Nacional

Mala a ser despachada no avião e bagagem de mão: o que é permitido?

mala de avião e bagagem de mão

VôVó, sempre existe aquela dúvida do que é possível ou não ser transportado na bagagem – tanto a de mão quanto a despachada / registrada em uma viagem de avião. Mas, afinal, tem uma lista?

Por razões de segurança, as normas internacionais determinam quais os itens que não são permitidos no transporte aéreo. Além disso, existem itens que podem ser transportados somente na bagagem despachada e não podem ser levados a bordo da aeronave na bagagem de mão.
As normas para o transporte de diferentes tipos de itens também podem variar dependendo da companhia aérea e do país para o qual se viaja.

A lista abaixo é apenas de caráter ilustrativo. Os agentes de segurança do aeroporto têm o direito de solicitar a remoção de quaisquer itens da sua bagagem de mão ou registrada.

mala de avião e bagagem de mão

Cosméticos e medicamentos
Tipo de objeto Bagagem de mão Bagagem registrada
Desodorantes em gel ou aerossol SIM, em embalagens de até 100 ml SIM
Esmalte ou removedor de unhas (com exceção de inflamáveis) SIM, em embalagens de até 100 ml SIM
Medicamentos SIM. Medicamentos líquidos com receita médica podem ser transportados em quantidades superiores a 100 ml, caso forem indispensáveis ao passageiro por razões de saúde durante a viagem. Estes medicamentos devem ser apresentados separadamente ao agente que executa o controle de segurança. SIM
Óleos de banho, loções hidratantes SIM, em embalagens de até 100 ml SIM
Pasta de dentes, enxaguante bucal SIM, em embalagens de até 100 ml SIM
Removedor de maquiagem, tônicos, loções de limpeza facial SIM, em embalagens de até 100 ml SIM
Gloss, base líquida SIM, em embalagens de até 100 ml SIM
xampus, condicionadores, sabonete, géis SIM, em embalagens de até 100 ml SIM
Rímel de base líquida SIM, em embalagens de até 100 ml SIM
Géis e spray para cabelo SIM, em embalagens de até 100 ml SIM

 

Alimentos e bebidas
Tipo de objeto Bagagem de mão Bagagem registrada
Álcool e outros líquidos adquiridos na área duty free SIM SIM
Álcool e outros líquidos não adquiridos na área duty free NÃO SIM
Bolos, biscoitos, bolachas, batatas fritas, nozes, barrinhas de chocolate SIM SIM
Iogurte, chantilly em spray, pudim SIM*, em embalagens de até 100 ml SIM*
Temperos orientais (forma líquida, molhos) SIM, em embalagens de 100 ml SIM
Queijos SIM* SIM*
Fiambre, embutidos, carne embalada, carnes e patês enlatados SIM* SIM*
Verduras, frutas SIM* SIM*
Sopas, cremes à base de amido, temperos em pó SIM SIM
Atenção*: Alguns países proíbem o transporte de produtos alimentares não industrializados e frescos no seu território. Por exemplo, os EUA ou a Austrália não permitem a entrada da maioria das verduras, frutas, sementes e produtos de origem animal. Esses produtos também não podem ser levados para o território da União Europeia, caso sejam provenientes de países terceiros. Antes de viajar, verifique se o seu país de destino permite o transporte dos produtos alimentícios que você planeja levar. Essa informação pode ser encontrada no site oficial do governo do país de destino.

 

Equipamentos esportivos e de lazer
Tipo de objeto Bagagem de mão Bagagem registrada
Botijões de gás propano ou butano NÃO NÃO
Skate NÃO SIM
Arpões, lanças, balestras NÃO SIM
Tacos de golfe, bastões de esquis, hóquei no gelo, de marcha NÃO SIM
Bolas de boliche SIM SIM
Lanternas a gás NÃO NÃO
Patins NÃO SIM
Iniciador de fogo NÃO NÃO
Sabres NÃO SIM
Setas e dardos NÃO SIM
Vara de pesca NÃO SIM

 

Equipamentos eletrônicos
Tipo de objeto Bagagem de mão Bagagem registrada
Máquinas fotográficas SIM SIM
Acessórios de fotografia, sem pontas pontiagudas SIM SIM
GPS, pager SIM SIM
Câmeras SIM SIM
Telefones celulares SIM SIM
Laptop SIM SIM
MP3, walkman, DVD, CD SIM SIM
Chapinha, secador, escova modeladora de cabelos SIM SIM

 

mala de avião e bagagem de mão

Ferramentas
Tipo de objeto Bagagem de mão Bagagem registrada
Machados de gelo, facões NÃO SIM
Pequenas ferramentas com pontas afiadas NÃO SIM
Grandes partes de carros, tais como discos da embreagem ou do freio NÃO SIM
Cabos de aço, algemas NÃO SIM
Martelos, martelinhos, pés-de-cabra NÃO SIM
Ferramentas universais (multitool) NÃO SIM
Canivetes com lâmina dobrável NÃO SIM
Furadeiras, chaves de fenda NÃO SIM

 

Armas
Tipo de objeto Bagagem de mão Bagagem registrada
Munições, balas, cartucho gerador de fumaça NÃO SIM*
Armas e espingardas NÃO SIM*
Armas usadas em artes marciais NÃO SIM
Maçaricos, catapultas, estilingues NÃO SIM
Balestra NÃO SIM
Pistolas, metralhadoras NÃO SIM
Aparelhos para atordoar e abater animais NÃO SIM
Atenção*: O transporte de qualquer arma deve ser declarado à transportadora no check-in.

 

Materiais explosivos e inflamáveis
Tipo de objeto Bagagem de mão Bagagem registrada
Detonadores, fusíveis NÃO NÃO
Dinamite NÃO NÃO
Material pirotécnico, fogos de artifício NÃO NÃO
Granadas, minas, espoleta, pólvora negra e sem fumo NÃO NÃO
Gás, botijões de gás NÃO NÃO
Combustível líquido e outros líquidos inflamáveis NÃO NÃO

 

Substâncias químicas e tóxicas
Tipo de objeto Bagagem de mão Bagagem registrada
Sprays paralisantes NÃO NÃO
Extintores de incêndio NÃO NÃO
Ácidos, sodas NÃO NÃO
Materiais radioativos NÃO NÃO
Gases comprimidos NÃO NÃO
Venenos NÃO NÃO

 

Bagagem especial
Tipo de objeto Bagagem de mão Bagagem registrada
Prancha de surf e wind surf NÃO SIM
Prancha de snowboard, esquis NÃO SIM
Instrumentos musicais SIM, dependendo das dimensões SIM
Flores SIM SIM
Bicicleta NÃO SIM
Equipamento de mergulho NÃO SIM
Carrinho de bebê NÃO SIM

IMPORTANTE: Segundo as novas regras de bagagem, despachar bagagem aérea pode ser um serviço pago.

Bagagem de mão

mala de avião e bagagem de mão

A franquia de bagagem de mão é de, no mínimo, 10 Kg. Ou seja, o passageiro tem direito de levar com ele na cabine da aeronave até 10 Kg sem qualquer custo extra.

Atenção! Por motivo de segurança ou de capacidade da aeronave, o transportador poderá restringir este peso de 10kg, bem como o conteúdo da bagagem de mão. Estas informações estarão obrigatoriamente no contrato de transporte. Fique atento a este tipo de informação.

Por medidas de segurança, não podem entrar na mala de mão objetos cortantes e produtos inflamáveis ou explosíveis. Para voos internacionais, frascos com líquidos com mais de 100 ml também não são admitidos. Na dúvida, consulte a empresa aérea.

Evite despachar bagagens que contenham objetos de valor, tais como: joias, dinheiro, eletroeletrônicos (celulares, notebooks, filmadoras etc.). Esses objetos devem ser transportados, de preferência, na bagagem de mão.

Atenção! pese sua bagagem antes de sair de casa para assegurar que ela está dentro do limite que você contratou.

Bagagem despachada

mala de avião e bagagem de mão

Após a edição da Resolução n°400/2016, as empresas aéreas podem praticar a venda de passagens aéreas com diferentes franquias de bagagem despachada ou até mesmo sem a franquia, para passageiros que optarem por não utilizar esse serviço. Em todas as passagens valem as regras do contrato, especialmente a de franquia de bagagem, independentemente da data do voo. Por isso, ao comparar os preços das passagens, veja o que está sendo oferecido. Atenção para o peso, as dimensões, ou a quantidade de bagagem despachada permitidos em cada tarifa. Leia tudo com atenção para saber exatamente o que você está comprando.

Extravio de bagagem

Caso sua bagagem seja extraviada, comunique o fato imediatamente à empresa aérea, assim que constatar sua falta. Esta comunicação deve ser feita junto ao balcão da empresa aérea ou de sua representante, preferencialmente na sala de desembarque ou em local indicado por ela.

Para fazer sua reclamação, é necessário apresentar o comprovante de despacho da bagagem. Se for localizada pela empresa aérea, a bagagem deverá ser devolvida para o endereço informado pelo passageiro. A bagagem poderá permanecer na condição de extraviada por, no máximo, 7 dias (voos nacionais) e 21 dias (voos internacionais). Não sendo localizada e entregue no prazo indicado, a empresa deverá indenizar o passageiro em até 7 dias.

Nos casos de extravio de bagagem, o passageiro terá direito a receber da empresa aérea um ressarcimento por gastos emergenciais, pelo período em que estiver sem os seus pertences, desde que esteja fora do seu domicílio. Vale lembrar que as empresas aéreas são responsáveis por definir a forma e os limites diários de ressarcimento. A empresa aérea deverá efetuar este pagamento no prazo de 7 dias, a contar da apresentação dos comprovantes pelo passageiro.

Bagagem avariada ou violada

mala de avião e bagagem de mão

Procure a empresa aérea para relatar o fato logo que constatar o problema, preferencialmente ainda na sala de desembarque. Esse comunicado por escrito poderá ser registrado na empresa em até 7 dias após o recebimento da bagagem avariada ou violada.

Nos casos de avaria, a empresa aérea deverá reparar o dano da bagagem ou substituir a bagagem por outra equivalente. No caso de violação, uma vez comprovado o dano sofrido, a empresa deverá pagar indenização correspondente ao passageiro.

Furto de bagagem

Procure a empresa aérea e comunique o fato, por escrito. A empresa é responsável pela bagagem desde o momento em que ela é despachada até o seu recebimento pelo passageiro. Além disso, registre uma ocorrência na Polícia, autoridade competente para averiguar o fato.

fontes consultadas: ANAC e Edestinos

Veja também no Portal AVôVó:

Mudança na regra de bagagem

 

AnteriorPróximo
O Avôvó é um portal colaborativo criado especialmente e inteiramente dedicado a um público cada vez mais conectado: a terceira idade. Aqui, não só o idoso se sente em casa. Nosso objetivo é também levar conteúdo relevante para familiares, amigos e profissionais que cuidam dessas gerações que chegam à melhor idade redefinindo conceitos e com cada vez mais interatividade e independência, mostrando que idade é só um número.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *