvedere do Trianon que havia sido demolido para a realização da 1a. Bienal Internacional de Arte de São Paulo em 1951. Nos momentos mais delicados da vida do MASP, Edmundo Monteiro assumiu sua presidência.

A nova sede foi inaugurada em 07 de novembro de 1968 com a presença de S.M. a Rainha Elizabeth II, da Inglaterra. Uma exposição tão abrangente e importante só poderia ser realizada pela própria equipe do MASP e no espaço mais nobre do museu, ou seja, na Pinacoteca do 2º andar.

A curadoria da exposição foi confiada a Luis Hossaka, amigo, assistente e colaborador do professor e atual curador chefe.

A função!

MASP o museu de São Paulo

O MASP, entidade cultural sem fins lucrativos tem por finalidade incentivar, divulgar e amparar, por todos os meios a seu alcance, as artes de um modo geral e, em especial, as artes plásticas, visando ao desenvolvimento e, ao aprimoramento cultural do povo brasileiro.

Para esse fim mantém Pinacoteca, Biblioteca, Filmoteca, Videoteca, Cursos de Artes e serviço educativo de apoio às exposições, exibição de filmes e concertos musicais de interesse artístico e cultural. O visitante pode apreciar no edifício da Avenida Paulista, obras da escola italiana como Rafael, Andrea Mantegna, Botticceli e Bellini; de pintores flamengos como Rembrandt, Frans Hals, Cranach ou Memling. Entre os espanhóis estão Velazquéz e Goya.

A maior parte do núcleo de arte europeia do MASP é de pintura francesa. Podemos apreciar os quatro retratos das filhas de Luiz XV, pintados por Nattier, ou as alegorias das quatro estações de Delacroix. Do movimento impressionista, encontramos várias obras de Renoir, Manet, Monet, Cézanne e Degas. Dos pós-impressionistas é possível apreciar vários quadros de Van Gogh ou de Toulouse-Lautrec.

Um dos destaques do acervo, é o espaço dedicado à coleção completa de esculturas de Edgar Degas. Uma coleção de bronzes, feitos em tiragem de 73 peças, só pode ser vista integralmente no Masp e em poucos museus como no Metropolitan em New York, ou no Museu D`Orsay em Paris.

Curiosidade!

O maior museu de São Paulo

Pouquíssimas pessoas sabem que Chateaubriand queria instalar o MASP na cidade do Rio de Janeiro, mas diversos aspectos o fizeram mudar de ideia e focar seus esforços na cidade de São Paulo. Decidido isso e unido ao casal Pietro Maria Bardi e Lina Bo – arquitetos de origem italiana – Chateaubriand começou a construir seu sonho.

Veja também no Portal AVôVó:

Museus brasileiros, os dez melhores!

 

AnteriorPróximo
O Avôvó é um portal colaborativo criado especialmente e inteiramente dedicado a um público cada vez mais conectado: a terceira idade. Aqui, não só o idoso se sente em casa. Nosso objetivo é também levar conteúdo relevante para familiares, amigos e profissionais que cuidam dessas gerações que chegam à melhor idade redefinindo conceitos e com cada vez mais interatividade e independência, mostrando que idade é só um número.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *