Suplementos

Cloreto de magnésio e os benefícios da suplementação.

cloreto de magnésio e a suplementação

O cloreto de magnésio é mais um exemplo de vitamina que devemos nos atentar para os níveis corporais.

Caso você esteja com ele em falta, saiba dos benefícios e procure um especialista!

Os complexos vitamínicos não podem ser considerados vilões.

Eles podem e devem se forem utilizados com consciência e responsabilidade.

Sendo bastante direto, alguns grupos cuja suplementação é altamente recomendada, devido a alguma condição especifica.

Entre eles, estão as pessoas que praticam dietas sem o consumo de carnes e derivados de animais, necessitando fazer a reposição da vitamina B12.

Aos idosos, pode ser indicada a reposição de algumas vitaminas pela dificuldade que apresentam de absorvê-las.

No entanto, a terceira idade deve redobrar os cuidados com o consumo de produtos de suplementação.

Dois grandes motivos: primeiro, o organismo vai ficando mais frágil e o excesso de vitaminas pode causar desconforto; segundo, a ideia de suplementar é excelente, mas nem todas as empresas tem o compromisso de entregar bons produtos.

Um bom exemplo de composto químico necessário para a saúde básica é o magnésio, absorvido pelo cloreto de magnésio.

Cloreto de magnésio líquido é um suplemento utilizado para compensar o consumo inadequado ou absorção de magnésio na dieta.

O cloreto de magnésio contém magnésio menos elementar, que está disponível para absorção pelo organismo, do que outros compostos de magnésio utilizados em suplementos, incluindo o óxido de magnésio, carbonato de magnésio e hidróxido de magnésio.

cloreto-de-magnesio

Usos para o cloreto de magnésio

O cloreto de magnésio pode ser utilizado para complementar os baixos níveis de magnésio no sangue em pessoas que tomam medicamentos ou sofrem de doenças que inibem a sua capacidade de absorver magnésio na dieta.

As causas mais comuns de deficiência de magnésio são o tratamento com diuréticos, antibióticos ou certos medicamentos para o câncer, diabetes mal controlada, alcoolismo crônico e doenças como a doença de má absorção, enteropatia sensível ao glúten, doença de Crohn e enterite regional.

Os indivíduos mais velhos e aqueles que foram submetidos a cirurgia intestinal também estão em maior risco de deficiências de magnésio.

Os sintomas de deficiência de magnésio incluem anorexia, náuseas, vômitos, fadiga, fraqueza, dormência, formigamento, contrações musculares e câimbras, convulsões, alterações de personalidade, arritmia e espasmos coronários.

O magnésio é essencial em mais de 300 reações bioquímicas no corpo.

Desempenha um papel importante nos músculos, nervos, e na função imunológica, impedindo a arritmia, dando força aos ossos, regulação do açúcar no sangue e os níveis de pressão arterial, metabolismo energético e na síntese de proteínas.

Recomendação médica e contraindicações

Suplementos de cloreto de magnésio não são adequados para alguns indivíduos.

O seu médico deve ser consultado sempre antes de iniciar qualquer tipo de tratamento.

Você não deve se automedicar e consumir o cloreto de magnésio sem antes saber a necessidade ou não de seu uso.

Se você está tomando sulfonato de sódio poliestireno, digoxina, antibióticos, medicamentos para osteoporose ou doença de Paget, reposição do hormônio tireoidiano ou anfetaminas, incluindo medicamentos para déficit de atenção e hiperatividade, ou se você sofre de insuficiência renal, úlceras estomacais ou desidratação, o consumo do cloreto de magnésio pode ser mais perigoso ainda.

Efeitos colaterais incluem diarreia, náusea e dor abdominal.

Grandes doses de magnésio suplementar podem causar toxicidade de magnésio, ou hipermagnesemia, especialmente em pacientes com função renal comprometida.

Os sintomas de toxicidade de magnésio incluem a hipotensão, letargia, confusão, perturbações do ritmo cardíaco normal, a perda da função renal, fraqueza muscular, dificuldade respiratória e parada cardíaca.

Além disso, pode causar reações alérgicas raras, cujos sintomas incluem urticária, tonturas graves, dificuldades respiratórias e inchaço da face, lábios, língua ou garganta.

Procure imediata atenção médica se você experimentar uma reação alérgica.

Reforçamos: qualquer consumo ou alteração deve ser comunicada imediatamente ao seu médico.

cloreto-de-magnesio

O que é a suplementação?

Os suplementos alimentares são preparações destinadas a complementar a dieta e fornecer nutrientes, como vitaminas, minerais, fibras, ácidos graxos ou aminoácidos, que podem estar faltando ou não podem ser consumidos em quantidade suficiente na dieta de uma pessoa.

Os idosos necessitam de um acompanhamento regular para equalizarem os níveis de vitaminas no corpo, pois, mesmo com uma alimentação regrada e bem cuidado, podemos estar sujeitos a déficits de vitaminas e minerais.

Quando isso acontece é preciso suplementar, como no caso do cloreto de magnésio – substancia importante e cheia de benefícios -, mas não é recomendado que você faça isso sem o auxilio de um nutricionista.

Na consulta ele poderá indicar suas necessidades e escolher as melhores opções para atende-las.

Respeite seu corpo, pois é nele que você vive!

Veja também no Portal AVôVó:

O perigo e riscos que o sal causa !

AnteriorPróximo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *