Lazer & Entretenimento

Canta que os males espanta!

cantando

Todos nós conhecemos a célebre afirmação do personagem Dom Quixote, da obra de Miguel de Cervantes, escrita há mais de 400 anos: “Sempre ouvi dizer: quem canta seus males espanta”.

E não é que ele estava certo?

É científico!

Estudos mostram que cantar produz endorfina, a mesma substância gerada quando realizamos exercícios físicos, fazemos sexo ou comemos chocolate.

Além de ter uma potente ação analgésica, esse hormônio também estimula a sensação de bem estar, autoconfiança, otimismo e conforto.

Faz bem para a saúde!

Cantar também diminui o stress, melhora a capacidade pulmonar e ativa o sistema cardiovascular.

Quando cantamos, trabalhamos os músculos abdominais e faciais.

Quem investe em um canto consciente e respeita seus limites e percepções individuais, associado aos cuidados relacionados à saúde vocal, além de observar ganhos na voz, poderá amenizar os efeitos do envelhecimento.

É, infelizmente a voz envelhece, pois como todos os músculos do corpo sentem o passar dos anos, com o músculo das pregas vocais (popularmente conhecida como cordas vocais) não seria diferente.

cantar

É benefício que não acaba mais…

· Cantar faz bem à saúde mental e corporal.

· Permite compartilhar com os outros uma experiência que proporciona um grande senso de comunidade.

· O sentimento de realização que vem para cantar uma música com a harmonia de vozes é extremamente motivador.

· Ele ajuda a fazer novos amigos.

· Melhoria da capacidade de escuta.

· Ela ajuda a melhorar a concentração e a memória.

· A canção melhorar o comportamento social e emocional das pessoas.

· Alivia a sensação de isolamento.

· Melhorar a integração social.

· Ele aumenta a autoestima e confiança.

· Enriquece o nível cultural, que ajuda a compreender o significado das palavras e leitura de poesia.

· Ele melhora a comunicação e promove o multiculturalismo.

· Desenvolve a capacidade de empatia com outros cantores e apreciar o grande, independentemente do estilo de cantar.

· Relaxar e aliviar a ansiedade.

· Soltar as emoções presas e diminuir a timidez.

· Abrir-se para o amor.

· Destravar na cama, pois colocar as cordas vocais para funcionar desbloqueia a sexualidade.

· Respirar corretamente.

· Melhorar a postura.

cantar

“Canta, canta, minha gente, deixa a tristeza para lá!”

A música pode trazer benefícios para corpo e mente.

Prova disto, é o caso da Maria José Sanches, de 57 anos, integrante do Coral Cantar Para Viver.

Só com sua participação no grupo de canto que ela conseguiu livrar-se do cigarro.

“A vontade de cantar ajudou bastante.

Sempre que sentia vontade de fumar, cantava; até que um dia abandonei o vício de vez.

Hoje tenho mais ar nos pulmões para conseguir sustentar algumas notas mais longas”, conta Maria.

Para ela, o canto é ainda a válvula de escapa para o estresse: “ Minha saúde melhorou, hoje consigo viver mais tranquila, pois a música mexe não só com o corpo, mas também com a mente, e porque não dizer com a alma?”

O maestro Vito, do Cantar Para Viver, contou também que, em sua história, costuma ouvir relatos de pessoas que se recuperaram de diferentes males a partir da música.

“Pessoas que tiveram problemas de depressão, por exemplo.

O coral, de certa forma, é uma excelente terapia.”

Ele lembra ainda que tocar instrumentos fortalece e melhora a coordenação motora.

Além disso, a música diminui o estresse e reforça o sistema imunológico, reduzindo os sentimentos de ansiedade, solidão e males que atingem a sociedade moderna, principalmente os idosos.

Fica a dica!

Por que não começar a cantar agora mesmo?

Há espaço para todos aqueles que querem cantar, sejam amadores ou profissionais.

Há chuveiro para todos!

Pense nisso!

Até mais!

fonte: nutrition store

Veja também no Portal AVôVó:

Caminhar e dançar. Isso faz um bem incrível!

AnteriorPróximo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *