Nacional

4 lugares perfeitos para viajar na terceira idade

4 lugares perfeitos para viajar na terceira idade.

Além de viver mais, os brasileiros estão querendo viajar com mais frequência na terceira idade, explorando os destinos turísticos brasileiros.

Após passar uma vida toda trabalhando, chegar na terceira idade pode ser sinônimo de descanso e lazer.

Boa infraestrutura e conforto são alguns dos itens que determinam a escolha dos destinos ideias para a terceira idade, que geralmente gosta de viajar em grupos e se diverte tanto quanto os jovens.

Para facilitar a vida desses turistas, o Guichê Virtual reuniu 4 lugares perfeitos para viajar na terceira idade.

Veja 4 lugares perfeitos para viajar na terceira idade que separamos para você:

São Luiz do Paraitinga (SP)

São Luiz do Paraitinga é ótimo para viajar na terceira idade

Localizada no meio da Serra do Mar, entre Taubaté e Ubatuba, a pequena cidade é praticamente um museu a céu aberto.

Isso porque São Luiz do Paraitinga guarda um belo e conservado patrimônio histórico, formado por casarões dos séculos 18 e 19.

A cidade é um lugar convidativo para viajar na terceira idade, já que tem diversos pontos de visitação muito acessíveis.

O Instituto Elpidio dos Santos é um desses.

O local apresenta exposições que abordam a história do músico, a tradição cultural da região e o processo de formação da cidade.

A Casa Dr. Oswaldo Cruz também merece sua visita!

O lugar foi construído em 1834, em taipa de pilão e, como o próprio nome indica, foi nesta casa que nasceu Oswaldo Cruz, importante médico sanitarista.

A igreja Matriz, a igreja do Rosário, além da capela Nossa Senhora das Mercês também são importantes pontos de visitação em São Luiz do Paraitinga.

O melhor é que todos os passeios podem ser feitos a pé.

Passa Quatro (MG)

Passa Quatro é o destino ideal para viajar na terceira idade

É uma cidade encantadora, localizada nas Terras Altas da Mantiqueira, e considerada um dos melhores destinos para viajar na terceira idade.

Passa Quatro oferece atrações que vão desde as históricas casas coloniais ao tradicional passeio de maria fumaça.

Além disso, o friozinho do entardecer e a saborosa comida mineira tornam a cidade ainda mais interessante.

O charmoso centrinho pode ser conhecido a pé, em um passeio despretensioso, mas que revela as belezas das construções do século 19.

A maria fumaça, conduzida por uma locomotiva de 1929, é um belo passeio.

O cenário é de tirar o fôlego: é possível contemplar ao longo do trajeto a floresta de Mata Atlântica, em meio a vales e montanhas.

Outra grande atração de Passa Quatro é o Brasil Nota 10, um museu de cenários históricos em miniatura.

Gramado (RS)

Lago Negro, em Gramado, um destino perfeito para viajar na terceira idade

A arquitetura europeia, o friozinho, a gastronomia e os deliciosos chocolates artesanais fazem de Gramado uma ótima cidade para viajar na terceira idade.

Há passeios de trem, rota do vinho, neve artificial no festival de final de ano e o famoso chocolate quente da cidade.

As atrações são para todos os perfis.

É uma cidade acolhedora e muito bem organizada.

Em Gramado, você também poderá desfrutar das culturas alemã e italiana, das ruas com belas hortênsias e de bons restaurantes.

Entre junho e agosto acontecem o famoso Festival de Cinema e o Festival de Inverno.

Se quiser aproveitar para conhecer outras cidades do entorno, Canela é uma boa pedida.

O município fica a apenas 9 km de distância de Gramado.

Caldas Novas (GO)

Caldas Novas é o destino ideal para viajar na terceira idade

Por fim, um dos destinos mais cobiçados pelos turistas da terceira idade é Caldas Novas.

Não é à toa que a cidade recebe cerca de um milhão de turistas por ano.

O destino tem o maior complexo hoteleiro do Centro-Oeste, com hotéis e resorts que oferecem uma bela estrutura.

As águas termais, que brotam do chão e que chegam aos 50ºC, são procuradas por suas propriedades terapêuticas ou apenas para relaxar.

Caldas Novas leva o título de maior estância hidrotermal do mundo!

Os resorts da cidade oferecem uma excelente estrutura, com muitas atrações em suas dependências.

Por isso, é possível passar dias apenas dentro dos resorts tamanha a diversidade das atividades.

fonte: guichê virtual

Já conhece Serra Negra em São Paulo? Clique aqui para saber mais

AnteriorPróximo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *