Utilidades

Forno de microondas é útil, mas tem restrições!

Microondas faz bem ou faz mal?

Viver sem o uso do microondas é quase impossível para muitas pessoas. Isso mesmo, esse aparelho sempre teve muita aceitação dos brasileiros, mas ninguém sabe as ondas eletromagnéticas fazem mal. Além disso, nem todos os materiais podem ser utilizados juntos!

O forno microondas – utiliza ondas eletromagnéticas – sempre foi conhecido pela facilidade para preparar pipocas, mas essa ideia já é bastante antiga. Atualmente, esse aparelho é um aliado de todos que querem preparar comida sem gastar muito tempo. Não estamos falando de alimentos congelados ou pré-prontos. Além disso, quase todos os escritórios possuem um forno desses para que os funcionários possam esquentar suas marmitas.

Os modelos mais atuais são razoavelmente acessíveis e contem opções variadas para diversos tipos de uso. No entanto, cozinhar qualquer coisa no microondas requer alguns cuidados e utilizar materiais inadequados pode significar acidentes graves.

Os metais já são vilões e a maioria sabe disso, mas eles não são os únicos. Vejam uma lista de matérias que não podem ir, uma lista de matérias que podem – alguns com condições especiais – e ainda uma reflexão sobre o uso do aparelho. Nada deve ser utilizado com exagero!

Materiais que não podem ir!

Microondas faz ou não mal?

  • Metais;
  • Plásticos (eles podem derreter ou liberar substâncias tóxicas no alimento);

Materiais liberados!

  • Vidros refratários (ideais para o cozimento);
  • Vidros comuns (apenas para aquecimento);
  • Porcelana e louça (apenas para aquecimento);
  • Cerâmica vitrificada;
  • Papeis absorventes (guardanapos, papel-toalha, etc.);
  • Plástico próprio para uso em microondas (deve estar descrito na instrução do objeto);

Cuidados ao usar o forno microondas!

As vovós e os vovôs devem se atentar a todos os detalhes. Não se pode pontuar apenas o material e esquecer de outros pontos que podem atrapalhar o uso do forno microondas.

  • Tenha certeza de que o plástico utilizado é realmente próprio para microondas. Alguns plásticos não suportam o calor e derretem. Outros podem liberar substâncias tóxicas e prejudiciais à saúde. Portanto, fique bastante atento às instruções na embalagem da vasilha.
  • Qualquer detalhe de metal ou brilho metálico em alguma vasilha já é considerado proibido para o uso no microondas, mesmo que não esteja em contato com a comida, ou seja, muito pequeno. Então, tenha bastante cuidado.
  • Alimentos com casca mais grossa, como ovos, batatas e berinjelas, correm perigo de “explodir” quando aquecidos no microondas. Isso acontece porque a casca funciona como uma panela de pressão e, como não há válvula de segurança, eles simplesmente estouram. Por isso, você deve fazer um pequeno furo para liberar a pressão.
  • Cuidado também ao aquecer água no microondas. Como ela é aquecida de dentro para fora, o seu interior pode chegar a uma temperatura muito alta e basta que uma colher seja colocada no recipiente para que a região superaquecida se torne vapor e estoure. Geralmente, basta o movimento giratório do microondas para impedir esse superaquecimento, porém, o cuidado é sempre importante.
  • Para ter certeza que um recipiente é adequado, basta colocá-lo no microondas sem alimento algum por cerca de 1 minuto. Os recipientes ideais devem manter a temperatura normal, sem aquecer. Mas lembre-se de não fazer esse teste com nenhuma vasilha de metal ou alumínio.

Perfeito não é, mas é bastante útil!

O mundo, independente da idade, pede mais praticidade e agilidade. No entanto, nos últimos anos a vida, o corpo e o bom senso pedem mais atitudes saudáveis no cotidiano para conseguirmos prolongar nossa passagem pela terra com saúde. Você deve se preocupar e aplicar as dicas que sugerimos, assim o forno microondas se tornará algo essencial para cozinhar alimentos saudáveis.

Já ouvi muito gente falando que microondas faz mal! É verdade?

Microondas faz ou não mal?

Todos já ouviram falar muito sobre possíveis males que o microondas pode causar. Separamos os mais falados e, infelizmente, ninguém pode atestar os reais efeitos, mas o Avôvó conta o surgimento desse equipamento.

  • Pode causar danos no cérebro;
  • Os alimentos preparados no microondas não são metabolizados;
  • Aumenta o risco de câncer;

O microondas surgiu nos Estados Unidos em 1946 e chegou no Brasil um pouco mais tarde. As pesquisas sobre as famosas ondas eletromagnéticas são poucas e não muito assertivas, quando relacionamos esse aparelho com o uso humano, aí a coisa fica pior. Não temos quase nada e alguns pesquisadores afirmam que não se tem provas se o equipamento é inofensivo, outros dizem que nunca foi constatado que as micro-ondas podem causar danos ao ser humano.

Outro boato que circula pela internet diz que os alimentos preparados em microondas têm parte de suas vitaminas roubadas. Nessa onda, os profissionais de nutrição investigaram a veracidade disso e, mesmo em quantidades muito pequenas, eles constaram que legumes e verduras perdem uma porcentagem dos seus nutrientes.

Enquanto isso, o que faremos? O portal Avôvó sempre alerta para a necessidade de entender mais sobre a alimentação e nem sempre temos todas as respostas. A ciência vai avançando e antigos hábitos podem ser condenados ou reforçados, mas, quando se trata de questões não solucionados pelos pesquisadores, fiquem com o bom senso e utilizem sem exagero. A certeza só virá com mais pesquisas e isso sempre leva tempo.

Veja também no Portal AVôVó:

8 receitas de cremes, caldos e sopas gourmet deliciosos

AnteriorPróximo
O Avôvó é um portal colaborativo criado especialmente e inteiramente dedicado a um público cada vez mais conectado: a terceira idade. Aqui, não só o idoso se sente em casa. Nosso objetivo é também levar conteúdo relevante para familiares, amigos e profissionais que cuidam dessas gerações que chegam à melhor idade redefinindo conceitos e com cada vez mais interatividade e independência, mostrando que idade é só um número.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *