Frutas

8 benefícios das frutas secas: elas regulam o intestino e até ajudam na dieta

frutas secas

Como todo alimento, as frutas secas devem ser consumidas com moderação. No processo de desidratação o açúcar fica concentrado e por isso elas se tornam mais calóricas.

Encontradas em pequenas embalagens nos supermercados ou a granel, as frutas secas como damasco, uva passas, ameixas, maça e tâmaras vão muito além do sabor.

Elas fazem parte do quadro de alimentos que beneficiam a saúde porque têm um alto valor nutricional, trazem vantagens para o organismo e ainda podem ser aliadas na perda de peso quando consumidas da forma correta.

Muita gente usa as frutas secas para substituir aquele docinho quando está de dieta, mas é preciso ter cuidado.

Apesar de deliciosas, as frutas secas não devem ser consumidas em excesso, já que possuem mais calorias que as frutas comuns.

Isso porque elas passam por um processo industrial para eliminar a água contida nelas, o que concentra os açúcares naturais, tornando-as mais doces. Apesar disso, o processo também concentra os nutrientes e, por isso, as informações nutricionais permanecem intactas após a desidratação.

frutas secas

“Cheias de benefícios, saborosas e, melhor ainda, são ótimas opções para lanches intermediários por serem práticas e fáceis de levar na sua bolsa: algo que ajuda a não comer besteiras na rua.

As frutas secas mais conhecidas são damasco, ameixas, uvas passas e tâmaras, cada uma tem o seu benéfico em particular. “, ressaltou a nutricionista Paola Lisboa.

As frutas secas também são conhecidas por darem um toque especial nas refeições, proporcionando um sabor agridoce, e uma das suas maiores vantagens é que elas estão disponíveis o ano inteiro.

Outro ponto positivo é que esses alimentos geralmente têm validade de até 06 meses, sem a necessidade de manter na geladeira.

Confira 8 benefícios das frutas secas para seu organismo:

frutas secas

1. Algumas frutas secas como o damasco são ricas em vitamina A, o que é ótimo para a visão e reforça o sistema imunológico.

2. São extremamente ricas em vitaminas do complexo B (como B1, B2, B3, B6) e em ácido pantotênico, que é fundamental para o bom funcionamento do sistema neurológico.

3. São ricas em minerais como cálcio, ferro, magnésio, fósforo, potássio, cobre e manganês, que desempenham funções estruturais e biológicas vitais para a manutenção da vida.

4. Algumas delas, como as ameixas, são ricas em fibras e ajudam a regular o intestino pelo seu poder laxativo.

5. Frutas secas como as uvas passas possuem função cicatrizante, ajudando no desenvolvimento dos glóbulos vermelhos e auxiliando no combate de doenças renais e até a anemia. Além disso elas ainda podem ajudar na prevenção da osteoporose.

frutas secas

6. Algumas frutas secas como as tâmaras podem ser boas para a pressão arterial, mas vale tomar cuidado por causa do valor calórico.

7. As tâmaras também são uma ótima fonte de energia imediata, sendo uma opção para o pós-treino de praticantes de atividade física.

8. Elas matam a vontade de comer doces sem fugir da dieta.

Conheça um pouco mais sobre as vários tipos de frutas secas

Ameixa-preta

É fácil encontrá-la o ano todo, vendida com ou sem caroço, a granel ou em lata, às vezes com xarope de açúcar. É a opção favorita para entrar na calda de pudins e manjar branco.

Pode ser um pouco resistente à mordida, mas fica excelente depois de cozida com água e açúcar. Faz boa companhia aos assados natalinos, como tender.

Figo

Em geral, os que chegam por aqui vêm da Turquia. Alguns são maiores e achatados, de casca seca e interior úmido e repleto de sementes; outros são redondos e bem secos. Fazem par perfeito com nozes e com queijo de cabra.

Figos rami, secos e embebidos em uma grossa calda de açúcar, ficam ainda mais gostosos com um pouco de creme fresco batido e salpicados de nozes moídas.

Damasco

damasco

De acidez agradável, o damasco é encontrado em duas versões: seca e ácida ou doce e úmida – a última é fácil de rechear com cremes de queijos e castanhas. Cortado em pedaços, combina com cuscuz marroquino.

Também pode ser usado em calda de doces e pudins.

Goji berry

De origem chinesa, tem o tamanho de uma uva-passa, de formato oval e pontudo e cor vermelha-escura. É um tantinho azeda no paladar, o que a torna interessante para o preparo de farofas, bolos e até no arroz. Nos fornece diversos benefícios.

Fica muito saborosa também em sucos que misturam frutas frescas e água de coco.

Tâmara

frutas secas

Cultivada há milênios no Oriente Médio e na África, as tâmaras são fruto de uma palmeira do deserto. As mais saborosas (e caras) são as do tipo medjool, tão doces a ponto de serem usadas para substituir o açúcar em sobremesas. Há versões menores, mais duras, mas igualmente saborosas.

Assim como os damascos, ambas são ótimas para rechear e servir como aperitivo. Lembre-se de retirar o caroço antes de servir.

Uva-passa

frutas secas

Está entre as frutas secas mais versáteis e baratas. Além do panetone, entra no arroz, na farofa, em caldas para assados e como recheio de aves e carnes vermelhas. As brancas são mais azedinhas que as escuras.

Em alguns mercados, uvas-passas são vendidas ainda nos cachos, o que permite rechear uma a uma com creme de gemas e açúcar ou doce de coco.

fonte: taeq e casa e jardim

Veja também no Portal AVôVó:

Frutas são essenciais na alimentação dos idosos!

 

AnteriorPróximo
O Avôvó é um portal colaborativo criado especialmente e inteiramente dedicado a um público cada vez mais conectado: a terceira idade. Aqui, não só o idoso se sente em casa. Nosso objetivo é também levar conteúdo relevante para familiares, amigos e profissionais que cuidam dessas gerações que chegam à melhor idade redefinindo conceitos e com cada vez mais interatividade e independência, mostrando que idade é só um número.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *