Dicas de Alimentação

Conheça em detalhes cada tipo de leite e as suas qualidades

os benefícios e tipos de leite

Alimento é rico em cálcio e em ácido linoleico, substância que ajuda a combater doenças como diabetes e câncer.

A professora Licínia de Campos dá aula em uma faculdade de Nutrição, trabalha para uma associação que reúne produtores de leite, mas também faz seus próprios estudos.

O laboratório mais parece uma cozinha, mas lá não há carnes, verduras, legumes…. Só tem leite. Nele são feitas misturas, experimentos e a professora garante: o leite é um dos alimentos mais completos.

“Não só por seu valor proteico, mas por agregar vários tipos de nutrientes essenciais ao ser humano. E serve para pessoas de todas as idades”, explica a nutricionista.

Todos estão de olho no cálcio, mineral importante, especialmente para idosos, que podem ter os ossos enfraquecidos com o tempo, mulheres grávidas, que precisam de mais cálcio para a formação do bebê e ainda para garantir o crescimento saudável das crianças.

Mas algumas pessoas têm alergia ao leite e precisam de substitutos. E aí, o que fazer?

“A pessoa que tem alergia ao leite de vaca normalmente apresenta uma boa tolerância ao leite de cabra”, sugere a professora Licínia.

Para substituir o cálcio do leite, alguns apostam em verduras e legumes. Mas não é tão simples assim, segundo a professora. “Para a pessoa absorver a mesma quantidade que teria absorvido com uma xícara de leite, precisaria extrapolar no consumo de hortaliças, de vegetais. Um prato só não daria”, diz a especialista.

Uma outra dúvida aparece na hora de comprar o leite e por causa da grande variedade. 

tipos de leite

O que muda é a quantidade de gordura e de um nutriente: o ácido linoleico conjugado, CLA na sigla em inglês, como explica a professora:

“O ácido linoleico conjugado está sendo alvo de muitas pesquisas nos Estados Unidos por que ele combate a diabetes, combate a aterosclerose e combate o câncer”, diz a professora Licínia.

A diferença entre o leite desnatado e o integral é visível. Quando viramos o copo com o segundo, fica uma camada grossa, enquanto no desnatado ela some rapidamente. Aparentemente o leite integral é mais grosso que o desnatado.

Todos os tipos de leite têm a mesma quantidade de cálcio. Informação importante para Maria de Lourdes, de 53 anos, que já sente os ossos enfraquecerem. No caso dela, o ideal seria consumir três porções de produtos lácteos por dia, segundo a professora Licínia.

“Pode ter uma fatia de queijo, poder ser um pudim, um iogurte”, explica a nutricionista.

Alessandra, que é bancária, não gosta de leite. Ela só consome o produto junto com café ou achocolatado.

“Neste caso a absorção de cálcio já fica prejudicada por causa da cafeína. Mas ela pode substituir o leite por algum outro produto lácteo”, esclarece a professora.

tipos de leite

Na mistura com o chocolate vale a mesma dica: controlar a quantidade para não atrapalhar a absorção de cálcio.

Mas o que a doutora Licínia defende é que se coma de tudo. Tenha uma alimentação balanceada. Basicamente é o que pensa também a Vania Barberan, outra nutricionista. Ela explica onde encontrar o cálcio fora do leite.

“Nos vegetais verde escuro, nos folhosos em geral, como brócolis, couve principalmente, na salsinha, nas sementes, nos cereais integrais. Quando falamos em sementes também falamos das castanhas, das oleaginosas, que são as melhores fontes de proteína vegetal.

Agora falando sobre o CLA, o ácido graxo, tão importante para atletas, o que as pesquisas estão mostrando?

“As pesquisas sobre o CLA são como elemento isolado. No leite ele faz tão bem quanto todos os outros nutrientes presentes. O que a gente tem que entender é que o cálcio não deve sair do osso e devemos tomar medidas preventivas. Isso através do consumo moderado de todos os alimentos, principalmente cereais integrais e verduras com cor verde forte. E também o exercício físico. Agora, sem exposição ao sol não há cálcio que se consuma e seja absorvido. Então a gente tem que ter uma exposição moderada e exercício”, diz a doutora Vania.

Vejamos agora os tipos e as suas características, vantagens e benefícios:

O consumo de leite é um dos hábitos alimentares mais antigos cultivados por nossa sociedade. Esse alimento, considerado por muitos especialistas como essencial para a manutenção da nossa saúde, é fonte rica em proteínas, vitaminas e minerais, além de ser um importante ingrediente para várias receitas que fazem parte do nosso dia a dia.

Vários são os tipos de leite disponíveis no mercado e cada um apresenta suas principais características – nutricionais, de sabor e de aroma. Ficou curioso em conhecer mais sobre cada um deles? Abaixo apresentamos os principais tipos de leite que você vai encontrar para consumo!

Leite integral

tipos de leite - leite integral

O integral é o nome dado para o leite de vaca que não passa por nenhum processo de remoção de gordura, sendo consumido, portanto, com a grande parte de suas características nutricionais originais.

Esse é o tipo mais consumido do mundo e, portanto, também um dos mais conhecidos. Geralmente, são comercializados após um processo de pasteurização, que ajuda a garantir maior tempo de validade do produto e segurança ao consumir esse alimento.

Os integrais são alimentos com alto teor de gordura, que são naturais desse tipo de alimento, e que influenciam positivamente em outras características nutricionais do produto, como sua concentração de vitaminas lipossolúveis – A, K e as do complexo B. Esse tipo também conta com alta concentração de proteínas e cálcio e, por esse motivo, é considerado um alimento importante para a nossa saúde.

Seu sabor é bastante característico e intenso e, por isso, muitos apaixonados por leite não abrem mão de seu consumo.

Leite semidesnatado

tipos de leite - leite semidesnatado

O semidesnatado é o leite de vaca que passa por um processo de remoção de pelo menos 50% do volume de gordura total encontrada nesse alimento. Essa diminuição na concentração de gordura não afeta o volume de proteínas e de cálcio encontrados em um copo de leite e, por isso, essa é uma versão desse alimento muito valorizada por quem quer controlar a ingestão de calorias.

Apesar do menor valor calórico, esse tipo pode contar com menor concentração de vitaminas lipossolúveis quando comparado com sua versão integral, que devem ser repostas com a ajuda de outros alimentos que fazem parte da sua alimentação diária.

Leite desnatado

tipos de leite - leite desnatado

O desnatado é o leite de vaca que passa por um processo de remoção total das gorduras encontradas nesse alimento, sendo considerado portanto a versão menos calórica dos três tipos apresentados até aqui.

O baixo valor calórico, com manutenção do volume de cálcio e proteínas do alimento, é uma das vantagens desse tipo. Entretanto, para pessoas adaptadas ao consumo do integral, o sabor e aroma do desnatado podem deixar a desejar, visto que a gordura tem participação importante nessas características do alimento.

Leite de cabra

tipos de leite - cabra

O de cabra é um tipo de leite que, apesar de não ser tão popular no Brasil como o de vaca, tem seu valor nutricional relevante. Esse é um leite com maior volume de gorduras em sua composição, característica que pode elevar seu valor calórico, mas também beneficiar seu valor nutricional por conta da maior presença de algumas vitaminas e minerais.

Esse tipo de é muito utilizado por pessoas com intolerância ao de vaca, visto que pode ser mais fácil de digerir. Ele também é um alimento rico em proteínas, cálcio e outros nutrientes.

Seu sabor e aroma são bastante característicos e considerados mais marcantes do que o de vaca.

Leites especiais

tipos de leite - especial

Com o avanço da tecnologia no campo da alimentação, é natural que a indústria tenha conseguido desenvolver tipos de leite de vaca que podemos chamar de especiais, por apresentarem características diferentes de sua versão original.

Alguns bons exemplares desse tipo de leite são:

  • Com redução ou sem lactose (adaptados para intolerantes a esse tipo de açúcar);
  • Enriquecidos com ferro, cálcio e outros nutrientes, chamados também de “fortificados”.

Cada um desses tipos de leite atendem uma determinada necessidade dos consumidores desses alimentos e geralmente devem ter seu consumo recomendado por um especialista em nutrição.

Leites vegetais

tipos de leite - leite vegetal

O mercado de vegetarianismo e veganismo vêm crescendo gradativamente e, naturalmente, alternativas ao consumo do leite animal são cada vez mais comuns de se encontrar. Os leites vegetais são bebidas desenvolvidas a partir de alguns cereais, leguminosas e oleaginosas, que oferecem bons volumes de proteínas, vitaminas e minerais para quem não pode ou não deseja consumir o produto de origem animal.

Algumas das alternativas mais conhecidas de leite vegetal são:

  • de soja;
  • de amêndoas;
  • de arroz;
  • de quinoa;
  • de aveia;
  • de nozes.

Além de ser possível encontrar leites vegetais prontos para consumir, muitas pessoas optam por seu preparo em casa, para aproveitar o máximo de suas características nutricionais e sabor característico.

O leite é um alimento praticamente indispensável na mesa do brasileiro. Entretanto, a escolha do melhor tipo para você deve ser feita com a ajuda de um especialista em nutrição, já que as porções de consumo ideais podem variar para adultos, crianças ou idosos.

fontes consultadas: g1 e pão de açucar

Veja também no Portal AVôVó:

Mingau: um alimento nutritivo e saboroso para os idosos

AnteriorPróximo
O Avôvó é um portal colaborativo criado especialmente e inteiramente dedicado a um público cada vez mais conectado: a terceira idade. Aqui, não só o idoso se sente em casa. Nosso objetivo é também levar conteúdo relevante para familiares, amigos e profissionais que cuidam dessas gerações que chegam à melhor idade redefinindo conceitos e com cada vez mais interatividade e independência, mostrando que idade é só um número.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *