Decoração, Jardinagem

Cactos, como plantar, cuidar, manter e decorar

Cactos, como plantar, cuidar, manter e decorar : conheça as principais características deles para plantar e cuidar na sua casa.

Veja também mais de 30 fotos desses mimos na decoração.

Os cactos são plantas que atraem uma legião de fãs por serem espécies fáceis de cuidar e que possuem um aspecto muito bonito e diferenciado.

Com a popularização deles e a sua fácil adaptação é comum vermos espécies cada vez mais diferentes nas lojas especializadas.

Hoje falaremos sobre como cuidar de cactos:

Sua principal característica é o fato de sobreviverem em condições extremas de falta de água graças à sua capacidade de acumular água nos talos, folhas e raízes.

Em geral são cobertos por farpas e espinhos, portanto é muito fácil reconhecer um cacto.

São plantas ideais para as pessoas que não possuem habilidade para cuidar de plantas que demandam maiores cuidados, pois são plantas simples, versáteis e de poucos cuidados.

Confira as dicas para ter e manter um cacto sempre bonito.

Como cuidar de cactos: solo ideal

Resultado de imagem para cactos como decorar e cuidar

A terra ideal para cactos deve ser formada por uma mistura de folhas trituradas, areia grossa e argila.

A areia não pode ser muito fina, nem muito arrendondada para evitar a compactação do solo e prejudicar a drenagem da água.

Se o seu cacto for colocado no solo preparado de maneira correta, a sua planta vai ter pelo menos uns 4 a 5 anos de vida sem que você precisa adicionar fertilizantes.

À medida que ele for crescendo você pode acrescentar farinha de osso ou fosfato de tempos em tempos, de maneira gradual, nunca de uma só vez e adubo líquido.

O adubo sólido também pode ser colocado, mas é preciso que você adicione o adubo no local onde ficam as raízes e depois regar superficialmente.

Como plantar cactos

Imagem relacionada

Esse tipo de planta é muito versátil e se adapta a qualquer local, pois elas crescem à medida que possuem espaço.

Se não houver mais espaço, eles estacionam no tamanho que conseguiram chegar.

Portanto você pode plantar primeiro em vasos pequenos, na versão mini, que são uma fofura para ter dentro de casa sobre a mesa de centro, escrivaninha ou até na mesa do escritório e depois evoluir para espécies grandes que podem ornamentar um cômodo inteiro.

  1. Escolha o vaso ideal.
  2. Cactos podem ser plantados em qualquer tipo de vaso: plástico, cerâmica, vasos de barro, recipientes de vidro e até mesmo em xícaras.
  3. É importante que o vaso escolhido tenha furos para facilitar a drenagem da água ou o seu cacto pode morrer “afogado”.
  4. Preencha o vaso com o substrato próprio para cactos com terra misturada com areia e evite solo argiloso.
  5. Retire um broto da planta mãe com cuidado, pois os espinhos podem machucar e encaixe-o em um pequeno buraco feito na terra.
  6. Em até dois meses o seu broto vai desenvolver raízes.
  7. Para finalizar, cubra o vaso com pedrinhas ou cascalho.

Para replantar o cacto e fazer com que ele cresça, você deve providenciar um vaso grande que tenha de 25cm a 1 metro de profundidade.

Prepare o substrato conforme descrevemos acima, retire o cacto do vaso pequeno e transplante-o no vaso maior respeitando o mesmo nível que ele se encontrava.

Use sempre luvas para proteger as mãos quando for manusear os cactos, pois os espinhos machucam de verdade.

E mantenha o vaso com o cacto transplantado na sombra por alguns dias.

5 boas razões para ter um cacto em casa

Imagem relacionada

Requer pouca água

Se você é do tipo que esquece de cuidar das plantas ou simplesmente não tem tempo, pois viaja muito e passa muito tempo fora de casa, os cactos são perfeitos para embelezar a sua casa.

Eles não precisam de regas frequentes, pelo contrário, se você molhar demais, eles podem apodrecer e morrer.

Excesso de sol

Sua casa é muito quente e pega sol intenso nas áreas abertas?

Isso pode ser um problemão para cultivar certas plantas, mas não para os cactos. Eles precisam de muita luz direta e suportam altas temperaturas, então essa é a planta certa para o lugar que você mora.

Variedade de espécies

Existem cactos de todos os tipos e tamanhos, a variedade de espécies é enorme.

Você pode montar vasos com os mini cactos, pode criar um visual elegante e diferente com os de grande porte e eles podem ser acondicionados em qualquer local.

Quando o espaço para crescer acaba, ele estaciona.

Dispensam poda

Cactos não precisam ser podados, portanto são plantas muito práticas e que demandam poucos cuidados.

Eles são bonitos em seu formato original, cortar vai deixá-los esquisitos.

A natureza por perto

Resultado de imagem para cactos como decorar e cuidar

É sempre bom ter um pouquinho de verde dentro de casa e se você não tem condições de manter plantas que demandam um cuidado maior, invista nos cactos.

Eles passam aquela sensação boa de ter uma plantinha por perto e são muito resistentes.

Cactos coloridos

Você sabia que existem cactos vermelhos, amarelos, laranjas e até rosados?

O primeiro cacto colorido surgiu em uma estufa no Japão de maneira não intencional, ele foi considerado uma mutação de um cacto convencional e passou a ser reproduzido.

Hoje em dia eles são muito populares e você consegue encontrar cactos coloridos até mesmo em supermercados que vendem flores ou em lojas virtuais.

Porém, as espécies coloridas possuem uma grande diferença com relação aos cactos convencionais: elas são consideradas plantas sensíveis e mais difíceis de se cuidar.

Confira os cuidados necessários:

Resultado de imagem para cactos como decorar e cuidar

  • o substrato deve ser mais poroso e com pouca matéria orgânica
  • a rega deve ser muito moderada, evitando molhar as folhas e fazendo com que a água chegue diretamente à terra
  • o cultivo deve ser à meia-sombra, sem exposição direta ao sol

Mesmo com todos esses cuidados, a vida de um cacto colorido é menor do que a vida dos cactos convencionais.

Então se quiser uma planta para muitos e muitos anos, prefira os cactos convencionais, pois sua durabilidade é maior.

Como fazer um cacto florescer

Resultado de imagem para cactos como decorar e cuidar

Você sabia que os cactos também podem florescer?

Aliás, as flores de cactos são consideradas algumas das mais bonitas da natureza por conta de suas cores vivas e formas diferenciadas.

Antes de se empenhar em conseguir flores do seu cacto, verifique se ele floresce, pois não são todas as espécies que o fazem.

Procure se informar também qual é a época da floração para que você coloque adubo nele um ou dois meses antes com alto conteúdo de potássio.

No inverno é preciso afastá-lo do frio e diminuir ainda mais a rega para uma ou duas vezes no mês.

Mas não se desespere se o seu cacto não florescer logo na primeira tentativa, pois essas plantas possuem desenvolvimento lento e podem demorar anos para oferecer a sua primeira flor.

É preciso muita dedicação e paciência para desfrutar dessa maravilha da natureza, mas não desista.

Somente a título de curiosidade, você sabia que existe um gênero de cacto, o Cereus, mais conhecido como Mandacaru, que tem tamanho avantajado e uma flor branca que abre só por uma noite?

E você sabia que a flor-de-maio é considerada uma planta da família dos cactos?

Ela tem esse nome porque costuma florescer entre os meses de abril e maio e dá flores pendentes que lembram uma pequena orquídea.

Como você pode ver os cactos são plantas fenomenais que que você pode cultivar sem medo.

fonte: decor fácil

Veja a seleção de fotos do Portal AVôVó,  que fizemos no Pinterest, com cactos na decoração de diversos ambientes, para você se inspirar.

Vamos à elas:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Esperamos que você tenha gostados da seleção das fotos que separamos para você.

Você gosta de bromélias?

Veja como cuidar e muitas fotos para apreciar, clicando aqui

 

AnteriorPróximo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *