Vestuário

Moda para mulheres cheinhas de estilo, veja truques e dicas

Moda para mulheres cheinhas de estilo, veja truques e dicas

A modelo plus size Fluvia Lacerda ensina os truques que usa na hora de escolher suas peças e os segredos para criar looks sempre chiques e estilosos.

Jeans e blazer são itens obrigatórios no armário, pois podem ser usados de muitas maneiras, em vários tipos de ocasião, e deixam a mulher sempre elegante.

Fluvia só usa calças que tenham elastano na composição.

Adriana Marmo | Edição de moda: Marcela Belleza

O que é fundamental na hora de escolher uma lingerie?

Você tem essa preocupação?

Sim, claro.

O mais importante é pensar no sutiã.

Ele deve ser do seu número para acomodar bem os seios nas taças e evitar que as alças cortem as costas ou os ombros.

É fundamental escolher modelos que tenham alças e laterais bem largas.

Cada roupa pede um tipo de lingerie.

Não uso modelador, pois acho desconfortável, mas às vezes é necessário.

O importante é que a lingerie não fique aparente ou deforme o corpo.

Jamais compre peças apertadas.

Fluvia Lacerda

Fluvia adora vestidos e tons pastel, são elementos que a fazem se sentir mais feminina.

Roupas claras são as preferidas da modelo.

Qual é o segredo para escolher as roupas corretamente e ficar sempre elegante?

O primeiro passo é tirar da cabeça a ideia de escolher uma produção pensando em ficar mais magra e ser aquilo que você não é.

Tem de pensar em ficar bonita, valorizar os pontos fortes e, com base nisso, usar o espelho e o bom senso como aliados.

É preciso exercitar o olhar e experimentar muitas roupas, criando produções variadas.

É um trabalho divertido e levanta a autoestima.

E, quanto mais você experimentar e criar looks novos, mais vai saber o que lhe cai bem.

Moda para mulheres cheinhas de estilo, veja truques e dicas

Fluvia Lacerda
Mesmo as modelagens mais simples ficam luxuosas quando são bordadas.

Fluvia aposta no paetê para sair à noite ou durante o dia.

Para não exagerar, o segredo é economizar nos acessórios.

Na sua opinião, qual o erro mais comum que as pessoas cometem na hora de se produzir?

Roupa apertada.

Uma das coisas mais deselegantes é ver alguém espremido dentro de uma peça.

Pior ainda é ficar o tempo todo arrumando a saia que sobe, a blusa que desce ou a alça que cai.

Para ficar legal, o modelo tem de cair bem e isso só acontece se ele tiver o seu número.

Um bom exemplo é quem usa calça justa demais, já que a silhueta acaba sempre deformada.

Além disso, o bumbum perde as curvas e a barriga parece maior ainda.

Moda para mulheres cheinhas de estilo, veja truques e dicas

Fluvia Lacerda

Para Fluvia, a bermuda é uma versão elegante do short.

E, conforme os acessórios, dá para trabalhar ou sair.

Ela gosta de combinar a peça com blusas bem femininas

Fluvia Lacerda

Blusa larga com saia é outra aposta de Fluvia.

Modelos fluidos com manga morcego são os seus preferidos, mas a modelo faz questão de, nesses casos, marcar a cintura para não correr o risco de ficar sem formas.

Para você, qual o detalhe fundamental para ficar elegante?

Acho que as mulheres precisam explorar mais a feminilidade delas.

Ainda vejo muitas mulheres usando roupa larga sobre roupa larga, sem o menor charme.

Ninguém precisa disso.

Cintura marcada é tudo na vida de uma mulher, assim como vestidos, saias, estampas delicadas, transparências, brilhos e acessórios bonitos.

São esses detalhes que fazem toda a diferença no visual e também na autoestima.

A elegância vem como consequência.

Fluvia Lacerda

Fluvia sabe que tons escuros afinam a silhueta, porém usá-los sem um detalhe colorido, que pode ser um colar ou transparência na produção, elimina as formas do corpo, deixando-o maior.

Fluvia Lacerda

Fluvia adora o modelo envelope, pois veste bem em todos os tipos de corpo e deixa a mulher sofisticada.

De acordo com os acessórios, dá para usar até em festas.

Os seus cabelos são lindos e muito desejados pelas mulheres.

Como você cuida dos fios?

A alimentação me ajuda muito nisso.

Como muitos vegetais que ajudam a manter a beleza dos fios.

Eu costumo também fazer hidratações semanais em casa mesmo e procuro evitar o excesso de secador de cabelo.

Só uso quando tenho de trabalhar, mas no dia a dia mantenho meus cabelos bem longe do calor intenso.

Tenho um corte de base reta, com um pouco de repicado nas laterais, para dar bastante movimento.

fonte: M de mulher

Veja também no Portal AVôVó:

amizade entre idosos um bem precioso
AnteriorPróximo

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *