Segurança, Utilidades

Cuidador de idosos, a profissão foi regulamentada

Senado aprova regulamentação da profissão de cuidador de idosos.

O plenário do Senado aprovou nesta terça-feira (205/2019) o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 11/16, que regulamenta a profissão de cuidador de idosos, crianças, pessoas com deficiência ou doenças raras.

A matéria segue para sanção presidencial.

O projeto estabelece que esses profissionais deverão ter o ensino fundamental completo e curso de qualificação na área, além de idade mínima de 18 anos, bons antecedentes criminais e atestados de aptidão física e mental.

A atuação do cuidador poderá se dar em residências, comunidades ou instituições.

Imagem relacionada

O texto proíbe que os profissionais administrem medicamentos que não seja por via oral e sem orientação médica.

A atividade de cuidador poderá ser temporária ou permanente, individual ou coletiva, visando a autonomia e independência da pessoa atendida.

A regulamentação prevê que o cuidador seja empregado por pessoa física, para trabalhar por mais de dois dias na semana, atuando no domicílio ou no acompanhamento de atividades da pessoa cuidada, e terá o contrato de trabalho regido pelas mesmas regras dos empregados domésticos.

Se for contratado por empresa especializada, o profissional estará vinculado às normas gerais de trabalho.

Os trabalhadores poderão ser demitidos por justa causa se ferirem direitos dos Estatutos da Criança e do Adolescente ou do Idoso.

O que faz um cuidador de idosos?

Resultado de imagem para cuidador de idosos

Um cuidador de idoso é extremamente importante para as famílias que necessitam de um cuidado especial com determinado indivíduo.

Veja seus deveres

Esse profissional tem a principal função de cuidar de um determinado idoso, dessa forma, ele deve atender as necessidades como: higiene, alimentação, remédios e etc.

Nos dias de hoje, a profissão de cuidador de idosos está crescendo muito, porque com a rotina corrida que muitas famílias levam por dia, muitos familiares não possuem tempo de cuidar de um idoso.

Por isso, o cuidador pode passar o dia todo com o paciente e até dormir na casa da família; tudo depende do acordo que for feito com os parentes.

O cuidador deve dar banho, trocar fralda, se necessário, trocar a roupa, ajudar na hora de tomar os remédios e outros afazeres que devem ser determinados pela família.

Como se profissionalizar em cuidador de idoso

Resultado de imagem para cuidador de idosos

Se você gosta de cuidar de idoso, você pode procurar por uma família que necessita do trabalho e mostrar as suas qualidades para cuidar do idoso.

Para exercer essa profissão é fundamental que a pessoa tenha alguns requisitos, como: paciência, calma e agilidade, já que cuidar de idoso muitas vezes pode não ser uma tarefa muito fácil.

Afinal, muitas vezes você vai precisar dar banho, cuidar da higiene íntima na hora de ir ao banheiro e muito mais.

E algumas pessoas não tem a tranquilidade e paciência de fazer este serviço, contudo deve ser algo muito bem pensado.

Esta profissão somente serve para pessoas que realmente vão ter a paciência e tranquilidade para lidar com uma pessoa que precisa de atenção e demais cuidados 24 horas.

Além de também ser necessário muita agilidade para não se esquecer de nada o longo do dia.

Quanto ao salário, isso deverá ser um acordo feito com a família.

fontes: EBC

Leia o Guia do cuidador de idosos – 1ª parte, clicando aqui

AnteriorPróximo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *