Dicas de Alimentação

12 alimentos que você pode comer diariamente

alimentos ideais

A ciência moderna nos mostrou que muitos problemas que estamos vivendo são culpa nossa. Como assim? Isso mesmo! Péssimos hábitos nos levaram a perder a saúde. Por isso, a alimentação se tornou uma grande preocupação da humanidade nas últimas três décadas. Com a nova onda fitness, propaganda, fazer exercícios físicos com frequência e manter uma dieta rigorosa se tornou mais que um simples interesse em manter um corpo bonito, virou um estilo de vida. A partir daí veremos quais são os alimentos ideais para o nosso corpo e que podem ser consumidos diariamente.

Não é preciso ser tão rígida, mas é possível aprender com elas que com determinação é possível mudar a alimentação para melhor. Deixar para trás as frituras, gorduras e tudo o que faz mal em exagero. Investir em legumes, verduras e frutas é a chave para uma vida mais saudável e uma dieta rica em nutrientes.

E encontrar alimentos que devem ser ingeridos diariamente é mais fácil do que se imagina. É só ir ao supermercado ou à feira do eu bairro que você encontrará todos os nutrientes de que precisa para viver bem. E engana-se quem pensa que uma boa dieta custa caro. Se alimentar bem não custa caro, os alimentos básicos como arroz, feijão, frangos, peixes, verduras, legumes, frutas e ovos são os principais produtos saudáveis que devemos incluir na nossa dieta, e são encontrados com preços bem acessíveis.

Sabemos que basta focar na organização e priorizar sua saúde para não gastar muito e tornar possível a missão de se alimentar bem, mas como? Cada um tem necessidades especificas e condições singulares, o Avôvó entende isso e, nesse sentido, seleccionou 12 alimentos que podem ser ingeridos por quase todos as pessoas e são facilmente encontrados nos supermercados.

alimentos ideais

Alimentos que podem ser consumidos diariamente:

Água

Diariamente, o consumo deve ser de 2L de água ou de 8 copos. A ingestão ajuda na hidratação do corpo, na eliminação de toxinas e funcionamento do intestino. Se você ainda tem dificuldade de se lembrar de beber água durante o dia, deixe sempre uma garrafa do tipo squeeze do seu lado e quando acabar pegue mais água.

Há também aplicativos de celular que emitem alertas para ingerir o líquido com mais frequência. O app Beba Água Alarme está disponível para Android de forma gratuita na Play Store.

Água de coco

Um copo de 200ml de água de coco natural oferece 500 mg de potássio, 200 mg de sódio e apenas 44Kcal. Esse líquido é riquíssimo em vitamina C, e atua como um repositor de substâncias eliminadas através do suor e da urina. É um excelente hidratante, mas deve ser consumido com cautela por pessoas que sofram de pressão alta ou problemas renais.

Azeite de oliva extra-virgem

Embora seja muito calórico, o azeite é um grande aliando se consumido com cuidado. O ideal é consumir uma colher de sopa no almoço e outra no jantar. O óleo oferece ainda quatro vitaminas consideradas fundamentais, A, D, E e K.

Além da função antioxidante, que combate o envelhecimento celular e os danos causados pela poluição e estresse, ele protege o coração de infartos e o cérebro, de derrames. Um estudo americano apontou o azeite como analgésico natural e anti-inflamatório, onde 50g do óleo, equivalem a 1 décimo da dose de ibuprofeno.

Iogurte

O iogurte é um ótimo alimento para ser consumido em jejum pela manhã. Fonte de bactérias benéficas a saúde do intestino, além de melhorar o trânsito intestinal, o alimento também reforça a imunidade. Rico em proteína e em cálcio, esse derivado do leite contribui para saúde óssea e firmeza da pele.

alimentos ideais

Aveia

Um dos primeiros alimentos a receber o título de funcional, a aveia fornece substâncias essenciais ao organismo. É uma alternativa saudável para quem deseja reduzir o colesterol e os níveis de açúcar no sangue. O ideal é consumir 3 colheres de sopa de aveia em flocos ao longo do dia.

O alimento contém uma fibra chamada betaglucana, que após fermentar no intestino grosso, é responsável por moléculas que atuam no combate a micro-organismos nocivos a saúde. Também é rica em zinco e silício, elementos que auxiliam no aumento da imunidade do corpo, na formação de espermatozoides saudáveis e na produção de colágeno.

Castanha-do-Pará

A castanha do Pará ou castanha do Brasil é uma oleaginosa riquíssima em selênio, ou seja, um mineral que além de atuar como forte antioxidante, também melhora a saúde da tireoide. Contêm bastante vitamina E, cálcio e magnésio, sendo indicada para prevenir doenças ósseas, articulares e musculares. Deve se consumir no máximo 3 unidades ao dia.

Cenoura

A cenoura possui betacaroteno, um elemento que se transforma em vitamina A no organismo. Ela é também importante para manter o intestino funcionando por seu alto teor de água, a cada 100 g de cenoura, 92 g são de água. Por isso e por conter vitamina A, ajuda também o fígado a limpar as toxinas do corpo, a prevenir doenças relacionadas aos olhos e a estimular o sistema imunológico. Os betacarotenos auxiliam ainda a manter o bronzeado e a beleza dos cabelos.

Pães e massas integrais

A massa integral costuma ser feita com a farinha deste tipo, por isso é melhor do que a massa feita de farinha branca. O maior benefício é que os grãos incluídos nestes alimentos possuem fibras, que dão uma sensação maior de saciedade ao cérebro. Elas evitam a sensação constante de fome ou a necessidade de comer mais do que o indicado. Antes de comprar, analise bem o rótulo do produto para saber se ele é mesmo integral e cumpre o que promete.

alimentos

Carnes magras

Não é porque você deseja emagrecer ou manter uma alimentação saudável que precisa retirar a carne – até mesmo a carne vermelha – da sua dieta. Segundo a nutricionista Sabrina, a carne magra é uma ótima opção, pois é fonte de proteínas, ferro e vitamina B12, que é fundamental para a formação das células vermelhas do sangue.

Carnes magras são aquelas que possuem os menores teores de gordura. Entre as vermelhas, as mais magras são as que não possuem capa de gordura ou que são facilmente retiradas como: lagarto, filé mignon, coxão duro, coxão mole, alcatra, patinho, músculo e maminha. Ao preparar, prefira cozinhar, assar ou grelhar com pouco sal. Assim, você evita a fritura e continua com uma alimentação saudável.

Peixe

Dentre as carnes magras, o peixe é uma das melhores. E consumi-lo com frequência também é uma ótima dica. Peixes são boas fontes de vitamina B12, ferro, cálcio e ômega 3. Ômega 3 é uma gordura que os peixes carregam, que faz bem, pois aumenta o colesterol bom. Eles ajudam também a prevenir doenças cardiovasculares. A sardinha, o peixe filhote e a pescada amarela são alguns dos mais contém este elemento tão importante. As melhores maneiras de consumo dos peixes são: grelhados, cozidos ou assados.

Frutas cítricas

São muitas as opções de frutas cítricas disponíveis no mercado, entre elas estão: laranja, limão, tangerina, abacaxi, romã, jabuticaba, lima e muitas outras. O melhor motivo para comer ao menos uma fruta cítrica por dia é a quantidade de vitamina C que elas carregam.

A vitamina não é capaz de curar doenças, como muitos pensam, e sim de fortalecer o sistema imunológico. Ela também auxilia na absorção, do ferro, algo importante para evitar a anemia. Além disso, as frutas possuem fibras até mesmo na parte branca do alimento.

Possuem também antioxidantes, que são fundamentais para combater a ação do envelhecimento. Ou seja, as frutas cítricas oferecem muitos benefícios e para a nutricionista Sabrina Lopes, o ideal é consumir pelo menos uma por dia.

Vegetais verde-escuros

Vegetais como espinafre, agrião e couve são fundamentais para a dieta diária das pessoas.

Espinafre: o espinafre, por exemplo, é fornecedor de ferro, fósforo, cálcio e vitaminas A e B. Ele faz bem inclusive para diminuir e controlar a pressão arterial, minimizar a acne e aumentar a imunidade.

Agrião: rico em vitamina B, é o tipo de alimento que ajuda a aliviar a TPM, o estresse e a depressão. Por também possuir vitamina A, faz bem para a pele, olhos, cabelos e unhas. Tem também vitamina K, que ajuda na formação e fortalece os ossos.

Couve: além de possuir as mesmas vitaminas que o agrião e o espinafre, a couve possui também o poder anti-inflamatório e contém magnésio, um aliado para fixar o cálcio no corpo, poder este que o leite de vaca não possui, embora também carregue os elementos citados anteriormente. O magnésio ainda controla a pressão arterial e a ação dos hormônios.

alimentos consumir diariamente

Por que se preocupar com a alimentação?

Além de manter um peso saudável, com uma dieta balanceada, a pessoa trabalha a saúde de dentro para fora. Assim fica mais fácil evitar doenças ligadas à má alimentação, que prejudicam tanto o lado físico como o mental.

Obesidade, diabetes, hipertensão, colesterol alto, bulimia e anorexia são apenas algumas das enfermidades ligadas à maneira como as pessoas se alimentam. Mas a maioria delas pode ser evitada ou ao menos controlada comendo os alimentos certos.

A nutricionista Sabrina Lopes explica quais as maiores vantagens de ter uma alimentação correta: “Uma nutrição adequada é capaz de trazer inúmeros benefícios como: diminuir do estresse e ansiedade, prevenir o desenvolvimento de doenças crônicas como diabetes, hipertensão e problemas cardiovasculares, evitar o ganho de peso, auxiliar no combate de doenças e também contribuir no desenvolvimento de todas as etapas da vida como gestação, infância, adolescência e envelhecimento”.

Não perca nenhum conteúdo do Portal Avôvó! Informe seus dados e receba atualizações por e-mail.



Além de se sentir mais disposta e de ficar com a saúde em dia, ao se alimentar bem o corpo sente as mudanças. O cabelo fica mais brilhante e sedoso, as unhas mais fortes e menos quebradiças. Mas como seguir uma dieta saudável com as obrigações do cotidiano?

Quando nos alimentamos mal, a primeira coisa que alegamos é falta de tempo. Porém hoje em dia encontrar alimentos saudáveis e práticos esta cada vez mais fácil”, sugere a especialista.

Comer de três em três horas é uma boa sugestão para quem precisa mudar. Assim o metabolismo acelera, pois está sempre precisando processar os alimentos que são recebidos pelo organismo. O intestino também funciona melhor e a ingestão de alimentos acaba sendo em pequenas quantidades, já que a sensação de fome demora mais para aparecer.

Com todas estas informações, você já sabe os alimentos que são fundamentais para a sua saúde e que não custa caro comer bem. Verduras, frutas e legumes são encontrados com facilidade e com estas orientações você já saberá exatamente o que colocar na sua lista de compras!

fonte: cidade verde

Veja também no Portal AVôVó:

Frutas ideiais e receitas de 2 sucos

AnteriorPróximo
Claudio Mello
O Avôvó é um portal colaborativo criado especialmente e inteiramente dedicado a um público cada vez mais conectado: a terceira idade. Aqui, não só o idoso se sente em casa. Nosso objetivo é também levar conteúdo relevante para familiares, amigos e profissionais que cuidam dessas gerações que chegam à melhor idade redefinindo conceitos e com cada vez mais interatividade e independência, mostrando que idade é só um número.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *