Lazer & Entretenimento

Forró é bom demais. Aprenda a dançar

idosos dançando forro

O Avôvó gosta de dançar, dançar forró!

E muitos VôVôs e VoVós, durante a semana, tiram a tarde ou noite para dançar.

O forró é um estilo de dança e gênero musical influenciado por africanos e europeus, fruto de ritmos musicais tais como baião, xote e xaxado.

É uma das danças típicas mais populares do Brasil, relacionada à região nordeste que extraiu e espalhou para o país os embalos de um ritmo ora lento, ora rápido, recheado de instrumentos como o triângulo, a sanfona e a zabumba.

Comemora-se o Dia Nacional do Forró em 13 de dezembro com festas relacionadas à data, mas, o surgimento dessa dança típica é controverso, alguns acreditam que o termo teria origem americana, quando operários das estradas de ferro do Nordeste se reuniam para dançar.

Os ingleses que administravam as empresas chamavam a festa de ‘for all’ (para todos) e os nordestinos entendiam como forró.

Outros afirmam que o estilo seria proveniente da palavra ‘forrobodó’, festas realizadas pelos nordestinos com danças, que já aconteciam antes da chegada dos ingleses.

Contudo, algo comum nessas histórias é a presença de um ritmo quente, uma dança que transmite uma onda de alegria e movimento.

Na década de 80, com o surgimento do eletrônico, novos instrumentos foram agregados à música, tais como a guitarra e o contrabaixo.

Assim, outros tipos de públicos começaram a aderir a dança.

Ele é muito curtido em shows, festas nordestinas e festas juninas.

Como Dançar?

Para os iniciantes, assistir a vídeos, apresentações, pedir para alguém para lhe ensinar ou se matricular em uma escola de dança é um dos primeiros passos para iniciar a dança.

O forró é uma dança divertida, onde os pés dos dançarinos ficam paralelos, ambos um de frente para o outro.

O homem abraça a mulher, sendo que uma de suas mãos fica na mão da parceira e a outra no meio das costas.

A outra mão da mulher ficará no ombro.

Em seguida, eles podem alternar os passos com as pernas esquerda e direita para frente e para trás.

Outro passo básico é dar voltas pelo salão e giros, seguindo a sequência de dois passos para o lado esquerdo e dois para o direito.

Tipos de Forró

Através dos tipos diferentes de forró, o dançarino consegue trabalhar em seu corpo a respiração, o equilíbrio, a postura e também uma proximidade maior com seu parceiro de dança.

Forró Pé-de-Serra

O forró pé-de-serra é um estilo tradicional, inspirado em ritmo sertanejo, que surgiu na região nordeste, nos anos 40.

É tocado com instrumentos básicos como sanfona, triângulo e zabumba.

As músicas são dançadas com giros simples.

O pé-de-serra é uma das atrações das festas do Nordeste.

Principais Cantores e Bandas de Forró Pé-de-Serra:

  • Luiz Gonzaga;
  • Dominguinhos;
  • Camélia Alves;
  • Trio Nordestino;
  • Jackson do Pandeiro;
  • Pedro Sertanejo;
  • Marinês.

Forró Universitário

Teria surgido nos anos de 1975 e se prolongou até 1990.

É um estilo mais urbano e moderno criado por jovens da região sul que tocavam e dançavam um tipo diferente de forró pé-de-serra, fortemente influenciados por estilos de rock, pop, samba, funk e reggae.

Os passos da dança eram mais complexos, com giros e movimentos característicos do xaxado, baião e xote.

Geralmente, os instrumentos utilizados são violão, percussão, contrabaixo, bateria, órgão eletrônico, dentre outros.

Principais Cantores e Bandas de Forró Universitário:

  • Alceu Valença;
  • Zé Ramalho;
  • Elba Ramalho;
  • Geraldo Azevedo;
  • Gilberto Gil;
  • Nando Cordel;
  • Jorge de Altinho;
  • Falamansa;

Forró Eletrônico

Surgiu nos anos de 1990, com ênfase na estilização e atração utilizando instrumentos eletrônicos, como contrabaixo, órgão eletrônico e a guitarra.

É conhecido também como Oxente Music e Forró Estilizado.

Os cantores fazem shows espetaculares com muito brilho e luz.

Os passos são mais ousados e geralmente as bandas são formadas por músicos e bailarinas com roupas coloridas e cheias de brilho.

Principais Cantores e Bandas de Forró Eletrônico:

  • Aviões do Forró;
  • Calcinha Preta;
  • Cavaleiros do Forró;
  • Caviar com Rapadura;
  • Frank Aguiar;
  • Mastruz com Leite;
  • Banda Calypso, etc.

Veja também no Portal AVôVó:

Como aprendi a ser um dançarino

 

AnteriorPróximo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *