Dicas de Alimentação

Cebola: conheça os seus tipos e as qualidades desta hortaliça

cebola faz bem aos idosos

Tanto a cebola amarela quanto a branca e a roxa são ricas em nutrientes e ajudam a corpo a evitar doenças

O primeiro passo rumo a uma alimentação saudável é ter uma dieta equilibrada, que forneça nutrientes que vão garantir o nosso bem-estar. Mas será que consumir diferentes espécies de um mesmo alimento orgânico irá garantir benefícios diferentes? Mais ou menos, já que algumas vantagens são compartilhadas por um mesmo grupo, mas alguns nutrientes podem variar ou mesmo aparecer em diferentes intensidades. É o caso da cebola, ingrediente que é praticamente uma unanimidade no prato de qualquer brasileiro e também traz diversos benefícios ao corpo.

Cebola é um alimento com alto teor de nutrientes

A cebola é uma hortaliça repleta de vantagens. Em primeiro lugar ela fornece energia para o corpo e é rica em vitaminas A, B1, B2, C, K , P. Além disso, é fonte de enxofre, mineral pouco mencionado que é ótimo para a saúde da pele e do cabelo, já que auxilia na síntese da queratina e do colágeno.

Mas o consumo da cebola traz diversas outros benefícios. Ela ajuda, por exemplo, a aliviar problemas pulmonares, como asma, bronquite e até tosses, sendo um ingrediente muito utilizado em xaropes. Para quem que sofre com cólicas o seu uso também é indicado, especialmente em infusões. A hortaliça também auxilia a circulação do sangue, prevenindo problemas como a trombose e o envelhecimento das artérias e das veias. E por ser um alimento rico em antioxidantes, ela ainda atua na proteção do organismo, deixando-o mais protegido de doenças de uma maneira geral.

Cebola pera, é o tipo mais utilizado no Brasil

cebola faz bem aos idosos

Conhecida também como cebola amarela, essa é de longe a espécie mais consumida em nosso país. Por ser muito ácida é bem comum que ela seja seja refogada, assada ou mesmo frita antes de ser consumida, já que crua o seu sabor é considerado muito forte. Ela também pode ser usada com fins medicinais, aliviando os sintomas da dor de cabeça, por exemplo. Outro benefício é que ela ajuda a controlar o açúcar no sangue, sendo muito indicada para diabéticos.

Cebola pérola costuma ser encontrada em conserva

cebola faz bem aos idosos

Sabe aquela cebola que fica armazenada em conserva? Ela se trata de uma outra espécie, conhecida popularmente como cebola pérola ou branca. Seu sabor é mais adocicado, e por isso muitas vezes ela utilizada como uma boa alternativa à pera. Uma grande vantagem é que, por estar em conserva, pode absorver nutrientes de outros ingredientes utilizados nesse preparo, como alho ou azeite.

Cebola roxa possui um alto potencial antioxidante

cebola faz bem aos idosos

Assim como outros vegetais roxos, ela pode aparecer em sua dieta sem restrições, ainda mais porque ela é a mais indicada para ser consumida crua devido ao seu sabor suave. Por isso, ela é muito encontrada em sanduíches e saladas e é a cebola ideal para vinagretes. Uma de suas maiores vantagens é que ela diminui os níveis de colesterol no sangue, sendo muito benéfica para a saúde. Lembrando que todos os vegetais roxos possuem uma substância chamada antocianina, que tem um alto potencial antioxidante. Por isso, ela atua na prevenção doenças crônicas, como o câncer, a diabetes e a aterosclerose. Também é ótima para o cérebro, prevenindo o Mal de Alzheimer e a demência. Por fim, ela pode ser usada na dieta cromática, ficando no grupo de alimentos com as tonalidades roxa, preta ou azulada.

fonte: taeq

Veja também no Portal AVôVó:

Alho o alimento funcional e os benefícios aos idosos

 

AnteriorPróximo
Claudio Mello
O Avôvó é um portal colaborativo criado especialmente e inteiramente dedicado a um público cada vez mais conectado: a terceira idade. Aqui, não só o idoso se sente em casa. Nosso objetivo é também levar conteúdo relevante para familiares, amigos e profissionais que cuidam dessas gerações que chegam à melhor idade redefinindo conceitos e com cada vez mais interatividade e independência, mostrando que idade é só um número.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *