Dicas de Alimentação

Alho o alimento funcional e os benefícios aos idosos

alho faz bem aos idosos

Há muito tempo que o alho vem sendo utilizado, não só na culinária, como tempero que garante um sabor especial, mas também em tratamentos de diversos males corporais. Sociedades antigas, no Egito, Grécia e Índia, já o empregavam em fórmulas medicinais. Na idade Média, era considerado tão poderoso, que a cultura popular consagrou o seu uso, pendurado em réstias pelas paredes, como uma verdadeira arma para proteger as casas de visitas indesejáveis de vampiros.

Crendices à parte, as pesquisas modernas endossam o que os antigos, em sua sabedoria aplicavam no dia-a-dia: o alho tem efeitos benéficos comprovados. Funciona como antitérmico e expectorante natural, sendo amplamente utilizado em casos de bronquite e asma.
Em cortes ou lesões na pele, funciona como antisséptico; seu poder é superior ao do álcool a 90º.

Embora o sabor do dente de alho puro nem sempre agrade ao paladar, age como desinfetante na boca, estimulando diversas funções, entre elas a secreção salivar e a de suco gástrico. ’’O alho aumenta o apetite, regula a digestão e combate as fermentações pútridas do intestino’’.

Chás feitos com a folha do alho combate a diarréia, colites e parasitoses intestinais.

Efeitos Benéficos

Se a importância do alimento para o bom funcionamento do aparelho digestivo é indiscutível, no campo da medicina cardiovascular, suas propriedades são ainda mais evidentes. ‘‘O alho fresco possui alina, um amino-ácido sulfurado que se transforma em alicina, princípio ativo antisséptico e eficaz no tratamento de doenças coronarianas’’. Sua ação no aparelho circulatório é auxiliar na prevenção de eventuais tromboses em vasos arteriais importantes, que irrigam coração, pulmão e cérebro.

As tromboses são conseqüência de coágulos sanguíneos que se formam e se desprendem podendo criar bloqueios no fluxo. E o alho tem justamente a propriedade de diminuir a agregação plaquetária e a quantidade de fibrinogênio. Igualmente importante é a sua capacidade de baixar a pressão arterial, o nível do mau colesterol e dos triglicerídeos. Por isso, o consumo de um dente de alho, 3 vezes ao dia é recomendado pelos médicos, principalmente para pessoas que estão no grupo de grande risco para o infarto, como diabéticos, hipertensas, obesas, com hipertireoidismo e que costumam exceder-se no tabagismo e bebidas alcoólicas.

O consumo de 3 dentes de alho por dia diminui o LDL, que é a lipoproteína que transporta colesterol para os tecidos. Nos diabéticos, a ingestão regular ajuda a controlar o nível de glicose.

alho faz bem aos idosos

Para a saúde, a melhor forma de consumir o alho é cru mesmo. Frito ou cozido, porém, ainda conserva propriedades medicinais. Para conseguir uma ação preventiva e curativa, é preciso incluí-lo na rotina diária. ‘‘Ao tomar uma sopa, comer uma salada ou pão, aproveite e jogue pedacinhos de alho cru por cima’’. O ideal é ingerir, além de 3 dentes de alho ao dia, uma ou duas cebolas cruas, aí então, o remédio estará completo. Tanto o alho como a cebola são ricos no mineral germânio, antioxidante, capaz de neutralizar a ação dos radicais livres. Mas, nada de exagero no consumo, para não causar irritações gástricas.

Quando há equilíbrio interno no organismo, os reflexos manifestam-se logo no visual. E o uso freqüente do alho, na dosagem recomendada pelos médicos, promove uma reorganização no funcionamento dos órgãos que acaba se refletindo na aparência externa. Uma vez que o alho fortalece as paredes das capilares e artérias, melhorando a circulação sanguínea, este movimento de dentro-para-fora, manifesta-se através de uma pele luminosa, com mais tônus e elasticidade. Toda a área periférica da pele passa a ser melhor irrigada e, portanto, ganha um aspecto mais saudável e bonito.

Segundo o Dr. Juliano Pimentel:

Antigamente o alho era prescrito para o tratamento de  uma variedade de condições médicas. E a ciência moderna confirmou recentemente muitos destes efeitos benéficos para a saúde.

Neste artigo,  os principais benefícios do alho para a saúde (todos apoiados pela ciência).

Benefícios Do Alho

  1. Rico em alicina

Ele é uma planta da família Allium, intimamente relacionado com cebolas, chalotas e alho-poró.

Cresce em muitas partes do mundo e é um ingrediente popular na cozinha devido a seu cheiro forte e gosto delicioso.

No entanto, ao longo da história antiga, o principal uso dele foi para a saúde e propriedades medicinais.

Seu uso foi bem documentado por todas as grandes civilizações, incluindo os egípcios, babilônios, gregos, romanos e chineses.

Sabemos agora que a maioria dos efeitos sobre a saúde são causados por um dos compostos de enxofre formado quando um dente de alho é picado, esmagado ou mastigado.

Este composto é conhecido como alicina, e também é responsável pelo odor do alho.

A alicina entra no corpo a partir do trato digestivo e viaja por todo o organismo, onde exerce seus potentes efeitos biológicos.

  1. Rico em nutrientes

Ele é incrivelmente nutritivo.

Uma porção de alho de 28 gramas contém:

  • Manganês;
  • Vitamina B6;
  • Vitamina C;
  • Selênio;
  • Fibra.

Ele também contém vestígios de vários outros nutrientes, como cálcio, cobre, potássio, fósforo, ferro e vitamina B1.

Na verdade, ele contém um pouco de quase tudo o que precisamos.

  1. Combater as doenças

O alho ajuda a melhorar a função do sistema imunológico.

Um grande estudo de 12 semanas descobriu que um suplemento diário de alho reduziu o número de resfriados em 63% em comparação com o placebo (4).

O comprimento médio dos sintomas de resfriado também foi reduzido em 70%, de 5 dias em placebo para apenas 1,5 dias no grupo que consumiu alho (5).

Se você fica resfriado com facilidade, adicionando alho para sua dieta pode ser extremamente útil.

  1. Reduzir a pressão sanguínea

Doenças cardiovasculares como ataques cardíacos e acidentes vasculares cerebrais são os maiores assassinos do mundo.

A pressão arterial elevada, ou hipertensão, é uma das principais causas destas doenças.

Estudos feitos em humanos descobriram que a suplementação de alho tem um impacto significativo na redução da pressão arterial em pessoas com pressão arterial elevada.

    1. Melhora os níveis de colesterol

Ele pode diminuir o colesterol total e LDL.

Para aqueles com colesterol elevado, a suplementação de alho parece reduzir o colesterol total e / ou LDL em cerca de 10-15%.

Olhando para LDL (o “mau”) e HDL (o “bom”) colesterol especificamente, o alho parece diminuir LDL, mas não tem efeito sobre o HDL.

      1. Rico em antioxidantes

Os danos oxidativos dos radicais livres contribuem para o processo de envelhecimento.

Ele contém antioxidantes que suportam os mecanismos de proteção do corpo contra danos oxidativos.

Altas doses de suplementos de alho foram mostrados para aumentar as enzimas antioxidantes em seres humanos, bem como reduzir significativamente o estresse oxidativo naqueles com pressão arterial elevada.

Os efeitos combinados na redução do colesterol e da pressão arterial, bem como as propriedades antioxidantes, podem ajudar a prevenir doenças cerebrais comuns como o Alzheimer e demência.

      1. Ajuda a viver melhor

Dado os efeitos benéficos sobre fatores de risco importantes como a pressão arterial, faz sentido que o alho pode ajudá-lo a viver mais tempo.

Combater doenças infecciosas também é um fator importante, porque estas são causas comuns de morte, especialmente em idosos ou pessoas com sistemas imunológicos disfuncionais.

      1. Melhora o desempenho atlético

alho faz bem aos idosos

O alho foi uma das primeiras substâncias que melhoram o desempenho físico.

Ele foi tradicionalmente usado em culturas antigas para reduzir a fadiga e aumentar a capacidade de trabalho.

Mais notavelmente, foi administrado a atletas olímpicos na Grécia antiga.

Estudos feitos com roedores mostraram que o alho ajuda com o desempenho durante exercícios.

Outros estudos sugerem que a fadiga induzida pelo exercício pode ser reduzida com o consumo de alho.

      1. Ajuda a desintoxicar

Em doses elevadas, os compostos de enxofre no alho protege contra lesões de órgãos de toxicidade de metais pesados.

Um estudo de quatro semanas feito em funcionários de uma fábrica de baterias de automóveis (exposição excessiva ao chumbo) descobriu que o alho reduziu os níveis de chumbo no sangue em 19%.

Também reduziu muitos sinais clínicos de toxicidade, incluindo dores de cabeça e pressão arterial.

      1. Melhorar a saúde dos ossos

Estudos feitos com roedores mostraram que o alho pode minimizar a perda óssea.

Um estudo feito em mulheres na menopausa descobriu que uma dose diária de alho diminuiu significativamente um marcador de deficiência de estrogênio.

Isto sugere que ele pode ter efeitos benéficos na saúde óssea em mulheres.

Alimentos como alho e cebolas também têm demonstrado ter efeitos benéficos sobre a osteoartrite.

      1. Fácil De Incluir Em Sua Dieta

O último não é um benefício para a saúde, mas também é importante.

É muito fácil (e delicioso) incluir o alho em sua dieta atual.

Ele complementa a maioria dos pratos salgados. O seu sabor forte também é ótimo para temperar carnes, legumes e saladas.

A dose eficaz mínima para efeitos terapêuticos é de um dente de alho comido com as refeições, duas ou três vezes por dia.

No entanto, tenha em mente que existem algumas desvantagens de comer, como o mau hálito. Há também algumas pessoas que são alérgicas a ele.

Se você tem um distúrbio hemorrágico ou está tomando medicação para diluir o sangue, fale com o seu médico antes de aumentar o consumo de alho.

O composto ativo alicina só se forma quando o alho é esmagado cru. Se você cozinhar antes de esmagá-lo, então ele não terá os mesmos efeitos sobre a saúde.

Quando consumido de maneira correta, dentro de uma alimentação de verdade, é um alimento muito saudável com vários benefícios para o seu organismo.

Dicas Para Aproveitar O Alho

alho faz bem aos idosos

1. É comum, após o consumo, uma halitose característica. Para conseguir comer um belo filé ao alho, por exemplo, sem deixar rastros, uma ótima dica é ingerir suco de limão ou laranja logo a seguir. Mastigar por algum tempo alface, salsa, aipo, erva-doce, grãos de coentro e casca de maçã também solucionam esse incômodo.

2. Uma receita caseira que ajuda a dilatar as vias aéreas superiores e permite respirar melhor: coloque 3 dentes  numa xícara de chá fervendo e faça inalação. É ótimo também para aliviar dores de garganta, faringites e amigdalites.

3. Para acabar com a gripe, pegue um dente de alho e corte em quatro pedaços. Deixe tudo em um copo com água, em maceração, à noite, por 12 horas. Pela manhã, em jejum, tome a mistura. Repita por 2 ou 3 dias e terá alivio rápido da doença.

4. Ótimo também para diminuir o colesterol é tomar um chá feito com um dente de alho fervido em um copo de água.

Veja também no Portal AVôVó:

Empanadas deliciosas. Como fazer?

AnteriorPróximo
O Avôvó é um portal colaborativo criado especialmente e inteiramente dedicado a um público cada vez mais conectado: a terceira idade. Aqui, não só o idoso se sente em casa. Nosso objetivo é também levar conteúdo relevante para familiares, amigos e profissionais que cuidam dessas gerações que chegam à melhor idade redefinindo conceitos e com cada vez mais interatividade e independência, mostrando que idade é só um número.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *