Suplementos

Linhaça é boa para o coração e ainda controla o colesterol

Linhaça faz bem aos idosos

A semente dourada tem sabor mais suave e digestão melhor do que a marrom.

Já imaginou se existisse um alimento capaz de proporcionar inúmeros benefícios, nas mais diversas fases da vida, ajudando na prevenção e combate de inúmeras patologias, do rejuvenescimento das células até mesmo prevenção e combate ao câncer?

Pois acredite, esse alimento existe e atende pelo nome de linhaça.

Utilizada no oriente desde a antiguidade, essa pequena e poderosa semente já era sinônimo de proteção, estando presente nas tumbas do Egito, rituais religiosos e no tratamento de ferimentos.

Com o passar dos anos e o avanço da tecnologia, pesquisas comprovaram a eficácia da semente do linho para proteger a saúde de quem a consome.

linhaça faz bem aos idosos. Boa para o coração e colesterol

A nutricionista Flávia Morais, da rede Mundo Verde, especializada em produtos naturais, orgânicos e para bem-estar, explica que a linhaça é riquíssima em componentes com efeitos benéficos à saúde: fibras, ômegas 3 e 6 (ácidos graxos), lignanas (fitoestrógenos), vitaminas A, E, B1, B6, potássio, magnésio, fósforo, cálcio, ferro, cobre, zinco, manganês e selênio.

Com sabor que lembra a castanha, é uma opção sem glúten para fornecer esses nutrientes.

Este alimento funcional é capaz de ajudar o sistema imunológico, reduzir o envelhecimento celular e diminuir o risco de algumas doenças.

A linhaça é um dos alimentos mais ricos em ômega 3, por isso, é responsável por prevenir doenças cardiovasculares, e evitar coágulos ao diminuir as taxas de colesterol total e de LDL colesterol (ruim) e aumentar as de HDL colesterol (bom).

Existem dois tipos de semente de linhaça: marrom e dourada.

A linhaça marrom, nativa da região mediterrânea, já está adaptada ao solo brasileiro e ao clima quente e úmido.

Apresenta casca um pouco mais dura e resistente, o que pode diminuir a biodisponibilidade dos seus nutrientes.

A linhaça dourada cresce em climas mais frios.

Geralmente é importada do Canadá.

Tem a casca mais fina e seu sabor é mais suave do que o da linhaça marrom.

“Estudos já demonstram que não existe diferença significativa na atividade antioxidante e quantidade de nutrientes nos dois tipos de linhaça”, explica Flávia Morais.

Dicas de Consumo

linhaça faz bem aos idosos.

Os benefícios da linhaça se potencializam quando a semente é moída ou triturada, já que sua casca é resistente à ação do suco gástrico e passa sem sofrer digestão no trato gastrointestinal.

Um modo fácil de quebrar as sementes é passá-las levemente em um liquidificador.

Guardar em pote bem fechado, de preferência de vidro opaco, no refrigerador, e ao abrigo da luz por até três dias.

Também pode ser utilizada no último cozimento do feijão ou sopa.

Na rotina alimentar as sementes podem ser adicionadas a iogurtes, saladas, sucos, vitaminas e sopas.

“Para aproveitar todos os benefícios que a linhaça oferece, as sementes devem ser trituradas.

Elas podem ser adicionadas em sucos ou vitaminas, por exemplo.

Outra opção é germiná-las.

A farinha pode ser usada em receitas de pães e massas, em geral para aumentar sua quantidade de fibra”, ratifica a nutricionista do Mundo Verde.

É possível também substituir o óleo ou gordura de uma receita por óleo de linhaça.

Outra substituição interessante é trocar 1 ovo por 3 colheres (sopa) de linhaça, para dar liga ou consistência.

Use em panquecas, bolos e bolinhos.

Colocar 3 colheres de sopa de semente de linhaça em ½ copo de água, deixar de molho por 4 horas e adicionar na receita em substituição ao ovo.

Em geral, a ingestão recomendada de linhaça é de 3 colheres de sobremesa ao dia.

Principais Ações da Linhaça no Organismo

linhaça faz bem aos idosos.

  • Destacam-se por seu potencial preventivo.
  • Reduzem o colesterol total e o LDL, e a pressão arterial confirmando seu efeito cardio protetor.
  • O óleo de linhaça é fonte de ALA (ácido alfa linoléico) que previne a hipercolesterolemia, trombose e ainda reduz a agregação plaquetária.
  • O ômega 3 inibe a formação de mediadores pró-inflamatórios.
  • A ingestão do óleo é uma alternativa para o tratamento de deficiência lacrimal.
  • Reduz a inflamação ocular, alivia, ainda, sintomas da artrite reumatoide, psoríase, esclerose múltipla e lúpus.
  • Indicado para peles secas, manchas, acne, espinhas e eczema.
  • Sua ação antioxidante, o faz potente contra a formação de placas de ateroma, além de reforçar o sistema imunológico.
  • Sua ação antioxidante, o faz potente contra a formação de placas de ateroma, além de reforçar o sistema imunológico.
  • É ainda coadjuvante no tratamento da depressão, melhora as funções mentais de idosos e de pessoas com problemas de conduta (esquizofrenia).
  • Estudos demonstram que o ômega 3 presente na linhaça atua na prevenção de demência e mal de Alzheimer.
  • O óleo de linhaça prensado a frio é fonte de vitamina E, uma vitamina antioxidante importante para manter a qualidade do óleo e evitar a oxidação.

* Lignanas:

  • Desempenham importante papel no equilíbrio hormonal.
  • Contribui para a manutenção da saúde óssea e também na redução de risco de câncer hormônio dependente.
  • Auxiliam no combate aos sintomas da TPM e menopausa, e a prevenir o surgimento de câncer de mama.
  • Também têm efeito protetor contra câncer de próstata.
  • Pesquisas mostram que a linhaça é o principal alimento fonte de lignanas.

* Um estudo publicado na edição do “International Journal of Cancer ” em setembro de 2004, bem como outros estudos mais recentes, estabeleceram uma correlação entre dietas que consomem uma grande quantidade de lignanas e a redução do risco de câncer.

Na verdade, lignanas são creditadas para serem um dos principais fatores de proteção que fazem com que as dietas vegetarianas e outras dietas ricas em alimentos vegetais para ser protetora contra o câncer.

O que são as lignanas?

Lignanas são fitoquímicos produzidos em seu corpo, mais especificamente em seu cólon, que surgem a partir de precursores encontrados nos alimentos.

Alguns alimentos contêm diferentes níveis de precursores de lignanas e dietas que consistem em alimentos com altos níveis de precursores de lignanas que irá resultar em níveis mais elevados de produção das mesmas.

Fibras:

  • Auxiliam no controle da glicemia e das taxas de colesterol sanguíneo, diminuindo o risco de diabetes e doenças coronarianas.
  • Previnem e reduzem o risco de câncer colorretal e a incidência de obesidade.
  • Ajudam na digestão e no bom funcionamento do intestino.

Proteínas:

  • A proteína encontrada na semente de linhaça é uma boa fonte de arginina, glutamina e histidina, aminoácidos relacionados ao fortalecimento do sistema imunológico.

Para Todos os Gostos

linhaça faz bem aos idosos.

Semente:

  • Grão intacto, fonte de ômegas 3 e 6, lignanas e fibras.
  • Para que estes nutrientes possam ser absorvidos deve ser triturada ou moída.
  • Lembrando que os ômegas se oxidam facilmente, então depois de triturada a linhaça deve ser guardada em pote bem fechado, opaco e sob refrigeração por até três dias.
  • A semente também pode ser germinada e adicionada a sucos verdes.

Farinha:

  • É obtida através das sementes de linhaça moídas.
  • Boa fonte de fibras.
  • Se a farinha for parcialmente desengordurada, terá menor teor de ômegas 3 e 6 (gorduras) e de lignanas se comparada à semente inteira.

Óleo:

  • É extraído da prensa das sementes de linhaça, rico em ômega 3 e ômega 6.
  • Prefira os 100% integrais e naturais, obtidos por uma única prensagem a frio, sem aditivos ou solventes.
  • A exposição ao calor, à luz e ao oxigênio provoca oxidação dos óleos, por isso é importante escolher os não refinados embalados em garrafas à prova de luz (opacas).

Cápsulas:

  • Uma forma de suplementar a dieta com ômega 3.
  • O óleo de linhaça é encapsulado, tornando mais prática sua administração.
  • Como qualquer alimento encapsulado, precisa de registro no Ministério da Saúde que garanta sua qualidade.
  • A linhaça ainda pode ser encontrada na composição de barras de cereais, biscoitos, bolos, granolas.

Receita de suco de escarola com linhaça

suco de linhaça com escarola para idosos

Essa receita de suco de escarola com linhaça é uma ótima fonte de nutrientes, como cálcio, ferro, magnésio e potássio, além da vitamina C, por isso ajudar a fortalecer o sistema imunológico.

Também é fonte de fibras, importantes para o bom funcionamento intestinal, além de favorecer a perda de peso, pois aumenta a sensação de saciedade.

Ingredientes:

  • 2 xícaras (chá) de escarola picada;
  • 1 xícara (chá) de abacaxi com casca picado;
  • 5 xícaras (chá) de água;
  • 4 colheres (sopa) de açúcar de coco;
  • 1 colher (sopa) de semente de linhaça.

Modo de preparo:

  • Lave bem as folhas de escarola, pique e reserve;
  • Lave bem a casca do abacaxi com uma escovinha, corte e pique a quantidade indicada, coloque a escarola e o abacaxi com casca picados no liquidificador com a água, acrescente o açúcar e bata;
  • Coe o suco e misture a semente de linhaça triturada. Sirva bem gelado.

fonte: minhavida / natue

Veja também no Portal AVôVó:

Sopa de quinoa, diferente, saudável e nutritiva

 

AnteriorPróximo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *