Receitas Salgadas

7 dicas para fazer o purê perfeito

purê perfeito para idosos

O tipo de batata, a temperatura da água e até a sequência de temperos colaboram para que a receita se torne inesquecível.

Vamos então ao que interessa que é fazer o nosso purê perfeito. Preparada? Mãos à obra!

Resultado de imagem para purê perfeito
foto ilustrativa

Receita do Purê perfeito

1. A batata correta

Escolha batatas do tipo asterix com a casca avermelhada.

Além de fixar melhor o sabor dos temperos, elas absorvem menos água, ou seja, o risco de o purê virar uma papa é muito menor.

2. Sal

A dica é colocar o sal na água do cozimento.

Dessa forma, o tubérculo absorve o tempero e você não precisará adicionar muito mais.

3. Temperatura da água

Coloque água fria na panela, adicione o sal e já coloque as batatas.

Não espere a água ferver, assim você evita que os tubérculos não cozinhem por inteiro.

4. Escorra bem

Após o cozimento, escorra bem as batatas para evitar que o purê fique aguado.

Uma boa dica é aquecê-las um pouco antes de amassar para garantir que a água evapore.

5. O jeito correto de colocar os temperos

Na hora de adicionar a manteiga, espere o ingrediente chegar à temperatura ambiente.

Outra dica é colocar o leite morno.

Além de ajudar a derreter melhor a manteiga, deixa o purê mais macio.

6. Amasse com carinho

Pode parecer irônico, mas na hora de amassar as batatas, o ideal é ter calma e evitar repetir, muitas vezes o processo.

Isso porque os tubérculos soltam amido, o que deixa o purê com aspecto granulado.

7. Nada de adiantar o preparo

Deixar tudo pronto é bem melhor do que fazer a comida na hora.

Mas quando falamos em batata, as coisas não são exatamente assim.

Deixar o seu purê pronto de um dia para o outro é um grande erro.

Isso porque o prato perde sabor e aquela cara bonita.

Veja também no Portal AVôVó:

Sopa de carne, deliciosa, nutritiva e econômica

 

AnteriorPróximo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *