Física

Hipoglicemia na terceira idade!

hipoglicemia na terceira idade e idosos

Os sintomas da hipoglicemia são leves, na maioria das vezes, mas não podemos trata-los com negligência. Os idosos devem retomar a atenção, pois atitudes simples podem solucionar o problema.

Os especialistas na área, como nutricionistas e geriatras, orientam idosos e aqueles que convivem diariamente com eles para evitar o que é conhecido por hipoglicemia – pelo menos episódios graves. Basicamente, o problema consiste em uma complicação que consiste na baixa da taxa de açúcar no sangue e acomete predominantemente diabéticos e, principalmente, aqueles que estão em tratamento com medicamentos. Segundo dados do Ministério da Saúde, idosos acima dos 65 anos são os que mais sofrem com diabetes, sendo 21,6% das pessoas nessa faixa etária portadores da doença, sendo o tipo 2 o mais comum.

Os idosos podem ter as funções dos rins e outros órgãos essenciais comprometidas. Isso gera alteração no metabolismo, resultados dos remédios e a insulina no organismo, contribuindo para o risco das crises de hipoglicemia. Como saber da existência? Sudorese excessiva, agitação, sensação de fome constante e fraqueza permanente são alguns dos sinais que você está no quadro de hipoglicemia.

Hipoglicemia na terceira idade e idosos

Não podemos confundir a gravidade das situações. Por exemplo, confusão mental, turvação da vista e desmaios não são sintomas leves e devem ser considerados sinais de uma condição grave de hipoglicemia. Isso pode ser controlado com medidas simples que dependem apenas de disciplina, como a ingestão de alimentos de três em três horas.

Medidas de prevenção: um meio portátil de aferição da glicemia e uma fonte de açúcar que possa ser consumida rapidamente. Os especialistas, médicos endocrinologistas, costumam indicar balas, mel ou uma colher de café de açúcar.

O não-controle do diabetes pode causar cegueira, amputação de membros, insuficiência renal, derrame cerebral, disfunção erétil, úlcera nos pés, depressão, entre outros problemas. Conheça alguns dos fatores que levam pessoas com diabetes a apresentarem hipoglicemia:

Hipoglicemia na terceira idade e idosos

  • Tomar muito remédio, incluindo insulina ou certos comprimidos para diabetes
  • Alimentação inadequada
  • Realizar atividades físicas sem comer algo (lanche) ou reduzir a dose de insulina (injetável ou oral)
  • Manter longo período de ingesta de alimentos entre as refeições
  • Consumir bebida alcoólica em excesso

Sintomas, mas entendam que cada caso tem suas particularidades:

Hipoglicemia na terceira idade e idosos
foto: shutterstock
  • Suor ou tremor
  • Sensação de fome
  • Dificuldade para andar ou sensação de fraqueza
  • Visão turva
  • Confusão mental ou agir de forma diferente do habitual
  • Convulsão

Algumas pessoas não apresentam sintomas durante as primeiras fases de baixa de açúcar no sangue. Nestes casos aumenta a chance de os sintomas aparecerem apenas em estágio grave.

Veja algumas situações que podem gerar o “desconhecimento hipoglicêmico”:

Hipoglicemia na terceira idade e idosos

  • Ter tido diabetes tipo 1 há mais de 5 a 10 anos
  • Use insulina para manter seu nível de açúcar no sangue sob controle
  • Ingira uma grande quantidade de álcool
  • Faça uso de medicamentos para a pressão alta ou diabetes

A melhor maneira de prevenir a baixa de açúcar no sangue é:

  • Verifique os níveis de açúcar no sangue com frequência – conforme indicação médica.
  • Conheça os sintomas da glicemia no sangue e esteja apto e pronto para tratá-lo nos estágios iniciais.

Veja também no Portal AVôVó:

Brasil registra aumento dos casos de diabetes em mulheres

AnteriorPróximo
Claudio Mello
O Avôvó é um portal colaborativo criado especialmente e inteiramente dedicado a um público cada vez mais conectado: a terceira idade. Aqui, não só o idoso se sente em casa. Nosso objetivo é também levar conteúdo relevante para familiares, amigos e profissionais que cuidam dessas gerações que chegam à melhor idade redefinindo conceitos e com cada vez mais interatividade e independência, mostrando que idade é só um número.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *