Decoração & Jardinagem, Física

Dicas para quem tem um idoso em casa !

respeite o espaço dos idosos
VôVó, sabemos que a casa para um idoso poder viver bem, precisa de uma série de adaptações, mas não é somente isso que um idoso precisa. Há de se ter em mente que muitos detalhes de ordem material ou psíquico necessitam de averiguações e avaliações constantes para que se consiga aquilo que chamamos de “perto do ideal”.
Veja as instruções:
Delimite os espaços dos idosos
É importante definir espaços para os idosos. Comece com os espaços pessoais e íntimos; converse com o idoso para saber o que ele precisa e analise se realmente é necessário. Lembre-se ainda das limitações físicas e mentais, portanto, se puder pedir dicas a médicos especializados, é perfeito para não errar em nada.
Estimule-os sempre que possível

É importante manter os idosos estimulados a fazer as atividades que gostam. Pode ser uma simples caminhada no parque, ir à praça conversar com outros idosos ou ler suas revistas e livros. Se possível, faça companhia em todos os momentos e, se ele gostar e permitir, participe de tais atividades a seu lado!

Respeite o espaço deles

Ainda falando sobre espaço, devemos respeitar o espaço dos idosos, assim como queremos que respeitem o nosso. Lembre-se de pedir permissão para entrar e principalmente para mexer em seus objetos pessoais.

Cuidados básicos devem ser estimulados

Muitos idosos acabam ficando um pouco descuidados com a aparência, mas nem sempre é porque querem. Às vezes, não conseguem se abaixar para cortar as unhas ou calçar os sapatos. Muitos deixam de cuidar da pele, dos cabelos e as roupas nem sempre são as melhores. Por isso, ajude-o a se arrumar e estar sempre bem consigo e com sua autoestima.

Explique quais são os espaços comuns da casa

Não trate o idoso como uma criança. A maioria sabe o que acontece a seu redor e não gosta quando é tratado como tal. Explique quais espaços são comuns na casa e como poderão ser utilizados por todos.

quem tem um idoso em casa
Respeite a privacidade

Alguns idosos não querem ser ajudados, no entanto, outros precisam de ajuda na hora da higiene pessoal. A dica é fazer tudo da forma mais tranquila e natural, porém, tentando manter a máxima privacidade do idoso. Lembre-se de respeitar o espaço e o tempo dele. Para isso, bata antes de entrar no quarto e não o apresse se ele pedir mais tempo!

Aceite as decisões

Costumamos reclamar quando o funcionamento da casa não vai em perfeita harmonia, no entanto, quando se tem um idoso na residência, deve-se aprender a conversar com ele e principalmente a aceitar as decisões que tomar. Alguns idosos fazem coisas que não agradam a todos, mas, antes de sair reclamando com eles, procure entender o que está acontecendo. Isso facilitará bastante a convivência.

Faça avaliações frequentes da saúde dele

Sabemos que muitos idosos têm problemas de saúde e, em alguns casos, limitações de mobilidade e até mentais. Por isso, é de extrema importância que ocorram avaliações frequentes para saber se houve melhoras ou não na saúde do idoso.

Cuide da dieta do idoso

A maioria das dietas dos idosos é restritiva — às vezes sem sal e/ou sem açúcar. Alguns idosos não gostam de seguir regras e, por isso, burlam-nas. Portanto, é bom cuidar da dieta para que o idoso se alimente bem!

Atenção com as mudanças de humor e comportamento

Cuidar de alguém nem sempre é fácil, mas é importante ficar de olho nas reações que o idoso tem. Comece a observar as mudanças — principalmente as repentinas — de humor e de comportamento. Muitos idosos não querem mais remédios, não querem voltar ao médico e às vezes escondem que não estão dormindo ou mesmo comendo bem, portanto, tenha muita atenção!

Tente deixá-lo confortável

É difícil, mas não impossível. Por isso, tente fazer com que o idoso fique o mais confortável possível. Uma das coisas que mais os incomodam é o excesso de calor ou frio, portanto se você tem um ar-condicionado procure regular para não ficar nem frio nem quente demais.

Tenha uma casa organizada

Sabemos que não é tão simples cuidar de idosos, principalmente quando temos pequenas regras que devem ser seguidas rigorosamente. Manter a casa organizada é uma delas. Evite objetos espalhados pela casa e, se o idoso usar andador ou cadeira de rodas, é de extrema importância mexer na disposição dos móveis da casa, facilitando assim a movimentação deles.

Guarde dados importantes

Inclua nesses dados os números de documentos, números de telefones e endereço dos amigos mais íntimos. Anote ainda dados médicos, remédios — quantidade e horário —, registro de banco, documentos de seguro, planos de saúde e tudo mais que você e o idoso acharem importante!

Revise os remédios

Assim como faz a avaliação junto com médicos, é importante revisar os remédios junto a profissionais. Verifique se a dosagem está correta, pois alguns remédios deixam de fazer efeito com o tempo e, por isso, precisam ser trocados. Outros remédios fazem mal para a saúde e tudo isso deve ser conversado com o médico geriatra.

Veja também no Portal AVôVó:

Ler não é bom, ler é essencial na terceira idade

 

 

AnteriorPróximo
Claudio Mello
O Avôvó é um portal colaborativo criado especialmente e inteiramente dedicado a um público cada vez mais conectado: a terceira idade. Aqui, não só o idoso se sente em casa. Nosso objetivo é também levar conteúdo relevante para familiares, amigos e profissionais que cuidam dessas gerações que chegam à melhor idade redefinindo conceitos e com cada vez mais interatividade e independência, mostrando que idade é só um número.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *