Saúde Física

Diga a cor da sua urina e te direi como anda sua saúde

A cor da sua urina, produto periódico de seus rins, pode dizer muito sobre sua saúde. A partir da urina é possível descobrir, logo de princípio, se você está desidratado. E nem é preciso ser um médico para saber isso, basta observar a cor.

Urina escura

A Urina escura acontece porque os dejetos foram dissolvidos em menos água, portanto é hora de se hidratar. Mas um médico pode ir muito além desse diagnóstico com uma simples amostra de xixi.

Exames de urina são algo nada recente. Há seis mil anos, babilônios e sumérios já controlavam a saúde fazendo exames regulares as urina. Hoje, a medicina já sabe que uma série de indicadores pode alterar a cor da urina. De dietas e medicamentos, até infecções e doenças graves como o câncer, um simples exame de urina pode acusar.

Sangue na urina, por exemplo, é motivo de preocupação. Algumas infecções não muito graves deixam a urina vermelha, mas a mesma cor pode significar uma pedra no rim ou um câncer.

Aliás, em uma urina vermelha nem sempre há sangue. Às vezes, você apenas comeu muitas beterrabas ou amoras. Alguns laxantes também dão certo tom vermelho.

a cor da urina dos idosos

Urina um pouco marrom, por sua vez, pode indicar um problema de saúde comum, como um desarranjo no fígado. Ou algo mais raro, caso da porfiria, um distúrbio enzimático no sangue que pode incorrer em uma série de sintomas graves. Mas a mesma cor pode representar, por outro lado, que o paciente come quantidades altas de favas ou ruibarbo, dois vegetais não muito consumidos no Brasil.

Não há motivo para dor de cabeça, também, se houver urina alaranjada. Provavelmente, apenas indica o uso de um analgésico que justamente alivia dor na hora de urinar, a fenazopiridina. Outras cores, improváveis, que apenas registram o uso de medicamentos, são azul e verde. Indicam apenas o uso de medicamentos para a bexiga. E um amarelo mais brilhante, por sua vez, mostra que você está tomando grandes quantidades de vitamina solúvel em água.

Mas nem só a cor da urina dá respostas sobre o corpo. O cheiro também permite diagnósticos. Quando o paciente está com leucinose (doença em que certos aminoácidos não são filtrados pelo rim), por exemplo, a urina ganha odor característico de xarope de bordo, uma bebida muito consumida no Canadá. Urina com cheiro de açúcar, por sua vez, acusa o óbvio. Há excesso de açúcar no sangue, o que pode indicar que você está com diabetes.

a cor da urina dos idosos

Nem tudo, no entanto, é fácil de observar. Um médico da Universidade da Califórnia (EUA), especialista no assunto, afirma receber 100 pacientes por semana, e apenas um apresenta cor incomum na urina. Com os outros 99 é preciso fazer um exame laboratorial para detectar algum problema.

Em tais exames, sim, quase nada que acontece no corpo escapa à denúncia da urina. O balanço de todos os nutrientes, qualquer vestígio de pedra no rim, incidência de drogas, tudo pode ser detectado. E os cientistas deixam a dica: se notar qualquer irregularidade quando for ao banheiro, procure um médico.

fonte: LiveScience

Veja também no Portal AVôVó:

Tipo de sangue e personalidade: existe ligação?

 

 

AnteriorPróximo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *