Dicas de Alimentação, Receitas Salgadas

Fécula de batata x fécula de mandioca, qual a melhor?

fécula de batata para idosos

Já ouviu falar sobre a fécula?

Saiba o que é este alimento e quais são as suas vantagens.

Existem muitas dúvidas sobre o que é a fécula e a sua função. Hoje, vamos conhecer mais sobre este alimento e os seus benefícios.

É comum as pessoas acharem que o amido e a fécula são a mesma coisa. Porém, de acordo a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), os dois são produtos diferentes – apesar de serem extremamente similares quimicamente.

  • Amido:

Produto amiláceo extraído das partes aéreas comestíveis dos vegetais, ou seja, é o que está acima da terra.

  • Fécula:

Produto amiláceo extraído das partes subterrâneas comestíveis dos vegetais (tubérculos, raízes e rizomas), ou seja, é o que está enterrado.

Fécula de batata x fécula de mandioca

A fécula de batata é um pó bem fino, parecido com a farinha de trigo.

Ela é obtida por meio da secagem e moagem subsequente da batata e composta, basicamente, pelo amido do próprio tubérculo.

Já a fécula de mandioca é conhecida popularmente como polvilho.

Este produto amiláceo extraído da mandioca é classificado de acordo com o seu teor de acidez, podendo ser doce ou azedo.

Como usar?

As féculas podem ser usadas para diversas funções, como engrossar caldos e molhos, fornecer crocância a carnes e peixes empanados (lembrar de adicionar também farinha de rosca) e ser base para bolos, biscoitos, pães e tortas.

Vale lembrar que a famosa tapioca é um alimento feito a partir do polvilho doce.

Como não possui glúten em sua composição, este produto é um ótimo aliado para quem quer fugir das farinhas comuns ou é celíaco.

Benefícios da fécula de batata

Imagem relacionada

Melhora o funcionamento do intestino

O amido resistente, presente na fécula de batata, aumenta a hipertrofia do cólon.

Isso significa que ele o deixa mais robusto e aumenta a sua funcionalidade.

Ela também ajuda a impedir que toxinas entrem em nossa circulação e auxilia na redução da síndrome do intestino permeável.

Aumenta a saciedade

O consumo elevado de amido resistente é capaz de aumentar a sensação de saciedade e diminuir a ingestão descontrolada de comida subsequente.

Saiba um pouco mais sobre a batata clicando aqui

Pode eliminar as bactérias más

O amido resistente também pode ser usado para tratar o crescimento desenfreado de bactérias patogênicas (“más”).

Um exemplo prático é no tratamento contra a cólera, em que a bactéria da doença se liga ao amido até serem todas expulsas do organismo.

Promove perda de gordura

A fécula de batata promove uma maior oxidação de gordura após as refeições, ou seja, adeus gordurinhas.

Benefícios da fécula de mandioca

Imagem relacionada

Melhora a saúde dos ossos

Fonte de vitamina K, cálcio e ferro, a fécula de mandioca tem um papel importante na proteção e desenvolvimento dos ossos.

Cuidando da densidade mineral óssea, o polvilho é essencial para aqueles que sofrem com osteoporose, osteoartrose e diminuição da flexibilidade.

Bom para o sangue

O alto teor de ferro é fundamental na saúde do sangue, já que atua diretamente na produção das células vermelhas.

Junto com o cobre (também presente), este mineral impede o corpo de desenvolver anemia e outras doenças relacionadas.

Aumenta a energia

Como possui uma alta taxa de carboidratos, a fécula de mandioca é um excelente combustível para o corpo.

Ela também não possui colesterol e gorduras saturadas.

Fonte de vitamina K

Como já comentamos, o polvilho é uma excelente fonte de vitamina K.

Este nutriente possui um papel fundamental no funcionamento do sistema neurológico.

Ela está relacionada à diminuição nas chances de desenvolver o mal de Alzheimer, por exemplo.

A vitamina mantém as vias neurais ativas e livres de radicais que podem causar danos aos tecidos do cérebro.

Saiba um pouco mais sobre a mandioca, clicando aqui

Aprenda duas receitas deliciosas usando fécula:

1. Pão de queijo

Ingredientes:

  • 200 ml de leite;
  • 70 ml de óleo;
  • 1 colher (sopa) de sal;
  • 500 g de fécula de batata;;
  • Mais ou menos 2 ovos – até dar o ponto de enrolar
  • 250 g de queijo ralado (queijo minas curado ou queijo parmesão misturado com o queijo manchego ou o queijo feta durinho).

Modo de preparo:

  • Numa panela ferva o leite com o óleo, adicione o sal e depois despeje na fécula de batata para escaldar.
  • Vá misturando ainda quente com uma colher.
  • Espere esfriar e adicione os ovos misturando bem até ficar bem incorporado.
  • Junte o queijo ralado e misture novamente até dar o ponto de enrolar (OBS: Se a massa não der o ponto de enrolar, acrescente mais queijo).
  • Enrole no tamanho de uma bola de ping-pong. Leve ao forno preaquecido a 200 ºC por 25 minutos até dourar levemente.
  • Pode servir com manteiga ghee, mel ou doce de leite.

2. Biscoito de parmesão – sem glúten

O que é fécula

Ingredientes:

  • 1 xícara (chá) de fécula de batata (200 g);
  • 1 ovo;
  • 1 e ½ xícara (chá) de parmesão ralado no ralo fino (150 g);
  • 100 g de manteiga gelada picada.

Modo de preparo:

  • Misture os ingredientes e amasse até ficar homogêneo.
  • Com o rolo, abra a massa entre 2 plásticos até ficar com cerca de 3 mm de espessura e corte no formato desejado (discos, triângulos, retângulos, quadrados).
  • Disponha em assadeira sem untar e, com o lado mais largo de um palito de churrasco, fure a massa em diversos pontos para imitar queijo com buraco.
  • Leve ao forno médio preaquecido (200ºC) por cerca de 20 minutos ou até dourarem levemente.
  • Deixe esfriar e retire os biscoitos com uma espátula para evitar que se quebrem.

Sugestão: Experimente substituir o parmesão por provolone ou outros queijos firmes.

fonte: vitao e ana maria braga

Veja também no Portal AVôVó:

Farinha de trigo, 12 opções para substituí-la

 

 

AnteriorPróximo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *