Nacional

Holambra, a cidade das flores

expoflora-vans

Localizada a 130 quilômetros de São Paulo, Holambra é uma boa alternativa para os paulistanos  e turistas de outros estados e países, que pretendem fugir do agito da capital e buscam por um destino de aura interiorana e clima bucólico.

Antes de pegar a estrada, deixe um pouco de lado o título de cidade das flores, que deu fama ao local.

De fato, Holambra é conhecida por seus belos campos de produção de flores e plantas ornamentais e pela Expoflora, maior evento do gênero na América Latina.

Mas a cidade revela-se uma boa surpresa também a quem se dispõe a conhecer seus encantos em qualquer época do ano.


Dá para passar um fim de semana inteiro ou reservar um dia somente para visitar seus principais pontos turísticos e conhecer suas peculiaridades e histórias que envolvem a colonização holandesa.

Resultado de imagem para holambra

Um pouco da história de Holambra

Os exemplos desta ocupação podem ser observados já em seu nome: Holambra é o resultado da associação das palavras Holanda, América e Brasil.

Entre seus 13 000 habitantes, cerca de 2 000 são holandeses natos ou descendentes diretos dos imigrantes que aportaram por lá em 1948, fugindo da II Guerra Mundial e dispostos a construir uma vida em solo brasileiro.

A influência destes pioneiros se mantém até hoje nos restaurantes típicos, em lugares como o Moinho Povos Unidos e o Museu Histórico e Cultural e até na arquitetura dos casarios e fachadas coloridas.

Resultado de imagem para holambra

Declarada estância turística em 1998, a cidade ainda abriga uma fazenda com produção de cachaças artesanais.

Uma cervejaria que disponibiliza sua fábrica para visitação, além de sítios e fazendas que proporcionam trilhas ecológicas e passeios com a criançada.

Confira a seguir um roteiro com onze programas para aproveitar o melhor do destino.

Resultado de imagem para holambra

Expoflora

O que é a Expoflora: é o maior evento de flores e plantas ornamentais da América Latina.

Desde sua primeira edição, em 1981, atrai uma multidão de turistas com as novidades do ano.

Além de encher os olhos e, claro, fazer muitas selfies, percorrer o pavilhão da Expoflora é uma oportunidade para entender mais sobre as tendências do mercado, através das exposições de profissionais de jardinagem e paisagismo que são montadas todos os anos.

Ao estilo dos parques temáticos, a Explora também tem sua “parada”.

Mas, no lugar de personagens de contos de fada, os carros alegóricos carregam muitas flores.

Resultado de imagem para holambra

Uma fanfarra e pessoas fantasiadas de flores também participam do cortejo, que começa às 16 horas e 30 minutos.

Os visitantes vão atrás e se concentram para o grande momento do dia: a chuva de pétalas.

Cerca de 150 quilos de rosa, ou 18.000 botões de rosas despetalados um a um, são lançados por um equipamento sobre os turistas.

Diz a lenda que quem pega uma pétala antes que ela toque o chão tem seus desejos realizados.

O evento também reúne shows de dança, barracas de comidas típicas e estandes para comprar souvenires.

Outras atrações

Além da feira, dê um passeio pelo centro, passe no Museu Histórico e Cultural e no Moinho Povos Unidos, um dos símbolos da cidade.

A obra de 38,5 metros foi construída pelo arquiteto holandês Jan Heidra, que já fez 400 destes ao redor do mundo.

As crianças podem gostar de conhecer o Sítio Estrela do Leste Arurá, que mantém um projeto de conservação e preservação do jacaré do papo amarelo.

Eles ensinam e colocam as pessoas em contato com filhotes, assim como outros animais silvestres.

Para passeios a cavalo ou de charrete, procure pelo Em Busca do Galope.

Já os adultos podem se divertir e aprender sobre destilação artesanal no Rancho da Cachaça, que também tem um restaurante de comida caseira e entrada gratuita.

Como chegar em Holambra

De carro: vá pela Rodovia dos Bandeirantes até Campinas.

Ao chegar ao entroncamento com a Rodovia Anhanguera (km 103), entre na Rodovia D. Pedro I e siga até o km 134.

A partir daí, continue na Rodovia SP-340, sentido Mogi Mirim.

Fique atento ao chegar no km 141, pois começam a surgir as placas indicando quantos quilômetros até chegar a Holambra.

De ônibus: no terminal Tietê, sai a cada meia hora um ônibus com destino a Mogi Mirim, que para na entrada de Holambra.

Veja neste link o Guia turístico de Holambra, fornecido pela Prefeitura do Município: http://www.holambra.sp.gov.br/turismo/

Veja também no Portal AVôVó:

Ouro preto, um destino histórico para visitar

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

AnteriorPróximo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *