Lazer & Entretenimento

Atividades diárias para você ficar mais inteligente.

atividade diárias para ficar mais inteligente

Atividades diárias para você ficar mais inteligente.

Algumas pessoas tendem a acreditar que a inteligência é algo imutável e inerente de alguns.

Porém, existem diversos métodos que podem aumentar as habilidades cognitivas e fazer com que as pessoas se tornem mais eficazes em suas atividades profissionais e pessoais.

Uma dica importante é que se você quer se tornar mais inteligente, deve criar hábitos que irão aumentar suas capacidades intelectuais e nutrir sua mente.

Veja então 18 coisas que você pode fazer todos os dias que irão aumentar seu potencial mental.

Questione tudo

Questione tudo

Você nunca deve assumir nada ou aceitar informações sem questionar primeiro!

Pense que o maior inimigo do conhecimento não é a ignorância, mas sim a ilusão do conhecimento, e a curiosidade e o questionamento são chaves para superá-lo.

Por exemplo, ao ler um jornal ou uma matéria na internet, procure questionar sobre o ponto de vista usado por aquele canal, ou buscar informações em outras fontes.

Se questionar sobre as coisas te deixa com um pensamento mais crítico, além de fazer seu cérebro trabalhar mais diante de informações.

Leia e assista notícias

Ler jornal

Além de te deixar bem informado, essa atividade irá exercitar mais o seu cérebro.

Você pode reservar meia hora durante sua manhã ou antes de dormir para ler um jornal ou assistir alguma notícia, isso irá adicionar interessantes tópicos e informações no seu dia, e ainda deixarão seu cérebro mais ativo.

Se aproxime de pessoas inteligentes

Pessoas inteligentes

Pessoas inteligentes têm coisas interessantes para falar.

Elas sabem como expandir sua mente e alimentar seu cérebro, então passar tempo com elas será bom para você em vários níveis.

Procure-as no trabalho, em organizações ou mesmo em seus momentos de lazer.

Ensine e compartilhe informações com outras pessoas

Explicar aos outros

Atividades diárias para você ficar mais inteligente.

Um modo de certificar de que você realmente aprendeu e que você absorveu as informações que estudou é tentando ensiná-la aos outros.

Explicar o que você aprendeu para alguém também irá te ajudar a gravar esse novo conhecimento.

É importante aprender novas informações, mas ser capaz de reter essa informação e ensinar aos outros é muito mais valioso.

Dedique um tempo para desenhar ou pintar

Desenhar

Desenhar pode agregar uma série de benefícios no seu dia, e você não precisa ser um artista para isso.

Além de melhorar a coordenação entre o olho e a mão, essa atividade envia sinapses aos neurotransmissores para ajudar a armazenar suas memórias de forma mais vivida e permanente.

E a pintura, além de alimentar as mesmas áreas do cérebro, também introduz texturas e cores novas para o estimular.

Por causa disso, os pintores costumam ter uma maior consciência em relação ao ambiente e ao que está ao seu redor.

Quer dizer que a pintura irá te incentivar a perceber mais detalhes do mundo.

Leia o máximo que puder

Leitura

A leitura é a maneira mais básica e simples de estimular a atividade cerebral.

Ela te ajuda a aumentar o seu vocabulário e usá-lo de modo mais prático, apresentando exemplos corretos do uso gramatical e te dando exemplos de frases bem escritas.

No entanto, isso é apenas metade da magia proporcionada pela leitura.

A leitura oferece uma oportunidade para o leitor fazer conexões gerais entre a literatura e a vida real.

Ler, ler, ler…

Seja pela ficção, não-ficção, literatura histórica ou poesia, a leitura será uma boa maneira de fazer seu cérebro viajar para novos lugares e contextos.

Além disso, à medida que sua imaginação trabalha para imaginar os lugares, pessoas, lugares e experiências a partir das palavras que você leu, seu cérebro se reconecta para entender e processar todas as novas informações.

E para que você tenha uma melhor experiência, busque fazer da leitura um hábito diário.

Mesmo que seja apenas um pouco por dia, essa atitude terá grandes resultados sob seu intelecto.

Anote o que você aprende

Anotar

Anotar as coisas que você aprende são uma ótima forma de aumentar sua capacidade mental, e você não precisa escrever muito ou de forma complexa.

E assim como a leitura, a escrita incentiva o crescimento do seu vocabulário e melhora a sua capacidade gramatical.

Isso também vai ajudar o seu cérebro a armazenar informações de maneira mais eficaz e promover melhores habilidades de memória.

Estudos mostram que os alunos que fazem anotações regularmente durante as aulas se saem melhor nas provas!

Isso porque a escrita nos obriga a prestar mais atenção aos diálogos, às nossas memórias e às experiências.

Faça pequenas mudanças em sua rotina

Mudanças

Mudar o caminho que você passa para ir ao trabalho já é algo que pode ativar o seu cérebro!

Assim como ir estudar em um novo café ou viajar para um país diferente.

Isso porque mudanças de estado são estimulantes para o cérebro.

Quando viajamos para um novo país, nosso cérebro precisa se adequar à nova linguagem, costumes e à cultura.

O ajuste a esses novos elementos força nosso cérebro a acordar para enfrentar novos desafios inesperados.

Além disso, ter que superar a barreira da linguagem para se comunicar força o cérebro a desenvolver maneiras criativas de expressar necessidades e emoções.

Descubra o que te motiva

Podcasts

Encontre algum assunto que te interesse e mergulhe nele.

É muito mais fácil ficar envolvido com um tópico ou atividade que você ache estimulante.

Você também pode buscar pelo formato que melhor estimule sua mente, seja um vídeo no YouTube, um podcast ou um jornal.

Será mais fácil aprender utilizando um método que seja prazeroso para você.

Cultive sua saúde física

Saúde física

Atividades diárias para você ficar mais inteligente.

Sabemos que é o corpo que alimenta o cérebro, e por isso, se manter em boas condições físicas é crucial para esse órgão funcione de maneira adequada.

Fadiga mental, falta de motivação e ausência de criatividade geralmente estão ligadas ao sedentarismo, falta de sono ou dietas inadequadas.

Estudos mostram que pessoas que se exercitam de forma regular têm maiores pontuações de Q.I.

Isso porque além de manter um corpo forte, essas pessoas também estimulam o crescimento das células cerebrais ao se exercitar.

A explicação para isso está num processo chamado neurogênese, que ocorre durante os exercícios rigorosos, aumentando a produção de neurotransmissores.

Outro efeito dos exercícios é o aumento da dopamina, que pode melhor reduzir níveis de estresse, e melhorar sua energia e concentração.

Coloque seus novos conhecimentos em prática

Aplicar conhecimento

Não faz sentido se esforçar para aprender alguma coisa, se isso não vai ter consequências reais na sua vida, lhe tornando mais inteligente, o inspirando a melhorar ou trazendo mudanças de atitude.

Pessoas inteligentes aplicam o conhecimento que adquirem!

Além de dar uma utilidade para as informações que você aprendeu, isso o ajudará a fixar as novas ideias.

Fique atento em como você usa seu tempo online

Tempo online

É muito difícil não se render aos smartphones durante a pausa entre um trabalho e outro, mas esse tempo não precisa ser gasto em redes sociais, ou vendo vídeos engraçados na Internet.

A web está repleta de grandes recursos de aprendizado, como cursos online, tutoriais, palestras intrigantes do TED, e outras ferramentas.

Substitua alguns minutos de memes por algo mais mentalmente nutritivo.

Pratique um pouco de meditação

Meditar

Saber controlar e acalmar seu cérebro é tão importante quanto melhorar sua atividade lendo e aprendendo coisas.

A medicina estuda os efeitos que a meditação tem no cérebro há vários anos e os resultados são impressionantes.

Pessoas que lutam contra a ansiedade, depressão e outras doenças mentais podem encontrar na meditação uma grande ferramenta para se acalmar e melhorar seu foco.

Evite a tecnologia para manter o cérebro em forma

Desligar tecnologia

Apesar da tecnologia trazer maravilhas e facilidades para o mundo moderno, a dependência tecnológica acaba sendo um problema na hora de ajudar o cérebro a resolver problemas e se adaptar a novos ambientes.

Tente fazer algumas atividades sem a ajuda do seu celular, como encontrar um caminho sem o GPS, ou resolver problemas matemáticas sem usar a calculadora.

Faça que seu cérebro trabalhe para você e veja os resultados.

Não pare de estudar

Estudar

A educação é um dos melhores investimentos de tempo, dinheiro e energia que você pode fazer, e não importa a idade para isso.

Embora a educação seja de grande importância durante a infância e adolescência, os adultos costumam subestimar sua capacidade de aprender novos conceitos e habilidades.

Se desafie a entrar num curso novo, seja presencial ou na internet.

Continuar estudando é uma oportunidade perfeita para o cérebro criar novas conexões e melhorar sua inteligência, além de te aproximar de pessoas que estão buscando conhecimento.

Aprenda a tocar um instrumento

tocar instrumento

Atividades diárias para você ficar mais inteligente.

Aprender a tocar um instrumento tem benefícios notáveis para o cérebro.

A prática de instrumentos musicais irá te auxiliar com a coordenação motora, memória, concentração, e até mesmo com habilidades matemáticas.

Apesar de alguns instrumentos serem mais difíceis de aprender do que outros, qualquer um deles irá trabalhar no aperfeiçoamento do seu funcionamento cognitivo.

Seja treinando seu dedos para dominar passagens musicais no piano, ou contando as batidas de um ritmo, a prática de instrumentos irá trabalhar diversas regiões do cérebro.

Interaja com outras pessoas

Embora a inteligência lógica seja a mais conhecida e procurada por todos, a inteligência emocional também desempenha um papel igualmente vital para o sucesso.

Interagir com outras pessoas te ajuda a ver além do seu próprio pensamento, ganhar novas ideias e perceber as coisas por uma perspectiva diferente.

Deixe um tempo para refletir

Pensando

Recebemos tantas informações e estímulos durante o dia que é muito fácil nos distrairmos.

É comum que esqueçamos de lições e passemos de uma atividade para outra sem parar para considerar o que aprendemos com ela, ou o que determinada experiência significou para você.

Você pode mudar isso arranjando um espaço para que seu cérebro processe o que ele aprendeu durante o dia.

Afinal, refletir é uma parte fundamental no processo de aprendizagem.

Como você pode ver, existem muitas técnicas e hábitos que podem fazer você aumentar seu poder intelectual.

Coloque algumas delas em prática e veja até onde você consegue chegar.

fonte: hipercultura

nutrientes para memória dos idosos

Nutrientes que turbinam o cérebro e a memória dos idosos. Clique para saber mais

AnteriorPróximo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *