Internacional, Nacional

10 dicas para nunca mais sofrer ao arrumar a mala

arrumar a mala

Confira truques fáceis que vão facilitar sua vida nas próximas viagens.

Eu amo viajar. Se alguém chegar para mim agora e falar: “Vamos viajar para…” o meu “Sim” vem antes mesmo da frase ser completada.

Mas meu amor por viagens também é proporcional ao meu horror por fazer malas, acredite se quiser.

SAO PAULO- SP BRASIL 13.10.2016 -Blog Modo Aviao, passo a passo sobre arrumar a mala para uma viagem. Foto Reinaldo Canato/UOL

Só de pensar já me dá uma preguiça… Pra mim só não é pior do que desfazer a bichinha na volta da viagem (quem me conhece sabe quantos dias a minha mala é capaz de ficar deitadinha do lado da minha cama esperando eu criar coragem de mexer no vespeiro .

Mas esta minha aversão a fazer malas tem seu lado positivo. Para me livrar logo da tarefa e torná-la o mais eficiente e indolor possível eu acabei desenvolvendo um método prático para fazer uma boa mala, que agora vou dividir com vocês.

1. Escolha a mala certa

Esta pode parecer óbvia, mas é super importante. Se você vai fazer uma viagem de dois meses pelo sudeste asiático, ficando em pousadas, de ilha em ilha, melhor levar um mochilão do que uma mala de rodinhas, certo? Se vai passar uma semana a trabalho em outro país não há necessidade de levar aquele trambolho GG, né?

Enfim, a dica é escolher a mala adequada para a viagem. Confesso que após anos namorando várias, só no ano passado encontrei a mala da minha vida.

Ela é do tamanho perfeito para a maioria das minhas viagens, é super leve e gosto do fato de ela abrir no meio, o que deixa duas laterais não muito fundas para guardar as coisas. Isso ajuda porque fica mais fácil de ver tudo o que tem dentro.

arrumar as malas

2. Planeje antes de começar a selecionar as peças

De novo pode parecer lógico fazer isso, mas muita gente começa a fazer a mala sem pensar muito. Que tipo de viagem você vai fazer? A trabalho? A passeio? Qual a previsão do tempo? Você vai em algum evento formal, que pede um tipo de roupa mais elegante? Será que vai chover?

Quantos dias você vai ficar longe? Que tipo de sapato levar? Enfim, são vários os fatores que irão influenciar na escolha das suas peças, então é sempre bom perder alguns minutos para pensar nestas coisas. Se você é super organizado e sabe mais ou menos seu itinerário dia a dia esta tarefa vai ser mais fácil.

Mas o importante é tentar ao menos fazer uma mini programação para poder saber quantas calças levar, se será preciso levar um casaco mais pesado, etc.

SAO PAULO- SP BRASIL 13.10.2016 -Blog Modo Aviao, passo a passo sobre arrumar a mala para uma viagem. Foto Reinaldo Canato/UOL

3. Separe tudo antes de colocar na mala

Fez a programação diária e já sabe mais ou menos o que vai levar? Hora de começar a colocar isso em prática então. Mas nada de ir colocando tudo direto na mala, não. Separe todas as peças, acessórios e sapatos que irá levar e dê uma boa olhada antes de começar a guardar. Assim você terá uma noção da quantidade de coisas que pretende levar, vai ver se há coisas repetidas e desnecessárias e perceber se falta alguma coisa.

4. Dê preferência a cores neutras e tecidos que não amassem

Isso vai facilitar sua vida longe de casa. Tem um vestido que você ama de paixão mas que vai chegar todo amassado no seu destino? Que tal trocar por aquele outro de um tecido que não amassa? Hoje em dia há uma variedade enorme de peças feitas pensando nisso com tecidos super tecnológicos e que não têm cara de agasalho de colégio. Outra dica importante é dar preferência a peças de cores neutras, que poderão ser misturadas mais facilmente.

Deixe aquela peça super estampada e que não combina com muita coisa para usar em casa. Ah, e importante, esqueça esta história de não repetir roupa em viagem! Desperdício de espaço levar uma muda diferente para cada dia. Escolha peças que combinem entre si e que você possa fazer variações.

5. Enrole, enrole e enrole!

Mãos a obra! Depois de muito testar, cheguei à conclusão que a melhor maneira de organizar a mala é fazendo rolinhos com as roupas. As únicas exceções são peças volumosas, como malhas, casacos, paletós, e camisas sociais, que vão ficar muito amassadas. O resto, é enrolar.

Assim você economiza espaço, consegue ver melhor o que está levando e  as roupas não ficam muito marcadas. Outra coisa que eu uso bastante e que ajuda demais são organizadores de mala. Eu geralmente uso um para camisas/blusas, outro para roupas íntimas, acessórios e roupas de banho, outro para calças, saias e vestidos e assim por diante.

…EDIT MALAS VEJA 08

Quanto mais compartimentos mais fácil de achar o que você precisa e manter a mala organizada durante toda a viagem. Usou, devolveu no mesmo lugar! Use separadores, pois eles são legais porque têm zíperes dos dois lados então dá pra ir colocando as peças sujas separadas para não misturar com as limpas.

6. Otimize os espaços

…EDIT MALAS VEJA 05

Sabe qual o melhor lugar para guardar suas meias?

Dentro dos sapatos! Assim você usa um espaço que ficaria vazio e ainda fica prático na hora de usar.

Outra dica, mas que só vale para as mulheres, é colocá-las dentro do sutiã, assim evita que eles percam a forma ao serem amassados.

Cintos?

Que tal colocá-los abertos nas paredes da mala? Outra coisa que geralmente faço é viajar com o casaco mais pesado e o sapato mais trambolho, assim você já economiza espaço na mala.

7. Atenção na hora de escolher e guardar os sapatos

Tem item mais chato de escolher e guardar que eles? Confesso que ainda sofro na hora de fazer minhas escolhas… e se eu precisar de uma bota? Mas será que não é o caso de levar o sapato de salto também? Ah, aquela rasteirinha ficaria linda com a saia que estou levando.

Sei bem como é… Mas tente ser o mais racional possível na hora de selecionar seus sapatos. Além de ocupar bastante espaço eles também pesam na mala.

Na hora de guardar, coloque sempre dentro de organizadores específicos ou de sacos (eu guardo os de tecido que vêm quando a gente compra um sapato novo ou aqueles que algumas companhias aéreas dão). Outra opção é colocar toucas de banho, aquelas plásticas e descartáveis, nas solas para não sujar a mala ou as roupas.

8. Leve apenas os produtos de beleza/higiene necessários

…EDIT MALAS VEJA 17

Pra que levar aquela embalagem de shampoo de 400 ml se você só vai passar uns dias fora? Vale a pena investir em um daqueles kits que hoje em dia estão à venda em qualquer farmácia e levar apenas o necessário.

Fora que, se você não for super apegado ao seu shampoo/condicionador, a maioria dos hotéis oferece produtos de higiene básica. Outra dica legal é tentar comprar as coisas em miniatura.

Aqui no Brasil já é possível encontrar em algumas farmácias e nos EUA há seções inteiras de mini produtos  que vão desde pasta de dente até laquê para os cabelos. Uma coisa que eu sempre faço, por conta das viagens constantes, é deixar uma necessaire sempre pronta.

Ou seja, tenho tudo duplicado: duas escovas de dente, dois desodorantes, dois hidratantes e por aí vai. Assim minha vida fica mais fácil e não corro o risco de esquecer algo na hora de viajar.

9. Deixe sempre algum espaço sobrando na mala

…EDIT MALAS VEJA 22

Se você já sair de casa com a mala explodindo a chance de ter que comprar uma segunda ou pagar excesso de bagagem na volta é enorme. Pouca gente (e não me incluo nesta categoria) consegue ir e voltar de viagem com a mala pesando a mesma coisa.

Sempre tem aquela lembrancinha que a gente quer levar para alguém, aquela oferta imperdível que viu em uma loja ou mesmo algum material de trabalho que você tem que trazer na volta. Então nunca viaje com a mala no limite e sempre deixe um espaço para uma eventualidade.

10. Leve uma mala dobrável dentro da mala

Fotos Reinaldo Canato/UOL

Esta dica serve mais para quem vai com a intenção de fazer compras. Eu, em geral, como sempre gosto de estar prevenida, sempre levo uma segunda mala mesmo quando o objetivo da minha viagem não é comprar. Sabe aquelas malas tipo de levar para a academia, de tecido, que são dobráveis e não ocupam muito espaço?

Então, não custa ter uma delas em algum cantinho da sua mala para o caso de uma eventualidade.

Quer coisa mais desagradável que perder tempo durante a viagem indo atrás de uma mala extra pra comprar? No fim a gente sempre tenta economizar, acaba comprando uma mala porcaria, ou uma caríssima, e se arrepende de não ter levado aquela que ficou em casa. Na dúvida, leve.

fonte: Revista Veja

Veja também no Portal AVôVó:

Viajar é incrível, mas nada de mala extraviada!

AnteriorPróximo
O Avôvó é um portal colaborativo criado especialmente e inteiramente dedicado a um público cada vez mais conectado: a terceira idade. Aqui, não só o idoso se sente em casa. Nosso objetivo é também levar conteúdo relevante para familiares, amigos e profissionais que cuidam dessas gerações que chegam à melhor idade redefinindo conceitos e com cada vez mais interatividade e independência, mostrando que idade é só um número.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *