Estética & Beleza

O cabelo envelhece. Você está cuidando do seus fios?

os cabelos envelhecem sim

Assim como a pele, o cabelo envelhece; entenda quais são os fatores determinantes.

Assim como a pele e as unhas, você sabia que os cabelos também envelhecem? Seu diâmetro diminui, eles afinam, perdem velocidade de crescimento, se tornam mais secos, quebradiços e, por fim, surgem os fios brancos. Além disso, condições e hábitos danosos ao organismo, como o tabagismo, a exposição à poluição e a radiação solar, podem favorecer para que esse processo ocorra ainda mais rapidamente devido a liberação de radicais livres. Para saber mais sobre esse processo e como atenuá-lo, veja a entrevista com a dermatologista Flávia Ravelli, de São Paulo. Confira!

Entenda os fatores que influenciam o envelhecimento dos fios

cabelos envelhecem sim

Com o encurtamento na fase de crescimento capilar, as madeixas não têm tempo suficiente para tornarem-se grossas e compridas. Esse processo, até o momento, é irreversível e acelerado, principalmente, por fatores genéticos. Já o surgimento dos fios brancos é geralmente associado à produção de radicais livres em excesso que podem ser ocasionados por estresse físico e mental, por exemplo. “A produção demasiada dessas moléculas pode determinar a destruição precoce das células que dão cor e pigmento aos cabelos”, explica Dra. Flávia.

Além disso, o fumo, a poluição, o sol e hábitos prejudiciais também tendem a aumentar a liberação de radicais livres que aceleram o envelhecimento e o embranquecimento dos cabelos. Aliás, o próprio organismo conta com uma alteração no ciclo capilar ao longo dos anos e traz também a menopausa como outro fator determinante para as mulheres. Segundo a dermatologista, “a redução de estrogênio, nessa fase, deixa os fios mais ressecados e com frizz”.

Boas notícias: o envelhecimento não causa a queda capilar

cabelos envelhecem sim

A alopécia – também conhecida como queda de cabelo – pode ter diversas causas, mas o envelhecimento dos fios não é uma delas. Popularmente chamada de calvície, esta condição é determinada pela herança familiar e ocorre paralelamente ao envelhecimento das madeixas, sendo, no máximo, agravada por esse processo, que torna os fios menos densos, curtos e desprovidos de pigmentação.

Pratique os bons hábitos que desaceleram o envelhecimento capilar

cabelos envelhecem sim

Hábitos saudáveis são a melhor maneira de retardar o envelhecimento dos fios! Não fumar, não ingerir bebidas alcoólicas, manter uma alimentação saudável, praticar atividades físicas e evitar a poluição são os segredos para manter os cabelos, assim como a unha e a pele, com um aspecto vigoroso e sadio. Além disso, utilizar shampoos adequados ao seu tipo de cabelo, hidratá-los semanalmente e protegê-los dos efeitos da radiação solar diminuem as chances de quebra. Dra. Flávia também sugere o uso de algumas vitaminas: “A suplementação de biotina, ferro e zinco pode auxiliar no crescimento dos fios, desde que seguindo uma recomendação médica”.

fonte: dermaclub

 Identifique sinais de envelhecimento do fios

cabelos envelhecem sim

Nem todo mundo sabe mesmo, por isso é sempre importante lembrar: cabelo envelhece! Sim, as madeixas sofrem com a ação do tempo como qualquer outra parte do nosso corpo.

Mas como identificar se seus fios estão envelhecendo e entregando sua idade, ou fazendo você parecer ter uns anos além dos que indicam seu RG? Basta observar alguns detalhes, visíveis no próprio cabelo que revelam detalhes sobre a possível idade da cabeleira.

Ressecamento: 

Com a idade o couro cabeludo passa a produzir menos oleosidade e o resultado disso é que os fios recebem menor hidratação, logo ficam mais ressecados.

Fios Quebradiços:

O ressecamento dos fios pode ocasionar que eles quebrem com mais facilidade, dando aquele efeito “esfalerado”, como se o cabelo fosse desmanchando ao longo do seu comprimento.

Pontas Duplas:

Outra consequência do ressecamento, as famosas pontas duplas (ou triplas, ou quádruplas), caracterizadas pela abertura do fio em várias partes.

Frizz:

Cabelos ressecados tendem a ter mais frizz, aquela camada de partes que se destacam do restante da cabeleira dando a impressão de estar eternamente despenteada.

Cor Esmaecida:

Os efeitos do tempo também podem ser percebidos na cor dos fios, e não necessariamente na falta de pigmentação, mas no esmaecimento da cor, perdendo brilho e vivacidade no tom das madeixas.

Afinamento dos Fios:

Juntando todos os percalços ocasionados pela redução da produção de oleosidade natural acontece também o afinamento do fios, que muito ressecados acabam caindo. O resultado é a perda de volume.

Fios grisalhos:

Talvez a característica mais conhecida e evidente da idade avançada na cabeleira, a diminuição da produção de melanina propiciando a aparição de fios brancos e o efeito grisalho nos cabelos.

fontes: revistaglamour

Cabelo envelhece, sim, senhora! Está na hora de saber como evitar!

cabelos envelhecem sim

A gente costuma nem se dar conta ou pensar nisso, mas, assim como a pele, o cabelo também sofre com o envelhecimento causado por fatores ambientais. O mesmo sol que causa malefícios para a pele desgasta os fios capilares por meio da foto exposição aos raios UV, por exemplo. Junte-se a isso outros fatores e chegamos ao conceito de envelhecimento capilar. Afinal, quem nunca descoloriu o cabelo (dano químico) ou usou excessivamente prancha de alisamento (dano térmico)?

Até o ato de pentear o cabelo já provoca estresse mecânico, segundo a dermatologista Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia:

– Todos esses danos conectam-se ao envelhecimento intrínseco ou natural dos fios e contribuem para que o cabelo fique quebradiço, com diâmetro do fio menor, menos denso e espesso, além de sem brilho, mais fraco, áspero e desidratado – esclarece.

Os cabelos necessitam de cuidados

cabelos envelhecem sim

Segundo a dermatologista, o cabelo está submetido a diversas condições diárias que o desgastam. Como trata-se de uma matéria morta (ele só está vivo enquanto está dentro do folículo piloso), uma vez que seja danificado, não pode ser reparado em sua forma. Se, com frequência, efetuarmos secagens, processos químicos, estilização e exposição ao sol, os danos causados não poderão ser reparados naturalmente.

Os danos são divididos em: químicos, térmicos, mecânicos e solares.

Danos químicos

Os processos químicos de coloração e descoloração são os mais comuns. A dermatologista argumenta que, quando se pinta o cabelo, há uma perda proteica causada pela oxidação de aminoácidos no fio.
– Essa diminuição dos níveis de queratina leva a uma redução da força capilar, além da remoção de pigmentos naturais – comenta Claudia. – Quimicamente, o processo de tintura provoca a quebra das pontes de hidrogênio e salinas, o que vai resultar na perda de água e acentuar o comprometimento da resistência, maciez e brilho dos fios.

Danos mecânicos

O ato aparentemente inocente de passar a escova nos cabelos, quando não são usados produtos ideais, pode comprometer os fios.
– Pentes e escovas de borracha alteram o ponto isoelétrico do cabelo, o que leva a um desgaste da cutícula (parte externa do fio) e consequente exposição do córtex (parte intermediária do fio) – diz a especialista.

Pentes e escovas de borracha: perigo, perigo, perigo!!!!

Os cabelos envelhecem sim

Danos térmicos

A chapinha e o secador podem ser usados todos os dias, desde que seja utilizado um produto termoativo antes de submeter os fios ao aquecimento.
– A exposição da fibra capilar a altas temperaturas leva ao comprometimento da estrutura, além de perda de água. O segredo está em usar defrizantes com proteção térmica e protetores especiais para escovação – ensina Claudia.

Não perca nenhum conteúdo do Portal Avôvó! Informe seus dados e receba atualizações por e-mail.



Fios ao sol: eles também precisam de proteção contra os raios UV

Os cabelos envelhecem sim

Danos solares

Ao ficar muito tempo em exposição ao sol, os fios passam por um processo oxidativo devido a ação dos raios UV. Por isso a importância de investir em protetores também para eles.
– A luz solar afeta a cutícula do cabelo e catalisa a degradação das proteínas, além de provocar a oxidação da melanina através de radicais livres e o comprometimento da queratina. Os danos vão de descoloração do cabelo à redução da força dos fios e perda de brilho – enumera a dermatologista.

fonte: marikalil

Veja também no Portal AVôVó:

Saiba tudo sobre shampoo e qual o mais adequado

AnteriorPróximo
Claudio Mello
O Avôvó é um portal colaborativo criado especialmente e inteiramente dedicado a um público cada vez mais conectado: a terceira idade. Aqui, não só o idoso se sente em casa. Nosso objetivo é também levar conteúdo relevante para familiares, amigos e profissionais que cuidam dessas gerações que chegam à melhor idade redefinindo conceitos e com cada vez mais interatividade e independência, mostrando que idade é só um número.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *